LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Desempenho do Moto Z2 Play | Teste de velocidade oficial do TudoCelular

12 de junho de 2017 27

O Moto Z2 Play foi anunciado em solo brasileiro no início deste mês, trazendo uma série de novidades importantes em relação ao seu antecessor. Após realizarmos um rápido unboxing e também um completo teste bateria com aparelho, incluindo consumo específico em determinadas atividades e um teste em tempo real que durou quase 24 horas, chegou a hora de ver como ele se sai em termos de desempenho.

Antes de mais nada, vale dar uma rápida repassada nas características gerais do Moto Z2 Play. O aparelho da Lenovo possui um chip Snapdragon 626 com oito núcleos a até 2,2 GHz, GPU Adreno 506, 4 GB de RAM e 64 GB de espaço para o armazenamento interno, expansível via cartão microSD de até 2 TB, tudo isto precisando lidar com uma tela Super AMOLED de 5,5 polegadas com resolução Full HD.

Agora que você já está por dentro do conjunto oferecido pela Lenovo/Motorola, vamos ao teste!

Teste prático de velocidade

O nosso primeiro teste consiste em medir quanto tempo o Moto Z2 Play leva para abrir uma dúzia de apps. Na lista selecionada temos os apps de Câmera, Galeria e Configurações enquanto outros foram baixados, como Facebook, WhatsApp, Chrome, Netflix, Spotify, Photoshop, Pokémon Go e Asphalt 8.

A abertura foi realizada exatamente nesta ordem, contando o tempo a partir do momento em que o cronômetro foi iniciado e sendo feita uma marcação ao final do primeiro ciclo para vermos se a segunda etapa seria executada mais rapidamente, pois todos os apps e jogos teoricamente já estariam armazenados na RAM.

Por aqui, o Moto Z2 Play simplesmente destruiu não apenas outros intermediários mas todos os demais aparelhos Android, figurando agora como o mais rápido a passar por nossas bancadas, o que demonstra que a otimização entregue pelo uso de um sistema mais limpo realmente surte o efeito desejado por aqui. Com isso, tivemos perto de 51 segundos na primeira volta e apenas 19 segundos na segunda, totalizando assim 1 minuto e 10 segundos.

AnTuTu

Passando para os testes de benchmark, começamos com o AnTuTu, que é provavelmente uma das ferramentas mais populares nesse nicho em todo o mundo. Por aqui, o Moto Z2 Play marcou 67.781 pontos, ficando ligeiramente acima dos modelos com o chip Snapdragon 625, o que era de se esperar considerando que seu SoC é basicamente uma versão com overclock desse modelo.

GeekBench

No GeekBench, até tentamos começar com o teste de CPU, onde são encontradas pontuações distintas para os testes single-core e multi-core. Por aqui, entretanto, tivemos uma surpresa nada agradável, pois o teste simplesmente se recusou a ser executado até o final, apresentando uma tela de erro quando se aproximava dos 100%. Isto provavelmente está relacionado ao uso de um chip mais recente pro parte da Lenovo, devendo ser corrigido em atualizações futuras da aplicação.

Curiosamente, o teste de GPU do GeekBench rodou sem qualquer tipo de problema, permitindo que tivéssemos uma ideia de como a Adreno 506 trabalha nesta versão otimizada. Por aqui, tivemos uma pontuação bem acima do que foi alcançado pelo Moto Z Play no Android Nougat, com os 3.213 pontos sendo algo mais próximo ao que foi marcado pelo Zenfone 3 Zoom nesse teste

3D Mark

Passando então para o 3D Mark, temos um teste voltado mais para renderização de imagens. Por aqui, foi executado o Sling Shot Extreme, que é o teste mais completo dessa ferramenta, com o Moto Z2 Play alcançando a boa marca de 471 pontos, e ficando novamente um pouco acima de seu antecessor.

GFX Bench

Finalizando a parte de testes teóricos, temos o GFX Bench, onde focamos nos testes de alto nível como Manhattan e T-Rex. Por aqui, tivemos 10 fps no Manhattan com a resolução nativa da tela e 9,9 fps no mesmo teste em sua versão offscreen, o que é curioso já que o aparelho possui uma tela Full HD. No T-Rex, por outro lado, tivemos os mesmos 23 fps tanto no teste onscreen quanto no offscreen.

Jogos

Para vermos se esse bom desempenho gráfico se confirma na prática, passamos agora pra execução de jogos, utilizando nosso fiel companheiro Game Bench. No Asphalt 8, tivemos a taxa média de 30 fps, que pelo visto é o limite alcançado nesse jogo em dispositivos Android. Vale notar que o jogo foi executado em sua qualidade máxima, o que significa que mesmo outros jogos similares devem ser executados sem qualquer tipo de problema.

No Modern Combat 5 a cena se repetiu, sendo encontrada exatamente a mesma média de 30 fps. Aqui, por outro lado, é possível conseguir taxas superiores a isso, porém não é visto algo que chegue a incomodar de maneira alguma durante a jogatina. A exemplo do Asphalt 8, este jogo também foi executado em sua qualidade máxima, podendo ser conseguido algo ainda mais fluido caso você não faça tanta questão assim de partículas e outros detalhes gráficos.

Por fim, temos o Subway Surfers, que figura como nosso representante de títulos mais básicos e casuais. Como esperado, foi alcançada a taxa média de 60 fps, que é o máximo possível e assim mantem exatamente a mesma taxa de atualização do display. Com isso, saiba que se você é fã de títulos como Clash Royale ou outros similares você não terá problema algum com relação a atrasos ou engasgos.

Conclusão

Podemos dizer que o Moto Z2 Play realmente surpreendeu, sendo um aparelho extremamente rápido para multitarefa mesmo com usuários mais intensos, além de apresentar um bom desempenho nos mais variados jogos e aplicações gráficas. Por isso, se você está preocupado em ter uma experiência fluida no sentido mais amplo da palavra, certamente esse aparelho é uma das melhores opções na faixa de preço de até 2 mil reais.

E você, o que achou do Moto Z2 Play? Acredita que o aparelho é um upgrade válido em relação ao modelo do ano passado? Conta pra gente aí embaixo! Mais testes com ele serão publicados no decorrer dos próximos dias, então caso esteja interessado é bom ficar de olho no TudoCelular.com e também em nosso canal no YouTube.

O Motorola Moto Z2 Play está disponível na Shoptime por R$ 1.259 e na Casas Bahia por R$ 1.399. O custo-benefício é bom. Existem 14 modelos melhores. Para ver as outras 51 ofertas clique aqui.
(atualizado em 23 de maio de 2019, às 19:35)

27

Comentários

Desempenho do Moto Z2 Play | Teste de velocidade oficial do TudoCelular

OnePlus 6 e Redmi Note 5 entram na lista dos 15 aparelhos mais radioativos

Huawei no Brasil fará diferença? Positivo fecha trimestre no vermelho

Samsung Galaxy J7 Pro ou Motorola Moto G5S Plus? Comparativo TudoCelular ajuda a escolher

Ranking TudoCelular: gráficos com todos os testes de desempenho e autonomia até junho