LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Autonomia do Moto G5 | Teste de bateria oficial do TudoCelular

12 de março de 2017 138


O Moto G5 chegou ao Brasil poucos dias após seu anúncio na MWC 2017, demonstrando que a Lenovo/Motorola continua vendo nosso país como um de seus principais mercados. O aparelho traz algumas melhorias pontuais em relação ao seu antecessor, como o leitor de impressões digitais e o chipset mais recente, porém curiosamente sua bateria foi reduzida.

Ao invés dos 3.000 mAh presentes no Moto G4, temos aqui 2.800 mAh, o que nos deixa curiosos para ver como o aparelho se sairá em nosso teste de bateria em tempo real.

Em termos de hardware, o Moto G5 possui um conjunto de especificações técnicas razoável, incluindo um chipset Snapdragon 430 com oito núcleos a até 1,3 GHz, GPU Adreno 505, 2GB de RAM e 32GB de espaço para o armazenamento interno, além de uma tela Full HD de 5 polegadas.

Nosso teste prático consiste em executar aplicativos tradicionais como o WhatsApp, Facebook, YouTube, Gmail, Google Maps, Chrome, PowerAMP e outros. Chamadas de voz também serão feitas com o smartphone, que ainda será utilizado para jogos como Subway Surfers, Asphalt 8, Pokémon GO, Injustice e mais.

Será que os 2.800 mAh serão suficientes para prover uma autonomia satisfatória? Descubra com a gente amanhã, 12 de março, a partir das 7 horas da manhã, considerando o horário de Brasília! Caso esteja da dúvida se deve ou não trocar seu Moto G4 pelo novo aparelho, acompanhe também nosso teste com ele que será realizado simultaneamente, onde testaremos sua autonomia após a atualização para o Android 7.0 Nougat.

Resultados

Após um dia inteiro de testes, literalmente, foi possível alcançarmos as seguintes marcas com o Moto G5:

  • O carregador padrão demora 2 horas e 10 minutos para encher totalmente a bateria de 2.800 mAh.
  • Após uma hora conectado à tomada o aparelho é recarregado cerca de 62%.
  • Foram necessárias aproximadamente 12 horas e 30 minutos para fazer a bateria do aparelho atingir um nível crítico, com o brilho da tela em 200 lux durante todo o tempo.
  • A tela permaneceu ligada por 6 horas e 22 minutos no período.
  • Neste período foram feitas ligações que totalizaram 32 minutos.
  • Realizamos 8 ciclos de testes que incluíram:
    • 48 minutos de navegação no Chrome;
    • 240 minutos de WhatsApp, Spotify, PowerAmp, MX Player e YouTube (48 minutos cada);
    • 48 minutos de jogos, 8 minutos cada: Pokémon Go, Subway Surfers, Modern Combat 5, Asphalt 8, Candy Crush e Injustice;
    • 48 minutos de Facebook, Gmail e Google Maps (16 minutos cada);
    • 32 minutos de chamadas de voz via 3G;
  • Temperatura ficou entre 34 e 40°C.

Conclusão

Curiosamente, o Moto G5 conseguiu exatamente a mesma autonomia da geração anterior em nosso teste prático, demonstrando que os 200 mAh a menos de bateria foram "compensados" por uma tela menor e um chipset ligeiramente mais econômico.

Devido a isto, temos basicamente a mesma conclusão por aqui, sendo um aparelho indicado apenas para quem não deseja jogar muito ou assistir muitos vídeos durante o dia, pois caso contrário será bem difícil fazer com que ele dure até o fim da noite sem correr até uma tomada antes disso.

Transmissão encerrada!

12/3/2017 - 19.39

O teste em tempo real vai ficando por aqui, obrigado a todos que acompanharam e até a próxima o/

12/3/2017 - 19.39

Atualizaremos a pauta com informações resumidas do teste e nossas conclusões.

12/3/2017 - 19.39

O mesmo é visto no gerenciador nativo de energia do Android Nougat.

12/3/2017 - 19.39

Tivemos pouco mais de 6 horas e 20 minutos de tela no período de mais de 12 horas de teste.

12/3/2017 - 19.38

Assim como aconteceu no Moto G4, o Injustice se recusou a rodar em modo de economia de energia.

12/3/2017 - 19.38

O Moto G5 ficou com 5% de carga após o oitavo ciclo, o que impossibilita a realização de mais um.

12/3/2017 - 18.41

Vamos então ao oitavo e derradeiro ciclo? O Moto G5 está agora com 15% de carga, esperamos que ele "sobreviva".

12/3/2017 - 18.18

Pelo visto teremos a conta para um último ciclo, veremos como ele se sai em mais alguns minutos de standby.

12/3/2017 - 18.18

Com o fim do sétimo ciclo, o Moto G5 apresenta agora 16% de bateria!

12/3/2017 - 17.13

Prontos para o sétimo ciclo? O Moto G5 continua com 28% de carga!

12/3/2017 - 16.39

Será que o aparelho sobreviverá ao menos até o final da tarde? Daremos mais alguns minutos para iniciar nosso sétimo ciclo e descobrir.

12/3/2017 - 16.39

Com o término do sexto ciclo, temos agora 28% de carga no Moto G5.  

