LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Comparativo: Moto Z Play vs Zenfone 3 Zoom | Vídeo do TudoCelular

04 de agosto de 2017 8

Eis que chegamos com mais um comparativo da nossa série de embates entre modelos intermediários. Após vermos o Moto Z Play enfrentar Moto Z2 Play, Moto G5 Plus e até Moto G4 Plus, chegou a hora de colocar o queridinho de 2016 frente a frente com o Zenfone 3 Zoom, tido por muitos como o melhor modelo já lançado pela Asus até aqui. Caso você não tenha visto, já o comparamos com o Moto Z2 Play, então dá pra ter uma boa ideia do que vem por aí.

Antes de seguirmos com o comparativo, vale dar uma repassada no preço cobrado por cada um. O Moto Z Play é encontrado no site da Motorola por R$ 1.799 em sua versão Style, enquanto o Zenfone 3 Zoom em seu modelo mais básico custa R$ 1.899 na loja da Asus. A versão mais cara do Moto Z Play é a com projetor, que custa R$ 2.199, enquanto o Zenfone 3 Zoom vai até R$ 2.499 em sua variante com 4 GB de RAM e 128 GB de armazenamento interno.

No varejo, o Moto Z Play é encontrado na faixa dos R$ 1,5 mil, enquanto o Zenfone 3 Zoom fica por algo em torno de R$ 1,7 mil.

Será que essa diferença de preço entre eles é justa? É o que mostraremos agora!

Design e construção

Começando pelo design, ambos contam com um tamanho bem parecido e corpo construído em alumínio, além de terem linhas similares com quinas arredondadas. As semelhanças, porém, param por aí, já que Motorola e Asus partiram para caminhos quase que opostos no visual de seus aparelhos.

Enquanto o Moto Z Play tem sua parte traseira coberta por vidro e laterais mais retas, o Zenfone 3 Zoom é feito em peça única de metal, contando com plástico nas extremidades superior e inferior para ajudar na recepção das antenas. Qual é mais bonito para você é uma questão muito pessoal, mas em resistência o aparelho da Asus sai na frente.

Nas dimensões, temos 156,4 mm de altura por 76,4 mm de largura no Moto Z Play, e 154,3 de altura por 77 mm de largura no Zoom, ou seja, o modelo da Motorola é mais alto, porém mais estreito. Na espessura, temos 6,99 mm para o Z Play e 7,99 mm para o Zenfone 3 Zoom, mas curiosamente a sensação que se tem é que o aparelho da Asus é mais fino, provavelmente por causa de suas laterais mais arredondadas. Em peso, é visto algo muito próximo, com 165 gramas para o primeiro e 170 gramas para o segundo.

Olhando ambos pelo lado esquerdo, temos no Zenfone 3 Zoom a gaveta híbrida para uso de dois chips nanoSIM ou um chip e um cartão microSD de até 2 TB, enquanto no Moto Z Play não temos nada. No lado direito ambos contam com os botões de volume e energia, porém para o modelo da Motorola temos três botões enquanto no da Asus temos dois, o que é um pouco melhor para descobrir qual é qual quando o aparelho está no bolso.

Na parte inferior temos a porta P2 para fones de ouvido e a entrada USB-C em ambos, com o Zenfone 3 Zoom contando ainda com o microfone principal para chamadas e a saída do alto-falante multimídia. Por fim, na parte de cima, temos no Zoom apenas o microfone secundário para cancelamento de ruído, enquanto no Moto Z Play é encontrada ainda a gaveta para dois chips nanoSIM e um cartão microSD de até 2 TB, não sendo usada gaveta híbrida aqui.

Passando para a parte traseira, no Moto Z Play temos a câmera com seus dois LEDs para flash e o laser auxiliar de foco centralizados, ficando mais abaixo os conectores magnéticos para os Moto Snaps. Já no Zenfone 3 Zoom temos suas duas câmeras, os LEDs para flash, o laser auxiliar de foco e o sensor para correção de cor no canto superior-esquerdo, ficando centralizado mais abaixo o leitor de impressões digitais.

Na parte da frente, acima da tela temos no Moto Z Play a câmera, seu LED para flash e o alto-falante que serve tanto para chamadas quanto para multimídia, enquanto no Zoom temos o LED RGB para notificações, a câmera frontal e o alto-falante de chamadas. Abaixo do display ficam as teclas capacitivas para navegação no Zenfone 3 Zoom, enquanto no Moto Z Play temos apenas o leitor de impressões digitais que não serve como botão home, bem como seu microfone principal para chamadas.

