LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Acha tudo caro no Brasil? Aprenda a economizar na compra de eletrônicos em sites chineses

05 de setembro de 2016 180

Não há um brasileiro sequer que deixe de reclamar dos preços de eletrônicos no Brasil, e não é por menos: comumente, o país é conhecido como um dos mais caros do mundo. Mas, na hora de comprar um smartphone ou outro produto tecnológico, uma alternativa pode lhe passar despercebida: sites chineses de e-commerce podem ser uma boa opção.

A china já é a sede das fábricas das maiores marcas do mundo por causa do preço baixo que conseguem praticar. Foi-se o tempo em que o país só produzia os famosos xing-lings – da Apple à Xiaomi, tudo já vem do gigante asiático de qualquer forma. Então, por que não comprar diretamente de lá?


O TudoCelular preparou um guia completo de como comprar eletrônicos em sites chineses e tirar vantagem dos preços baixos sem dor de cabeça. Abaixo, você confere respostas para as dúvidas mais comuns: o preço compensa mesmo? Como saber se o produto é original? Vou ser taxado pela compra? O produto chega na minha casa ou nos correios? Compra em dólar ainda vale a pena? Confira.

Dica 1 – escolhendo o lugar


A primeira dica é a mais importante de todas: ao comprar em sites chineses, opte por quem já tem nome no mercado e não vai deixar você na mão. Uma das melhores opções é o conhecido gearbest.com.

Diferentemente de outras opções, o GearBest não é um marketplace, mas uma única loja online. Comprando em locais como esse você tem mais garantia de que o produto irá chegar e que não será uma réplica – sites do tipo não trabalham mais com clones, mas com marcas conhecidas como Xiaomi, Lenovo, Asus e Meizu.

Dica 2 – avaliando o preço


O preço de produtos em sites chineses em geral compensa, mesmo com o dólar alto. Tome como exemplo o Mi 5, da Xiaomi. Com 3 GB de RAM, 32 GB internos, Snapdragon 820 e corpo metálico, ele custa no gearbest.com exatos US$ 378,69, equivalente a pouco mais de R$ 1,2 mil na conversão direta, o mesmo preço de um Moto G4 no Brasil.

Ou o intermediário Meizu M2 Note, vendido no Brasil por R$ 1.100. No site chinês, o modelo pode ser encontrado por míseros R$ 129,99, ou R$ 420 em conversão direta. É uma economia grande, mesmo considerando eventuais impostos aplicados pela alfândega brasileira.

Dica 3 – incidência de impostos


A regra geral é que produtos importados custando mais de US$ 100 sofrem acréscimo de 60% do valor na forma de imposto. No entanto, o valor pode variar com o produto, e comumente é menos do que isso. Um smartphone comprado no exterior pode chegar diretamente à sua casa, sem imposto algum, ou ficar retido nos correios mediante pagamento de taxa.

Para produtos mais baratos, como fones de ouvido, baterias externas, carregadores, cases, vestuário e outras centenas de itens, há grandes chances de a alfândega não taxar nada.

Como comprar em sites chineses

Aprenda a seguir os passos básicos para comprar em um site chinês confiável. Usaremos como exemplo o GearBest.

1º Passo

Acesse o site e clique no canto superior direito para fazer login ou criar uma conta.


2º Passo

Crie uma conta com e-mail e senha ou, da maneira mais fácil, use suas contas já existentes do Facebook ou do Google.


3º Passo

A navegação do site é simples e se parece muito com lojas online famosas, como a Amazon. Selecione uma categoria no menu à esquerda para procurar por produtos de seu interesse. Smartphones ficam logo no começo, em “Celulares”.


4º Passo

Logo de cara, você vê os principais modelos em oferta e, à esquerda, uma lista com inúmeros modos de filtrar sua pesquisa: por marca, preço e vários parâmetros de especificação de hardware.


5º Passo

Selecione um modelo para ver mais detalhes. Preste muita atenção no preço, nas cores disponíveis, e confira todas as fotos. Na dúvida se uma marca é confiável? Busque por matérias no TudoCelular sobre o lançamento, como é o caso de um dos reis dos intermediários, o Redmi 3 Pro, da Xiaomi. Ao final, adicione o smartphone ao carrinho em “Adicionar ao cartão”.


6º Passo

Acesse seu carrinho no menu superior para prosseguir com a compra.


7º Passo

Repare que, na hora da compra, o site informa que o produto tem 45 dias de garantia de devolução do dinheiro, além de praticamente um ano de cobertura contra defeitos – eventuais problemas com a entrega ou o aparelho podem ser resolvidos online, por meio da sua conta.


8º Passo

Ao clicar em “Fazer o check-out”, você deverá preencher o formulário com o seu endereço e avançar.


9º Passo

Escolha o frete. O valor irá mudar conforme a agilidade do serviço. Para compras da China, espere por cerca de duas semanas para entregas gratuitas – em muitos casos, esse prazo pode diminuir. Sempre que disponível, selecione o Correio Aéreo Registrado (Registered Air Mail) para obter o código de rastreio da encomenda.


10º Passo

Por fim, escolha um método de pagamento. Prefira sites que trabalhem com PayPal, um serviço reconhecido por sua segurança, de modo que os dados do seu cartão de crédito internacional estejam sempre seguros. Há também opção de boleto bancário.

Depois de escolher, clique em “Faça sua compra” no rodapé da página para logar no PayPal ou baixar o boleto para concluir a transação.



180

Comentários

Acha tudo caro no Brasil? Aprenda a economizar na compra de eletrônicos em sites chineses

OnePlus 6 e Redmi Note 5 entram na lista dos 15 aparelhos mais radioativos

Huawei no Brasil fará diferença? Positivo fecha trimestre no vermelho

Samsung Galaxy J7 Pro ou Motorola Moto G5S Plus? Comparativo TudoCelular ajuda a escolher

Ranking TudoCelular: gráficos com todos os testes de desempenho e autonomia até junho