LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Comparativo: K10 Power vs Galaxy J7 Prime | Vídeo do TudoCelular

18 de junho de 2017 4

O Galaxy J7 Prime já enfrentou rivais na faixa de R$ 1 mil anteriormente, e agora chegou a vez de bater de frente com o LG K10 Power para mostrar qual dos dois smartphones sul-coreanos merece o seu dinheiro.

Como visto em nosso review do K10 Power, o novo smartphone monstro em bateria da LG é a segunda geração do X Power lançado em 2016, mas que chegou ao Brasil como parte da linha K. Enquanto o J7 Prime é a versão “premium” do J7 lançado anteriormente por aqui.

O modelo da Samsung chegou ao mercado por R$ 1.599, enquanto o da LG foi lançado por R$ 1.299. No entanto, é possível encontrar ambos por valores abaixo do que foi anunciado por cada fabricante. O da LG, especialmente, já pode ser encontrado por menos de R$ 1 mil, enquanto o da Samsung chega muito perto disso.

O que queremos saber é: vale a pena investir mais no smartphone da Samsung ou o da LG oferece um melhor custo-benefício?

Para quem busca um celular com aparência mais premium, o Galaxy J7 Prime é a escolha certa aqui. O smartphone da Samsung traz corpo em metal, mas as partes superior e inferior do aparelho são feitas em plástico. De qualquer forma, ainda é melhor do que é oferecido pela LG com o K10 Power que tem estrutura toda em plástico.

Mesmo sendo de plástico, o K10 Power não permite remover a tampa traseira para ter acesso à bateria. Apesar de mais simples, ele tem design com linhas cromadas que cruzam as laterais, além de linhas mais discretas que atravessam toda a parte traseira em sentido vertical. O modelo analisado é na cor azul, mas está disponível em cinza e dourado.

O J7 Prime tem um design mais limpo, sem linhas, texturas ou qualquer outra coisa do tipo. Ele tende mais a agradar aqueles que buscam um aparelho com visual mais discreto. O modelo recebido pelo TudoCelular é na cor cinza, mas também podemos encontrá-lo nas opções dourado e rosa no Brasil.

78.1 x 154.7 x 8.49 mm
5.5 polegadas - 1280x720 px
75 x 151.7 x 8 mm
5.5 polegadas - 1920x1080 px
Ir para página de comparação

Em dimensões, os dois smartphones são bastante parecidos. No K10 Power temos 154,7 mm de altura com 78,1 mm de largura, enquanto no Galaxy J7 Prime temos 151,7 mm x 75 mm, respectivamente. O modelo da LG é um pouco mais espesso, 8,4 mm contra 8 mm, mas o da Samsung acaba sendo mais pesado devido ao corpo de metal – 167g vs 164g.

Na lateral esquerda temos os botões de controle de volume e duas gavetas para cartão SIM e microSD em ambos os aparelhos. Do lado direito há apenas o botão de energia no K10 Power, enquanto no da Samsung também temos o alto-falante. Na parte superior há um microfone para cancelamento de ruídos no K10 Power; já na parte inferior temos a entrada micro USB, P2 e microfone em ambos.

O alto falante do K10 Power fica localizado na parte traseira abaixo do logo da LG. Na parte superior temos a câmera principal e um flash em LED em ambos os smartphones. A câmera frontal também é acompanhada de flash em LED no K10 Power e J7 Prime; mas abaixo da tela temos botões dedicados apenas no modelo da Samsung, enquanto LG adota botões virtuais.

Ambos os modelos analisados contam com tela de 5,5 polegadas. A diferença fica para a resolução e o tipo de painel usado pela LG e Samsung. Enquanto o K10 Power vem com tela HD e painel IPS LCD, o modelo da Samsung aposta em resolução Full HD e painel PLS TFT.

A primeira diferença que notamos entre os dois está no brilho máximo alcançado por cada tela. O modelo da LG vai pouco além de 200 lux, enquanto o da Samsung passa facilmente de 500 lux (usando um luxímetro para medição). O resultado disso é que o smartphone da Samsung acaba entregando uma melhor visibilidade em ambiente externo.