76.4 x 156.4 x 6.99 mm
5.5 polegadas - 1920x1080 px
77 x 154.3 x 7.99 mm
5.5 polegadas - 1920x1080 px
Ir para página de comparação

No geral, podemos dizer que ambos os aparelhos são bacanas de serem usados, não contando com o melhor aproveitamento frontal do mundo mas não chegando a incomodar ao serem colocados no bolso ou usados com só uma mão. A principal diferença entre eles está na parte traseira, que no caso do Moto Z Play é mais frágil e adora marcas de dedo, enquanto no Zenfone 3 Zoom só é bastante lisa.

Vale lembrar, porém, que o Moto Z Play é vendido com um Snap Style Shell que ajuda bastante a melhorar seu visual, escondendo as marcas de dedo e a protuberância da câmera de maneira elegante. Estão disponíveis várias opções nas mais variadas texturas e estilos, o que dá um leque maior de opções do que as três cores em que o Zenfone 3 Zoom está disponível para venda (prata, preto ou rosa).

Sobre a biometria, temos no Moto Z Play o leitor de impressões digitais na parte frontal, o que muita gente pode preferir por ser de mais fácil acesso quando o aparelho está sobre uma mesa. Já no caso do Zenfone 3 Zoom o leitor fica na parte de trás, e tivemos algumas críticas à Asus sobre ele ser um pouco alto demais, o que pode não ser tão indicado para quem tem mãos pequenas.

Ambos trabalham de maneira bastante rápida e precisa na maioria das vezes, mas a impressão que dá é que a Motorola fez o dever de casa melhor por aqui.

Tela e som

Olhando para a tela de ambos os aparelhos, temos os dois com display de 5,5 polegadas Full HD, o que dá uma densidade aproximada de 401 ppi. No caso do Moto Z Play, é usado um painel Super AMOLED, enquanto no Zenfone 3 Zoom temos o tradicional AMOLED. Sobre proteção temos ambos com Gorilla Glass, porém a Motorola não indica qual a geração usada, enquanto a Asus optou pela quinta e mais recente.

O Moto Z Play possui apenas duas opções para o padrão de cores, sendo uma mais intensa e outra mais natural, enquanto o Zenfone 3 Zoom tem uma verdadeira infinidade de ajustes que podem ser feitos, indo desde padrões predefinidos até o uso do filtro de luz azul e configuração manual de matiz e saturação, possibilitando que você defina as cores exatamente da maneira que mais lhe agrade.

Deixando ambos como temos de fábrica, o Zenfone 3 Zoom aparenta se sair melhor ao reproduzir as cores, entregando algo vibrante mas que não chega ao ponto de ser artificial demais. Já o Moto Z Play é para quem quer cores extremamente vivas, o que é bem bonito ao assistir filmes e jogar, mas pode acabar te enganando na hora de ver aquela foto que tirou.

Em termos de brilho, vimos algo bem próximo nos dois, com ambos ficando na casa dos 650 lux quando configurados para o máximo com a página do TudoCelular aberta, enquanto o mínimo foi próximo dos 10 lux. Isto reitera o que já vimos em nosso comparativo de telas anteriormente, onde ambos se saíram de maneira parecida na maioria dos cenários.

Sobre o áudio, temos o Moto Z Play com um posicionamento melhor para a saída de som, sendo bem mais imersivo que o Zenfone 3 Zoom já que no aparelho da Asus a saída pode acabar sendo obstruída dependendo de como você o segura. Ainda assim, a impressão que fica é que o Zenfone 3 Zoom não apenas tem um som mais limpo como também mais alto que o modelo da Motorola, porém o "modo externo" não é nem um pouco recomendado, pois distorce tudo quase que completamente.

Não podemos deixar de destacar ainda que o aparelho da Asus tem otimização DTS, que é basicamente uma rival da Dolby, permitindo que você ajuste manualmente o som de acordo com a tarefa executada, ou deixe o próprio sistema definir para você.

