LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Desempenho do Zenfone 3 Max 5.5" | Teste de velocidade oficial do TudoCelular

18 de janeiro de 2017 3

A Asus trouxe para o mercado brasileiro a variante com tela de 5,5 polegadas (Full HD) do Zenfone 3 Max, que carrega consigo a mesma potência de bateria, ou seja, 4.100 mAh. Com uma premissa extremamente voltada para a utilização do aparelho com uma longa autonomia, o smartphone tem preço oficial de R$ 1.199, embora também carregue consigo chipset de outra fabricante e algumas outras mudanças em relação ao modelo menor.

Dentro deste modelo nós encontramos um chipset Snapdragon 430 octa-core (4x 1.4 GHz & 4x 1.1 GHz), GPU Adreno 405, 3 GB de RAM e 32 GB de armazenamento interno com slot para microSD de até 128 GB. O dispositivo ainda conta com uma série de outros recursos interessantes, tais como o seu corpo que tem um aspecto bastante elegante, além da tela maior. E, claro, com o destaque é a bateria, vocês podem conferir o nosso teste realizado com ele para mensurar quão eficiente foi o trabalho da Asus nesta página.

Teste de velocidade

Em uma abordagem mais prática, abrimos 12 aplicativos em seguida, sendo o primeiro deles o de relógio para iniciarmos o cronômetro. A ordem de abertura dos aplicativos é a seguinte: Câmera, Galeria e Configurações, apps nativos, e outros baixados da Play Store, como o Facebook, WhatsApp, Chrome, Netflix, Spotify, Photoshop Mix, Pokémon Go e Modern Combat 5. Por aqui, realizamos dois ciclos de abertura dos aplicativos na mesma ordem, contando apenas as "voltas" no cronômetro nativo.

Neste teste específico, o celular da Asus mostrou que os 3 GB de RAM são suficientes para conduzir um uso tranquilo e sem engasgamentos chatos. O dispositivo, basicamente, não precisou reiniciar nenhum aplicativo na segunda volta de abertura, resultando em números muito bacanas. Os resultados para as duas voltas estão logo a seguir:

  • Tempo total: 2 minutos e 56 segundos;
  • Primeira volta: 2 minutos e 26 segundos;
  • Segunda volta: 29 segundos.
AnTuTu

Dando início aos nossos testes com ferramentas de benchmark, utilizamos o AnTuTu para mensurar o poder de fogo do Zenfone 3 Max (5.5"). Esta ferramenta é conhecida por praticamente todo mundo, e o que ela faz é, entre outros, criar situações que fazem tanto a CPU quanto a CPU trabalharem mais ativamente, conseguindo medir a potência dos celulares. Por aqui, o dispositivo da Asus conseguiu 44.102 pontos, algo que não está tão bem em relação a outros intermediários, mas também não está abaixo de outros modelos com hardware equiparável.

Geekbench

Agora o teste é com a ferramenta Geekbench, que também cria algumas situações para mensurar a potência dos celulares, embora esta aqui não tenha animações sendo reproduzidas como no AnTuTu. No primeiro dos testes, o Zenfone 3 Max (5.5") conseguiu uma pontuação bacana, mas novamente não é nada que impressione. Confira, a seguir, os resultados:

  • Teste normal: 627 (single core) e 2.032 (multi-core);
  • Compute (GPU): 1.668 pontos.

No segundo teste da ferramenta, o dispositivo, de fato, levou um tempo considerável até que todo o processo fosse finalizado. A média também não foi muito legal, embora o aparelho não sofra tanto com renderizações em 3D e afins.

GFXBench

O GFXBench está bastante voltado para a GPU e é uma ferramenta um pouquinho mais exigente neste quesito. Com ela, você pode selecionar quais renderizações em 3D serão executadas, e cada uma delas consegue mensurar, seguindo os testes, a taxa de quadros por segundo que é reproduzida nos aparelhos. Nós selecionamos apenas quatro testes para o Zenfone 3 Max (5.5"), e nenhum deles foi em offscreen.

  • Car Chase: 2,4 fps;
  • Manhattan: 4,4 fps;
  • Tessellation: 5,2 fps;
  • ALU 2: 7,5 fps.

Tivemos bastante lag para reproduzir, principalmente, os primeiros testes. Algumas partes travaram bastante, embora todas as sequências tenham sido reproduzidas até o fim.

3DMark

Agora, chegamos ao último dos testes de benchmark que são reproduzidos automaticamente. No 3DMark, os resultados reforçaram que este modelo da Asus definitivamente não é um dos melhores do mercado quando o assunto é reproduzir gráficos mais elaborados. A média do aparelho aqui foi de 301 pontos, algo que está bem abaixo de outros modelos com preço aproximado.

Gamebench Zenfone 3

Finalizando os testes de velocidade e desempenho, utilizamos a ferramenta Gamebench para mensurar com quantos quadros por segundo o Zenfone 3 Max consegue reproduzir três jogos diferentes, sendo dois deles um pouco mais pesados e um último mais leve, que não força tanto o hardware. Os resultados e os jogos testados estão a seguir:

  • Asphalt 8: 24 fps;
  • Modern Combat 5: 33 fps;
  • Subway Surfers: 60 fps.

Embora a média do aparelho tenha sido boa e na média de outros celulares, de fato, notamos que nem todos os títulos rodam com os gráficos no máximo. Este não é um problema grave se você estiver mais focado em desempenho, embora seja sempre bom ter a nota mental que o jogo "x" talvez não funcione tão bem com todas as texturas e detalhes.

(atualizado em 24 de fevereiro de 2018, às 08:40)

3

Comentários

Desempenho do Zenfone 3 Max 5.5" | Teste de velocidade oficial do TudoCelular

Samsung Galaxy J7 Pro ou Motorola Moto G5S Plus? Comparativo TudoCelular ajuda a escolher

Ranking TudoCelular: gráficos com todos os testes de desempenho e autonomia

10 melhores smartphones top de linha para fotos e vídeos | Guia do TudoCelular

10 melhores smartphones de entrada para fotos e vídeos | Guia do TudoCelular