LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Vem pro Brasil? Moto M chega em um novo mercado com chipset Snapdragon

25 de novembro de 2016 18

No começo de novembro a Lenovo anunciou o Moto M, uma nova linha de smartphones que acreditava-se ser um aparelho exclusivo da China. Agora, a empresa disponibilizou este novo smartphone em um novo país, além de ter revelado também uma grande novidade: um novo chipset, fabricado pela Qualcomm.

O Moto M chega agora nos Emirados Árabes com um número de modelo diferente. Na China ele é vendido como XT1662, enquanto nos Emirados Árabes é o XT1664. A diferença é que o aparelho anunciado no país do Oriente Médio conta com o Snapdragon 617 e não o Helio P15, assim como na China. Isso deve agradar os usuários que gostariam de ver um chipset Qualcomm no aparelho, já que a MediaTek não é tão apreciada no ocidente.

Este lançamento também abre portas para a comercialização do aparelho em outros países, já que ele pode ser utilizado sem problemas nas operadoras estadunidenses como Verizon e Sprint.

O Brasil é um dos maiores mercados para a Motorola e a Lenovo não parece disposta a perder o sucesso que tem por aqui. Por conta disso, é bastante provável que a empresa decida trazer o Moto M para terras tupiniquins. Caso isso aconteça, ele ficará um pouco abaixo do Moto Z Play e iria competir diretamente com modelos como o Galaxy A7 (2016).


Especificações técnicas

  • Tela Super AMOLED de 5,5 polegadas com resolução Full HD (1920 x 1080)
  • 4 GB de memória RAM
  • 64 GB de memória para o armazenamento interno
  • Expansível via cartão microSD de até 128 GB
  • Chipset Snapdragon 617 com oito núcleos de processamento com clock de 1,5 GHz
  • GPU Adreno 405
  • Câmera principal de 16 megapixels com autofoco em detecção de fase e dois LEDs para o flash
  • Câmera frontal de 8 megapixels, usando lentes grande-angulares de 85 graus
  • Leitor de impressões digitais no painel posterior
  • Dolby Atmos para reprodução sonora (porta de 3,5 milímetros inclusa)
  • Porta USB Type-C
  • Bateria de 3.050 mAh
  • Android 6.0.1 Marshmallow como sistema operacional

Até o momento a Lenovo apenas anunciou o Moto M nos Emirados Árabes e o aparelho ainda não está disponível para venda e portanto não é possível saber quanto a empresa chinesa irá cobrar por ele. De qualquer forma, acredita-se que ele custará algo próximo aos US$ 295 (R$ 1 mil, em conversão direta) cobrados na China.

O Motorola Moto M ainda não está disponível nas lojas brasileiras. Para ser notificado quando ele chegar clique aqui.

18

Comentários

Vem pro Brasil? Moto M chega em um novo mercado com chipset Snapdragon

Galaxy Z Fold 2: dobrando melhor do que você esperava | Hands-on em vídeo

Moto G9 Plus vs Moto G8 Plus: uma nova geração realmente evolui? | Comparativo

Galaxy A20s vs A21s: vale trocar ou ir direto no mais novo? | Comparativo

Galaxy M31 vs LG K61: qual o melhor celular intermediário barato? | Comparativo