Hardware e desempenho

Moto Z Play Zenfone 3 Zoom
Processador Qualcomm Snapdragon 625 MSM8953 Cortex-A53
2 GHz 8 Core
Qualcomm Snapdragon 625 MSM8953 Cortex-A53
2 GHz 8 Core
GPU Adreno 506 Adreno 506
RAM 3 GB 3 ou 4 GB
Armazenamento 32 GB
MicroSD até 2 TB
32, 64 ou 128 GB
MicroSD até 2 TB

Falando então sobre o desempenho, no Moto Z Play temos um chipset Snapdragon 625 com oito núcleos a até 2 GHz, além da GPU Adreno 506, 3 GB de RAM e 32 GB de espaço interno. Já o Zenfone 3 Zoom tem o mesmo chipset, porém em opções de 3 ou 4 GB de RAM e armazenamento que vai de 32 a até massivos 128 GB, sendo este modelo cedido pela Asus pra gente na versão mais completa.

A impressão que tivemos em nosso teste lado a lado é que o Zenfone 3 Zoom trabalha melhor com apps que precisam de conexão com a internet, porém o Moto Z Play parece abrir as coisas mais rápido, algo nítido principalmente nos jogos. Curiosamente, mesmo contando com mais RAM o aparelho da Asus precisou recarregar algo quando tentamos trazer os apps de volta à tela, com a galeria sendo atualizada sem qualquer motivo aparente.

Dentre os resultados apresentados, temos:

  • AnTuTu: 63.691 (Moto Z Play) e 61.073 (Zenfone 3 Zoom)
  • GeekBench: 799/4.030 (Moto Z Play) e 876/4.349 (Zenfone 3 Zoom)
  • Asphalt 8: 30 FPS (Moto Z Play) e 30 FPS (Zenfone 3 Zoom)
  • Modern Combat 5: 30 FPS (Moto Z Play) e 30 FPS (Zenfone 3 Zoom)
  • Subway Surfers: 58 FPS (Moto Z Play) e 59 FPS (Zenfone 3 Zoom)

Com tudo isso, podemos ver que em termos de desempenho você não deve ver grandes diferenças durante o uso diário, seja durante navegação web, acesso a redes sociais ou até mesmo nos jogos, mas a falta de otimização da Zen UI pode acabar pesando um pouco e fazer com que os apps sejam encerrados no plano de fundo mesmo sem necessidade.

Câmera

O Moto Z Play em um sensor principal de 16 megapixels com abertura f/2.0, auxiliada por um flash dual LED e laser para foco. Sua câmera frontal tem 5 megapixels, abertura f/2.2 e um flash LED único.

Passando para o Zenfone 3 Zoom, temos duas câmeras de 12 megapixels, sendo uma com lentes de 25 mm, abertura f/1.7, estabilização óptica e tecnologia DualPixel para foco mais rápido enquanto a outra traz lentes de 59 mm e abertura f/2.6, passando então o efeito de zoom óptico de 2,3 vezes. Abaixo delas ficam os dois LEDs para flash, o laser auxiliar de foco e o sensor para correção de cor. Na parte frontal temos uma câmera de 13 megapixels com abertura f/2.0.

O software de câmera dos aparelhos é bem diferente um do outro, com a Motorola entregando basicamente o que temos na versão pura do app para Android 7.1.1 Nougat, onde sua principal função é o modo manual. Já a Asus foi muito além, fazendo seu próprio aplicativo que adiciona um modo profissional bem mais completo, modo de embelezamento com várias personalizações, e até modo retrato para uso do efeito bokeh, isso para não falar de todas as outras inúmeras funções como super resolução, modo noturno e muito mais.

Ambos os aparelhos gravam em até 4K com a câmera traseira, porém o Moto Z Play não conta com Full HD a 60 fps. Na gravação de vídeos com a câmera frontal, por outro lado, o aparelho da Motorola tem a vantagem de contar com um flash LED para auxiliar com a iluminação.

Moto Z Play

Zenfone 3 Zoom

Com relação às imagens capturadas pelos aparelhos, temos no Zenfone 3 Zoom um foco melhor, porém ele tende a saturar bastante as cores em alguns casos, além de baixar muito a exposição dependendo do ponto que você focar. Vale notar, contudo, que tudo isso pode ser configurado rapidamente no app de câmera da Asus, fazendo com que as fotos por padrão sejam mais de acordo com o que você deseja.

Em ambientes noturnos, curiosamente, a situação é oposta, pois apesar de continuar saturando as cores temos uma tendência à superexposição, o que pode agradar quem quer as imagens o mais claro possível mas não deve ser tão bom assim para quem deseja algo mais natural.