12/3/2017 - 15.37

Daremos início ao sexto ciclo. O Moto G5 está agora com 41% de carga.

12/3/2017 - 15.09

O Moto G5 ficará de lado por alguns minutos antes do sexto ciclo de nosso teste.

12/3/2017 - 15.09

Já temos pouco mais de 4 horas de tela no período, o que é uma marca razoável para um padrão de uso mais básico.

12/3/2017 - 15.07

Após o quinto ciclo, o Moto G5 está agora com 42% de carga.

12/3/2017 - 14.07

Vamos para mais um ciclo? O Moto G5 está ainda com 52% de carga.

12/3/2017 - 13.41

O deixaremos de lado por mais uns minutos antes do ciclo de número 5.

12/3/2017 - 13.41

Com o término do quarto ciclo, temos agora 52% de bateria no Moto G5.

12/3/2017 - 12.34

Agora com 60% de carga, o Moto G5 está pronto para o próximo ciclo!

12/3/2017 - 11.57

O aparelho ficará de lado por uns instantes enquanto nos preparamos para o quarto ciclo.

12/3/2017 - 11.57

Curiosamente o GSam não está conseguindo capturar o consumo dos aplicativos, algo que já vimos em outros testes com o Android Nougat.

12/3/2017 - 11.57

Com o fim do terceiro ciclo, temos agora 61% no Moto G5.

12/3/2017 - 10.46

Após este tempo em standby, o Moto G5 está agora com 74% de carga. Daremos então início ao terceiro ciclo.

12/3/2017 - 10.07

Deixaremos o aparelho de lado por mais uns minutos antes de irmos ao terceiro ciclo.

12/3/2017 - 10.07

O sinal GSM também variou bastante por aqui.

12/3/2017 - 10.07

Mantendo a mesma média da geração anterior, o Moto G5 apresenta 75% de carga após o segundo ciclo. 

12/3/2017 - 09.00

Após este tempo em standby, o Moto G5 está agora com 87% de carga. Daremos então início ao segundo ciclo!

12/3/2017 - 08.35

Deixaremos o dispositivo de lado por alguns instantes antes de partirmos para o segundo ciclo.

12/3/2017 - 08.35

Sua temperatura ficou entre 33 e 36°C.

12/3/2017 - 08.34

Após o primeiro ciclo, o Moto G5 apresenta agora 88% de carga.

12/3/2017 - 07.29

Vamos então ao primeiro ciclo de nosso testes. Caso você seja novo por aqui, todos os ciclos incluem exatamente o mesmo tempo de cada aplicativo ou serviço, sendo:

  • 6 minutos de uso (cada) - WhatsApp, Youtube, MX Player (o mesmo vídeo em ambos em Full HD), Spotify, PowerAmp (música offline) e Chrome;
  • 1 minuto (cada) - Pokémon Go, Asphalt 8, Subway Surfers, Candy Crush, Modern Combat 5 e Injustice;
  • 4 minutos de chamadas em 3G/4G;
  • 2 minutos de uso (cada) - Facebook, Gmail e GMaps
12/3/2017 - 07.29

Após esse tempo em standby, o Moto G5 continua com 100% de carga. 

12/3/2017 - 07.15

Para o nosso teste, manteremos as configurações de redes da maneira como vieram de fábrica, ou seja, Wi-Fi e redes móveis ativadas e Bluetooth desativado. O brilho da tela será mantido em 200 lux, que foi configurado com o auxílio de um luxímetro digital.

12/3/2017 - 07.14

Pelo que foi possível descobrir em nossos testes, o Moto G5 consegue carregar algo em torno de 62% após uma hora conectado à tomada, precisando de 2 horas e 10 minutos para ser totalmente carregado. Isto, é claro, utilizando o carregador padrão disponibilizado pela Lenovo/Motorola, que conta com corrente de saída de 2A.

12/3/2017 - 07.08

Como sempre, será utilizado o aplicativo GSam para medição, buscando assim entregar algo o mais justo possível em relação a outros modelos que já passaram por nosso teste. Deixaremos o aparelho em standby por alguns minutos antes de iniciarmos o primeiro ciclo de nosso teste.

12/3/2017 - 07.07

Agora sim, o aparelho chegou aos 100% e poderemos dar início ao teste.

12/3/2017 - 07.03

Curiosamente, ao ligarmos o aparelho sua bateria já caiu para 99%. O deixaremos na tomada por alguns minutos até que atinja novamente os 100% para darmos início ao teste. Caso você não esteja acompanhando a live com o Moto G4, saiba que o mesmo aconteceu ao modelo de geração passada.

12/3/2017 - 06.52

Bom dia galerinha, daqui a pouco começa nosso teste de bateria em tempo real com o Moto G5!


138

Comentários

Autonomia do Moto G5 | Teste de bateria oficial do TudoCelular

Samsung Galaxy J7 Pro ou Motorola Moto G5S Plus? Comparativo TudoCelular ajuda a escolher

Ranking TudoCelular: gráficos com todos os testes de desempenho e autonomia

10 melhores smartphones top de linha para fotos e vídeos | Guia do TudoCelular

10 melhores smartphones de entrada para fotos e vídeos | Guia do TudoCelular