LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Galaxy J1 2016, J2, J3, LG K4 e K5 | Comparativo de telas do TudoCelular

06 de outubro de 2016 4

Após o nosso comparativo de câmeras com os smartphones básicos da Samsung e LG, agora chegou a vez de testarmos as telas dos smartphones Galaxy J1 2016, Galaxy J2, Galaxy J3, LG K4 e LG K5 em diversas situações que vão desde visibilidade em ambientes com forte incidência de luz solar até mesmo no total escuro. O objetivo do nosso comparativo é identificar qual tela oferece o melhor equilíbrio em termos de nível de brilho alcançado, índice de reflexos no vidro que cobre a tela, saturação, contraste e fadiga visual (brilho excessivo em ambientes escuros).

O teste consiste em exibir o mesmo grupo de cinco imagens usadas em outros comparativos de tela feitos pelo TudoCelular. O teste é divido em três etapas:

  • Ambiente externo ensolarado
  • Ambiente interno com luz artificial
  • Ambiente interno noturno

No caso do ambiente externo ensolarado, usamos o recurso “Modo externo” presente nos três smartphones da Samsung testados. Este modo permite forçar o brilho da tela além do que o brilho manual permite, o que ajuda a visualizar o conteúdo de forma mais clara quando você estiver usando o celular sob luz forte. O teste de ambiente interno com luz artificial foi realizado com as telas de todos os aparelhos niveladas em 200 lux de intensidade de brilho (usando um luxímetro para isso). Desta forma, neste teste comparamos apenas a fidelidade de cores e o contraste de cada uma delas. Por fim, o teste no escuro mostra qual atinge o maior brilho, assim como qual aparelho oferece o brilho mais baixo, o que ajuda a reduzir fadiga visual.

69.3 x 132.6 x 8.9 mm
4.5 polegadas - 800x480 px
69 x 136.5 x 8.4 mm
4.7 polegadas - 960x540 px
71 x 142.3 x 7.9 mm
5 polegadas - 1280x720 px
66.7 x 131.9 x 8.9 mm
4.5 polegadas - 854x480 px
71.6 x 145 x 8.9 mm
5 polegadas - 854x480 px
Ir para página de comparação

Os aparelhos testados possuem variados tamanhos de tela e resolução. O menor deles é o Galaxy J1 2016 que conta com painel Super AMOLED de 4,5 polegadas com resolução de 480 x 800 pixels. O que oferece a maior resolução é o Galaxy J3, o único do nosso teste com painel HD – uma resolução que já se tornou padrão em atuais smartphones de entrada. A LG, por outro lado, oferece a mesma resolução de 480 x 854 pixels nos dois modelos avaliados, o que faz o K5 ter a pior densidade de pixels por polegada dos modelos testados. Mas isso fará diferença no uso no dia a dia? Confira os nossos testes:

Ambiente ensolarado


Iniciando pelo ambiente externo ensolarado, aqui vemos claramente que os smartphones da Samsung superam os rivais da LG. Além de contarem com o recurso “Modo Externo” que força o brilho ao máximo por 15 minutos, o vidro que cobre a tela reflete menos o mundo à volta do que nos modelos da LG. Outro fator que também complica a legibilidade do conteúdo nas telas do K4 e K5 está no baixo brilho que elas alcançam.

O K4 é o que apresenta o pior resultado. Dependendo de qual ângulo você olhar terá a impressão de que a tela do dispositivo está desligada. Já o J1 2016 e J3 foram os que apresentaram os melhores resultados: a tela do primeiro reflete menos luz, enquanto a tela do segundo alcança um brilho maior. O Galaxy J2 vem em terceiro na melhor visibilidade sob luz intensa, enquanto o LG K5 fica em penúltimo no nosso comparativo.

Ambiente interno com luz artificial

No segundo teste, em ambiente interno com luz artificial, nivelamos o brilho da tela de cada aparelho para 200 lux, usando um luxímetro. A ideia aqui não é mostrar qual tela consegue alcançar um maior brilho, mas sim a reprodução de cores e contraste. De cara já percebemos algo esperado: os três modelos da Samsung, que contam com tela Super AMOLED, acabam saturando as cores, deixando os verdes, azuis e vermelhos mais intensos do que realmente são. Este “problema” deste tipo de painel pode ser ruim para quem busca uma reprodução real das imagens exibidas na tela do celular, mas é inegável que deixa o conteúdo apresentado mais bonito.

Em algumas imagens exibidas vemos que há uma disparidade nas cores exibidas nas telas de cada dispositivo. Em alguns casos os tons verdes acabaram ficando levemente azulados na tela Super AMOLED da Samsung. A mesma coisa acontece com a cor amarela que em certos casos pode ficar com tom alaranjado.

Ambiente interno noturno (brilho no máximo)

E como já percebido no nosso teste em ambiente ensolarado, os modelos da Samsung atingem um brilho maior de tela. Aqui fica nítida esta diferença quando colocamos os cinco aparelhos no escuro com o brilho no máximo (não foi usado o modo externo da TouchWiz). O LG K4 é o que apresenta o brilho mais baixo, o que ajudou o aparelho da LG a ficar em último no comparativo sob a luz intensa do sol. Já o J3, como esperado, é o que apresenta o brilho mais intenso, o que causa um grande desconforto usar o aparelho à noite com o brilho no manual.