Nas selfies, temos lentes mais angulares no Moto Z Play, com ambos se saindo de forma bem similar em ambientes externos em termos de equilíbrio de cores. Em ambientes noturnos, o Moto Z Play conta com LED para flash enquanto o Zenfone 3 Zoom possui apenas flash na tela, mas curiosamente é o aparelho da Asus que se sai melhor por aqui, pois o LED branco do Moto Z Play acaba deixando tudo bem desbalanceado, além do software da Motorola entregar imagens com mais ruído.

Com tudo isso, podemos dizer que o Zenfone 3 Zoom entrega mais possibilidades em câmera, contando com estabilização óptica, zoom óptico, foco mais rápido e desempenho mais bacana em ambientes noturnos. Ainda assim, a Asus precisa trabalhar bastante em seu modo automático, porque muitas vezes ele obriga o usuário a fazer alguns ajustes para que as imagens saiam como devem ser.

Bateria

Temos capacidades bem diferentes de bateria, com 3.510 mAh para o Moto Z Play e 5.000 mAh para o Zenfone 3 Zoom. Curiosamente, é a Motorola que entrega um carregador turbo com seu aparelho, permitindo que ele seja carregado em apenas 1 hora e 45 minutos enquanto o modelo da Asus leva cerca de 3 horas.

Em termos de consumo, vimos uma autonomia ligeiramente superior no Zenfone 3 Zoom, que só perdeu em reprodução de vídeos para o Moto Z Play, com 18 horas e meia contra 19 horas do modelo da Motorola. A diferença entre ambos, na maioria dos casos, não é tão grande assim, com os dois conseguindo aguentar mais de um dia de uso sem qualquer problema.

Vale lembrar, porém, que o Moto Z Play pode ser encontrado com o Snap de bateria da Incipio por um preço bem próximo ao que temos no Zenfone 3 Zoom mais básico, o que fará com que sua capacidade suba para "ridículos" 5.730 mAh, e que consequentemente ele tenha uma autonomia bem maior que o modelo da Asus. Isto, contudo, fará com que ele fique bem mais pesado e espesso, sendo necessário que você defina qual a sua prioridade.

Sistema operacional

Por fim, temos o software. Assim como no app de câmera, a diferença entre as interfaces adotadas por Motorola e Asus é gritante, mesmo que ambos possuam o Android 7.1.1 Nougat atualmente. O Moto Z Play conta com algo bem mais próximo do Android encontrado na linha Pixel da Google, enquanto o Zenfone 3 Zoom vem com a controversa Zen UI, que apesar de recheada de funcionalidades tem um visual que desagrada muita gente.

Devido a isso, se você está procurando por algo mais limpo e otimizado, sem sombra de dúvidas o Moto Z Play é uma opção mais viável, mas se você não quer ter que ficar baixando coisas na Play Store pra tudo e deseja um leque maior de funções e opções de customização, o Zenfone 3 Zoom é pra você.

Conclusão

Vamos então aos pontos fortes de cada aparelho frente ao rival. No Moto Z Play temos um desempenho ligeiramente melhor devido à interface mais limpa, maior versatilidade com o uso dos Snaps, preço mais baixo, e possibilidade de usar dois chips junto a um cartão microSD.

Para o lado do Zenfone 3 Zoom temos a construção mais resistente, tela melhor, mais opções de compra com relação a RAM e armazenamento, autonomia de bateria maior (mesmo que ligeiramente), e conjunto de câmeras mais bacana e com mais possibilidades.

Com tudo isso, podemos dizer que ambos os aparelhos são bem similares em muitos pontos, mas cada um tem seu público específico. Se você quer um sistema mais limpo e gosta das possibilidades de uso dos Snaps, pode ir no Moto Z Play sem medo de ser feliz. Mas se você não liga para a cara da Zen UI e quer saber de bateria e câmeras, o Zenfone 3 Zoom é uma opção melhor sem sombra de dúvidas.

(atualizado em 17 de janeiro de 2019, às 18:42)

8

Comentários

Comparativo: Moto Z Play vs Zenfone 3 Zoom | Vídeo do TudoCelular

OnePlus 6 e Redmi Note 5 entram na lista dos 15 aparelhos mais radioativos

Huawei no Brasil fará diferença? Positivo fecha trimestre no vermelho

Samsung Galaxy J7 Pro ou Motorola Moto G5S Plus? Comparativo TudoCelular ajuda a escolher

Ranking TudoCelular: gráficos com todos os testes de desempenho e autonomia até junho