LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Desempenho do Moto G5 | Teste de velocidade oficial do TudoCelular

15 de março de 2017 16

O Moto G5 chegou ao Brasil poucos dias após seu anúncio na MWC 2017, demonstrando que a Lenovo/Motorola continua vendo nosso país como um de seus principais mercados. O aparelho traz algumas melhorias pontuais em relação ao seu antecessor, como o leitor de impressões digitais e o chipset mais recente, porém temos na verdade muito mais pontos similares do que diferentes, dando a entender que o upgrade de geração não é exatamente a melhor atitude a se tomar.

Após realizarmos um rápido unboxing, onde tiramos também nossas primeiras impressões com o dispositivo, realizamos um completo teste de bateria, incluindo diversos experimentos específicos e um live blog onde executamos os mais variados aplicativos e serviços. Agora, chegou a hora de vermos se o chip Snapdragon 430 realmente é tão superior ao Snapdragon 617 presente no Moto G4, e se isto dará o ganho de performance esperado para este ano de 2017.

O Moto G5 traz um conjunto de especificações técnicas razoáveis para o nicho intermediário, incluindo uma tela IPS LCD de 5 polegadas com resolução Full HD, chipset Snapdragon 430 com oito núcleos a até 1,3 GHz e GPU Adreno 505. Ele conta ainda com 2 GB de RAM e 32 GB de espaço para o armazenamento interno, que pode ser expandido via cartão microSD de até 128 GB.

Será que este conjunto é realmente suficiente para prover um bom desempenho? É o que descobriremos agora!

Teste prático de velocidade

O nosso primeiro teste consiste em medir quanto tempo o Moto G5 leva para abrir uma dúzia de apps. Na lista selecionada temos os apps de Câmera, Galeria e Configurações enquanto outros foram baixados, como Facebook, WhatsApp, Chrome, Netflix, Spotify, Photoshop Mix, Pokémon Go e Asphalt 8.

A abertura foi realizada exatamente nesta ordem, contando o tempo a partir do momento em que o cronômetro foi iniciado e sendo feita uma marcação ao final do primeiro ciclo para vermos se a segunda etapa seria executada mais rapidamente, pois todos os apps e jogos teoricamente já estariam armazenados na RAM.

Na primeira volta o Moto G5 demorou uma verdadeira eternidade para abrir o Netflix, inclusive levando mais tempo do que nos jogos. Ainda que tenhamos refeito o teste algumas vezes o resultado vou basicamente o mesmo, o que é curioso já que nosso teste de desempenho com o Moto G4 foi feito exatamente no mesmo momento, e o aparelho mais antigo não apresentou o mesmo problema.

Voltando aos resultados, o dispositivo precisou de longos 2 minutos e 15 segundos para terminar a primeira etapa, devido principalmente ao problema com o Netflix, gastando então outros 1 minuto e 29 segundos para concluir a segunda volta. Com isso, tivemos um tempo final de 3 minutos e 44 segundos, ficando assim bem acima ao que foi marcado inclusive por seu antecessor.

AnTuTu

Passando para os testes teóricos, começamos pelo conhecido e sempre procurado AnTuTu, onde o Moto G5 apresentou a pontuação de 45.234 pontos. Isto deixa o aparelho exatamente na mesma faixa de seu antecessor, além de parear também com outros modelos portadores do Snapdragon 430.

GeekBench

A situação é mais ou menos a mesma no GeekBench, onde o aparelho apresentou uma pontuação razoável tanto no teste de CPU quanto no de GPU. Como pode ser visto acima, no experimento com apenas um dos núcleos ativo ele marcou 597 pontos, enquanto no teste multi-core tivemos 2.358 pontos. Curiosamente, ele marcou algo um pouco abaixo do Moto G4 em ambos os casos.

No teste de GPU da ferramenta, tivemos 1.332 pontos, sendo esta uma pontuação similar ao que tivemos com outros modelos intermediários com o mesmo chipset, e um pouco acima da marca atingida no modelo anterior.

3D Mark

No 3D Mark, foi utilizado o teste Sling Shot Extreme, onde várias imagens são renderizadas em um curto período de tempo para ver como o aparelho se sai. Por aqui, tivemos a baixa taxa de 288 pontos, que coloca o Moto G5 bem abaixo ao que foi marcado pela geração passada.

GFX Bench

No GFX Bench, curiosamente tivemos duas taxas distintas nos testes, mesmo com o aparelho possuindo um display Full HD. Não há como sabermos o que causou de fato esta disparidade, porém pode estar relacionado o painel é construído ou à presença da barra de navegação do Android, que acaba reduzindo a "resolução útil" para exibição de conteúdo, ainda que esteja oculta.

Por aqui, tivemos 7,4/7,1 fps no Manhattan e 14/16 fps no T-Rex, ficando mais ou menos na mesma média alcançada por outros aparelhos com as GPUs Adreno 405 ou Adreno 505.

Jogos

Por último, no desempenho em jogos, foi utilizado o nosso fiel escudeiro Game Bench para medir a taxa média de quadros por segundo apresentada no aparelho. Antes de mais nada, devemos destacar que o app simplesmente não conseguiu reconhecer o Moto G5 caso o aparelho não estivesse conectado via USB, sendo necessário realizar um comando no ADB para que a ferramenta fosse de fato executada.

Começando pelo Asphalt 8, tivemos a taxa de 29 fps, algo que deve satisfazer a grande maioria dos usuários, principalmente se levarmos em conta que todas as texturas e demais elementos estão presentes em Full HD. Logo em seguida foi a vez do Modern Combat 5, que também marcou a taxa de 29 fps, demonstrando que mesmo em jogos mais pesados você não deve ter problemas.

Finalizando, temos o Subway Surfers como representante dos títulos mais básicos, sendo ele executado com ótimos 60 fps, sendo assim mais do que suficiente até mesmo para usuários mais exigentes.

Vale notar que no caso do Asphalt 8 e do Modern Combat 5 é possível reduzir um pouco a qualidade gráfica para conseguir algo ainda mais fluido, já que ambos foram executados com todas as texturas ativas e sua qualidade no máximo.

E você, o que achou do Moto G5? Conta pra gente aí embaixo! Mais testes com o aparelho serão publicados no decorrer dos próximos dias, então caso esteja interessado é bom ficar de olho no TudoCelular.com e também em nosso canal no YouTube.

O Motorola Moto G5 está disponível na Americanas por R$ 829. O custo-benefício é ótimo e esse é o melhor modelo nessa faixa de preço. Para ver as outras 23 ofertas clique aqui.
(atualizado em 18 de junho de 2018, às 07:21)

16

Comentários

Desempenho do Moto G5 | Teste de velocidade oficial do TudoCelular

Samsung Galaxy J7 Pro ou Motorola Moto G5S Plus? Comparativo TudoCelular ajuda a escolher

Ranking TudoCelular: gráficos com todos os testes de desempenho e autonomia até junho

10 melhores smartphones top de linha para fotos e vídeos | Guia do TudoCelular

10 melhores smartphones de entrada para fotos e vídeos | Guia do TudoCelular