Outro diferencial está no ângulo de visão de cada tela; e mais uma vez o Galaxy J7 Prime leva vantagem. Ao inclinar o celular em qualquer direção, o painel IPS LCD da LG perde muito mais brilho do que o TFT da Samsung. Em reprodução de cores não há muita diferença entre cada tela, e nenhum dos dois aparelhos oferece controle de saturação.

Na parte de áudio não temos muito o que comentar. Ambos os modelos trazem som mono, devido ao único alto-falante presente. O K10 Power força mais os graves deixando o som mais abafado, enquanto o da Samsung foca mais no agudo, o que deixa o som mais estridente e distorcido no volume máximo.

Hardware e desempenho
LG K10 Power Samsung Galaxy J7 Prime
Chipset MediaTek MT6750 Exynos 7870
CPU Octa-core de 1,5 GHz Octa-core de 1,6 GHz
GPU Mali-T860 MP2 Mali-T830 MP2
RAM 2 GB 3 GB
Armazenamento 32 GB + microSD 32 GB + microSD

Os dois modelos analisados contam com hardware diferenciado, sendo o modelo da LG com chipset da MediaTek e o J7 Prime com solução da própria Samsung. Ambos oferecem processador octa-core, mas com 1,5 GHz no primeiro e 1,6 GHz no segundo. A GPU é da ARM, mas também muda em cada um: Mali-T860 no K10 e Mali-T830 no J7.

O que vemos em nosso comparativo é que o Galaxy J7 Prime é mais rápido ao abrir apps e também para carregar o conteúdo. No entanto, em jogos o smartphone da LG leva vantagem por ter uma GPU mais potente que precisa lidar com tela de resolução inferior.

Desta forma, em benchmarks que fazem uso de CPU o Galalaxy J7 Prime obtém resultados maiores, mas em jogos o K10 Power alcança uma taxa de quadros maior.

  • AnTuTu: 38.554 (K10) e 44.634 (J7)
  • GeekBench: 577/2.182 (K10) e 672/2.746 (J7)
  • Asphalt 8: 28 FPS (K10) e 16 FPS (J7)
  • Modern Combat 5: 22 FPS (K10) e 28 FPS (J7)
  • Subway Surfers: 57 FPS (K10) e 41 FPS (J7)

O K10 Power vem com apenas 2 GB de RAM, enquanto o modelo da Samsung oferece 3 GB de memória. Na teoria, o Galaxy J7 Prime deveria segurar mais apps rodando em segundo plano, mas a boa otimização realizada pela LG no Android Nougat faz com que o K10 não deixe a desejar para o seu rival em multitarefas.

Em armazenamento, ambos contam com 32 GB de memória, mas o K10 Power entrega apenas 23 GB para o usuário, enquanto o J7 Prime deixa 25 GB livre. A boa notícia é que ambos permitem expandir o armazenamento com uso de cartão microSD.

Câmeras

Tanto o K10 Power quanto o Galaxy J7 Prime contam com câmera de 13 megapixels. O que muda entre os dois modelos é que o da LG oferece abertura de apenas f/2.2, enquanto o da Samsung vai além com f/1.9. Em capacidade de filmagem, ambos conseguem gravar vídeos em Full HD.

Na parte frontal temos uma câmera de 5 megapixels no K10 Power e 8 megapixels no Galaxy J7 Prime. Ambos oferecem flash dedicado para capturar selfies em ambientes com baixa iluminação. Em termos de abertura e gravação de vídeos, temos o mesmo das câmeras traseiras de ambos.

LG K10 Power

Samsung Galaxy J7 Prime

Ambos os smartphones oferecem o mesmo nível de qualidade em câmera. O K10 Power se destaca em alguns cenários, enquanto o J7 Prime em outros. Para os amantes de selfies, o smartphone da Samsung leva vantagem no nível de detalhes capturados, mas seu flash frontal é muito forte e deixará sua foto estourada.

