LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Crise afeta Correios que encerra e-Sedex; frete de compras online deve ficar mais caro

30 de novembro de 2016 93

Se você costuma comprar bastante em lojas virtuais como o Mercado Livre, por exemplo, é bom já preparar o bolso, pois os Correios vão anunciar nos próximos dias o encerramento do e-Sedex, um de seus principais serviços de entrega de mercadorias. O motivo que levou a essa decisão é a crise financeira que atinge todas as empresas brasileiras, inclusive as instituições públicas.


​Portanto, aproveite para comprar o máximo que puder até o Natal, pois a medida começa a valer a partir do dia 1º de janeiro de 2017. Para quem não sabe, o e-Sedex era de uso exclusivo para as compras virtuais e seu preço é praticamente igual ao de uma encomenda convencional. A grande diferença, no entanto, é a área de cobertura restrita a algumas cidades e também o limite de peso dos objetos em até 15 quilos.

A solução apresentada por Guilherme Campos Júnior, presidente dos Correios, é que os usuários adotem o PAC, o serviço de encomenda da linha econômica para o envio exclusivo de mercadoria, porém com prazo maior de entrega em relação ao Sedex.

O e-Sedex tem preço de PAC e qualidade de Sedex. Isso é ter a liberdade de ser solteiro com o conforto de casado", aponta o executivo.

Mesmo detendo o monopólio no mercado de entregas, os Correios fecharam o ano de 2015 com prejuízo de R$ 2,1 bilhões, fato esse que deve se repetir no próximo balanço afetou diretamente na decisão de acabar com o serviço. Ou seja, por incompetência dos nossos governantes mais uma vez a população e consumidores pagarão - literalmente - a conta.


93

Comentários

Crise afeta Correios que encerra e-Sedex; frete de compras online deve ficar mais caro

Galaxy Z Fold 2: dobrando melhor do que você esperava | Hands-on em vídeo

Moto G9 Plus vs Moto G8 Plus: uma nova geração realmente evolui? | Comparativo

Galaxy A20s vs A21s: vale trocar ou ir direto no mais novo? | Comparativo

Galaxy M31 vs LG K61: qual o melhor celular intermediário barato? | Comparativo