LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Deu ruim! Samsung pensa em fazer recall do Galaxy Note 7 por defeito de fabricação

01 de setembro de 2016 60

Atualização: A Samsung se manifestou sobre o assunto:

Em resposta às questões sobre o Galaxy Note 7, estamos conduzindo uma inspeção completa com nossos parceiros. Compartilharemos nossas descobertas assim que possível. A Samsung está inteiramente comprometida em fornecer produtos da mais alta qualidade aos nossos consumidores.

Texto original

O problema com as explosões do Galaxy Note 7 pode estar associado à bateria de uma das fornecedoras da Samsung. Esta foi a conclusão a que a empresa chegou após a análise de alguns casos em sua terra natal, na Coreia do Sul. A companhia agora deve fazer um recall de cerca de 400 mil unidades de seu phablet no país, e pode oferecer tanto um reembolso como a troca gratuita do aparelho.

Este é apenas um dos problemas enfrentados pelo mais recente lançamento da divisão mobile da sul-coreana, que teve um início de vendas espetacular, e chegou a ter o lançamento em vários países atrasado – incluindo o Brasil – por falta de estoque. Agora, a companhia volta a atrasar o início das vendas em alguns países para realizar testes de qualidade no dispositivo, que, além da falta de estoque e das explosões, também tem mostrado defeito com bootloop e travamentos, além de lentidão excessiva.

Quanto ao caso das baterias explosivas, a questão parece estar ligada a uma das fornecedoras da empresa. A Samsung fabrica as próprias células de bateria, mas a bateria em si é feita por diversas outras empresas. Uma delas, a Korean ITM Semiconductor, parece ser a responsável pelos produtos falhos. Os relatos são de que apenas os produtos desta empresa deram defeito mas não há informações de quantas unidades foram produzidas ou vendidas com os componentes em questão.

Galaxy Note 7

Lançamento na China

Apesar do recall na Coreia do Sul, a Samsung planeja manter o cronograma e realizar o lançamento do Galaxy Note 7 na China ainda nesta quinta-feira. Pelo que diz a companhia, a chinesa Amperex Technology é a responsável pelo fornecimento das baterias no país vizinho.

A Korean ITM fornece as baterias de unidades vendidas na Coreia do Sul e alguns outros países estrangeiros, não especificados. Inicialmente, a Samsung pensava em fazer o recall e trocar a bateria gratuitamente, mas mudou de ideia e vai oferecer o reembolso ou a troca do aparelho sem custos. Até o momento, não houve relatos de ferimentos por conta da explosão das baterias.

Com a manutenção do lançamento chinês, fica a esperança de que as novas datas anunciadas no Brasil também se mantenham.

ATUALIZAÇÃO (16/09): Posicionamento oficial da Samsung.

Samsung convoca usuários do Galaxy Note7 a participar imediatamente do programa de substituição

“Há pouco mais de uma semana, a Samsung Electronics anunciou um programa global de substituição para o Galaxy Note7 como medida preventiva devido a um problema com a célula da bateria. Desde então, estamos trabalhando arduamente para acelerar o envio dos produtos, a fim de concluir esse programa de troca, minimizando qualquer possível inconveniência para nossos clientes. Na semana passada, entendemos que nossos consumidores estão preocupados e queremos enfatizar a importância da troca do produto.

“Nossa prioridade número um é a segurança de nossos consumidores. Estamos pedindo aos usuários que desliguem seus Galaxy Note7 e o substituam o mais rápido possível”, disse DJ Koh, presidente global da divisão mobile da Samsung Eletronics. “Estamos acelerando a substituição dos dispositivos para que eles possam ser entregues por meio do programa de troca do modo mais conveniente possível e em conformidade com as regulamentações vigentes. Agradecemos sinceramente a nossos clientes pela compreensão e paciência.”

Mesmo havendo apenas um pequeno número de incidentes relatados, a Samsung está bastante atenta para oferecer aos clientes o suporte necessário. A Samsung identificou o lote afetado e interrompeu as vendas e remessas desses smartphones. Nós estamos também colaborando com as agências regulatórias nacionais.

Os clientes que possuem o Galaxy Note7 podem trocar seu aparelho atual por um novo, de acordo com a disponibilidade local. Recomendamos aos usuários do Galaxy Note7 que entrem em contato com o lugar de compra ou liguem para a central de atendimento indicada na região o mais brevemente possível.”

O Samsung Galaxy Note 7 ainda não está disponível nas lojas brasileiras. Para ser notificado quando ele chegar clique aqui.

60

Comentários

Deu ruim! Samsung pensa em fazer recall do Galaxy Note 7 por defeito de fabricação

OnePlus 6 e Redmi Note 5 entram na lista dos 15 aparelhos mais radioativos

Huawei no Brasil fará diferença? Positivo fecha trimestre no vermelho

Samsung Galaxy J7 Pro ou Motorola Moto G5S Plus? Comparativo TudoCelular ajuda a escolher

Ranking TudoCelular: gráficos com todos os testes de desempenho e autonomia até junho