Em vídeos, o Galaxy J7 leva a melhor por capturar vídeos com maior nitidez, além de ter um foco muito mais ágil que o do K10 Power. Em áudio, no entanto, o microfone da LG consegue registrar um som mais limpo graças ao seu cancelamento de ruídos mais eficiente.

Para aqueles que curtem configurar a câmera manualmente para tirar as melhores fotos, aqui vai uma má notícia: nenhum brilha neste aspecto. Enquanto o J7 Prime oferece apenas controle de balanço, ISO e exposição, o K10 Power nem modo manual possui.

Bateria

Para quem busca um smartphone que aguenta um dia inteiro de uso, ambos serão indicados. O K10 Power conta com generosos 4.400 mAh que levam 1 hora e 59 minutos para serem preenchidos com o carregador turbo que acompanha o aparelho.

O Galaxy J7 Prime vem com bateria menor, de 3.300 mAh, que precisa de 2 horas e 22 minutos para ser totalmente recarregada. E devido a esta diferença de 1.100 mAh entre os dois, já era esperado que o modelo da Samsung rendesse menos.

Foi possível usar o K10 Power por mais de 21 horas, enquanto o J7 Prime morreu após 18h de uso. Em nosso teste a tela permaneceu ligada por mais de 10 horas, o que mostra que é possível usar o celular praticamente o dia inteiro e ainda chegar à noite com carga sobrando.

Para aqueles que fazem um uso mais leve e não ficam grudados o tempo inteiro no celular, ambos rendem dois dias de autonomia sem dificuldade (com brilho regulado em 200 lux).

Software

O K10 Power chegou ao mercado em 2017, trazendo consigo o Android Nougat modificado pela LG. Por ser mais antigo, o J7 Prime veio com Android Marshmallow e ainda continua sem data para receber atualização para a nova versão do sistema da Google.

Ambos fogem do que vemos no Android puro, mas a interface da LG oferece um design mais agradável. Claro que isso vai a gosto de cada um, mas a boa notícia é que é possível customizar a interface do Galaxy J7 Prime através de temas disponíveis na lojinha da Samsung, onde muitos são disponibilizados gratuitamente.

Em fluidez e estabilidade, a interface da LG tem mais a oferecer. No entanto, o Galaxy J7 Prime tem hardware potente o suficiente para empurrar a TouchWiz sem dificuldades, graças aos 3 GB de RAM presentes no aparelho. Só resta saber quando Samsung pretende liberar o Android Nougat para seu intermediário.

Conclusão

O Galaxy J7 Prime é um smartphone mais caro, mas entrega mais pelo que é pedido pela Samsung. Para começar temos um aparelho com corpo de metal com tela de boa qualidade. Ele entrega bom desempenho e sua bateria dura o dia inteiro. Apesar de sua câmera nem sempre conseguir boas fotos, ela não deixa a desejar para o K10 Power.

O K10 Power, por outro lado, é mais indicado para quem está em busca de um smartphone para jogos. Mesmo não rodando os títulos atuais a 30 FPS, ele oferece um desempenho geral melhor que o modelo da Samsung. Sua bateria rende um pouco a mais e ele ainda vem com Android Nougat de fábrica, mas a tela apresenta uma visibilidade bastante precária em ambiente externo, o que pode ser um fator decisivo para muitos.

Por fim, a falta de proteção Gorilla Glass no smartphone da LG obrigará o usuário a adquirir uma película de proteção, sem falar que mesmo tendo o mesmo tamanho de tela, ele acaba sendo um pouco maior. No geral é um bom smartphone, mas a compra só é indicada se o seu preço estiver muito abaixo do rival da Samsung.

(atualizado em 19 de janeiro de 2019, às 14:46)

4

Comentários

Comparativo: K10 Power vs Galaxy J7 Prime | Vídeo do TudoCelular

OnePlus 6 e Redmi Note 5 entram na lista dos 15 aparelhos mais radioativos

Huawei no Brasil fará diferença? Positivo fecha trimestre no vermelho

Samsung Galaxy J7 Pro ou Motorola Moto G5S Plus? Comparativo TudoCelular ajuda a escolher

Ranking TudoCelular: gráficos com todos os testes de desempenho e autonomia até junho