Infelizmente, nenhum dos modelos analisados oferece a possibilidade de usar o brilho no automático que ajuste a intensidade da iluminação da tela de acordo com a luz ambiente. Por fim, também fica mais nítido que os modelos da Samsung apresentam melhor contraste, onde os pretos são realmente pretos e os brancos brilham mais forte. No entanto, as telas da LG apresentam cores menos saturadas e mais próximas do mundo real.

Ambiente interno noturno (brilho no mínimo)

Em nosso último teste temos os aparelhos no mesmo ambiente interno no escuro, mas desta vez com o brilho de tela de cada um deles no mínimo para avaliar qual oferece a leitura mais confortável em ambientes escuros. Aqui fica nítida a vitória do LG K4 que apresenta o menor brilho de tela comparado aos seus rivais. Em contrapartida o LG K5 é o que o apresenta o pior resultado com um brilho de tela muito mais forte que os demais – ajudando a causar uma maior fadiga visual.

O Galaxy J1 e J3 apresentam um resultado mais equilibrado aqui, enquanto o J3 acaba causando um pouco mais de fadiga visual. No entanto, o modelo mais avançado da Samsung entrega uma melhor leitura por ter uma tela com maior resolução.

Imagens usadas no teste

Para tornar tudo o mais justo possível, foram disponibilizadas acima as imagens utilizadas no teste, permitindo assim que você as visualize em seu próprio display e compare ao resultado demonstrado pelos smartphones. Vale lembrar ainda que algumas variações correspondem também à própria câmera utilizada para registrar as cenas, já que ela tende a balancear o máximo possível a diferença de brilho entre as telas, porém em determinados momentos isto não é possível e faz com que aquelas mais brilhantes acabem estourando as imagens, o que não foi visto em momento algum a "olho nu".

Conclusão

Em ambientes externos as telas da Samsung saíram em vantagem, ainda mais quando o recurso “Modo externo” está ativo. Se você usa muito o celular neste tipo de cenário, os smartphones da LG não são indicados. Já em ambientes internos vemos que há uma grande diferença na reprodução de cores entre cada tela. A Super AMOLED da Samsung força mais o contraste para entregar cores mais vivas, mas também é capaz de exibir pretos realmente pretos. As telas da LG, por outro lado, apresentam cores mais próximas do real, mas que perdem bastante contraste quando vistas de lado. Por fim, em ambientes escuros, o modelo K4 foi o que mais se destacou, enquanto o K5 ofereceu o pior resultado. Se você não se incomoda com cores fora do real, a tela do J3 é a que entrega a melhor experiência no geral.

Medição de brilho

Como dito anteriormente, utilizamos um luxímetro digital para tirar alguns parâmetros concretos de comparação, sendo escolhida uma imagem completamente preta e outra completamente branca para ver o nível máximo e mínimo de brilho dos aparelhos ao reproduzir ambas. Também realizamos o teste usando o recurso “Modo Externo” presente nos três smartphones da Samsung, o que faz o brilho ir além do que é possível selecionando manualmente.

Os dados abaixo são medições feitas na unidade lux, que mede a intensidade de luz que é emitida da tela de cada aparelho:

Brilho máximo com imagem preta

  • Galaxy J1: 0
  • Galaxy J2: 0
  • Galaxy J3: 0
  • K4: 2
  • K5: 2

Brilho mínimo com imagem preta

  • Galaxy J1: 0
  • Galaxy J2: 0
  • Galaxy J3: 0
  • K4: 0
  • K5: 0

Brilho máximo com imagem branca

  • Galaxy J1: 656
  • Galaxy J2: 690
  • Galaxy J3: 704
  • K4: 240
  • K5: 289

Brilho mínimo com imagem branca

  • Galaxy J1: 7
  • Galaxy J2: 7
  • Galaxy J3: 7
  • K4: 1
  • K5: 14

Brilho no modo externo com imagem branca

  • Galaxy J1: 836
  • Galaxy J2: 880
  • Galaxy J3: 858
  • K4: Não possui modo externo
  • K5: Não possui modo externo

Com podemos ver, o Galaxy J3 é o que apresenta o brilho mais alto, enquanto o K4 é o alcança o brilho mais baixo. É bom lembrar que ao exibir uma imagem totalmente preta, a tela Super AMOLED da Samsung desliga os pixels, o que faz o brilho da tela ser realmente zero.

O que você achou do nosso comparativo de tela? Qual dos aparelhos testados oferece o melhor resultado? Deixe-nos seu comentário abaixo.

(atualizado em 19 de fevereiro de 2018, às 12:32)

4

Comentários

Galaxy J1 2016, J2, J3, LG K4 e K5 | Comparativo de telas do TudoCelular

Samsung Galaxy J7 Pro ou Motorola Moto G5S Plus? Comparativo TudoCelular ajuda a escolher

Ranking TudoCelular: gráficos com todos os testes de desempenho e autonomia

10 melhores smartphones top de linha para fotos e vídeos | Guia do TudoCelular

10 melhores smartphones de entrada para fotos e vídeos | Guia do TudoCelular