LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Cuidado! Smartphones e PCs estão sendo hackeados via Bluetooth

14 de setembro de 2017 4

O uso do Bluetooth tem crescido bastante nos últimos anos, especialmente após a popularização dos fones de ouvido sem fio (não deixe de conferir nosso guia dos melhores fones wireless), smartbands e smartwatches.

A tecnologia é muito conveniente em nossas vidas, e nos permite aproveitar ainda mais o potencial de nossos smartphones e PCs, mas poucos desconhecem que ela também traz riscos.

O simples fato de usar um fone sem fio na academia, por exemplo, já pode colocar milhares de usuários em vulnerabilidade.

De acordo com a Armis, empresa especializada em segurança da informação, hackers estão explorando falhas no Bluetooth para obter informações pessoais de inúmeros indivíduos, além de controlar remotamente seus dispositivos.

Os ataques são silenciosos, e na maioria das vezes, as pessoas sequer percebem que estão sendo hackeadas; isso porque sequer é necessário ativar o 'modo de descobrimento' ou autorizar conexões.

Entre as plataformas afetadas estão o Windows, Linux, Android e iOS, apesar de que a Microsoft e Google afirmam já ter corrigido tais vulnerabilidades nas versões mais recentes do sistema – no caso do Android a 4.4.4 ou superior e do Windows todas as versões compatíveis com esse padrão de conexão.

A Apple, por sua vez, não se manifestou sobre uma possível correção, apesar da Armis alegar que iDevices a partir do iOS 10 não são afetados.

O mais preocupante é que, nos casos de invasão, é praticamente impossível detectar o 'culpado' (mesmo que ele esteja próximo das vítimas.

Tendo dito isso, é importante tomar cuidado em locais públicos como, por exemplo, cafés, aeroportos e academias, e sempre se certificar de que seu dispositivo, seja ele um PC ou smartphone, está com todas as atualizações em dia.

Felizmente, para a maioria de nós isso não é necessariamente um problema, vendo que os principais alvos de ataque são executivos e celebridades, mas ainda assim, como diz o ditado: "é melhor prevenir do que remediar".

Caso você utilize um dispositivo mais antigo, é melhor deixar o Bluetooth desativado quando estiver fora de casa, isso não só garantirá a segurança de suas informações, como também vai te render algumas horas extras longe das tomadas.


4

Comentários

Cuidado! Smartphones e PCs estão sendo hackeados via Bluetooth
  • Hoje haquaiam as coisas só de olhar

      • Mais uma vez passando informações erradas TC? Tá difícil em?

        TODOS OS APARELHOS ANDROID que não receberam o patch de segurança de setembro de 2017 estão vulneráveis a essa ameaça! Logo, apenas meia dúzia de aparelho tem a correção até o momento.

        Em questão de quem usa IOS, se utilizar da versão 9.3.4 para baixo tem a vulnerabilidade, porém já foi corrigido desde o ano passado no IOS 10.

        Usuários de windows e Linux veriquem as informações direito no site da Armis.

        E o processo NÃO É SÓ pra acessar informações pessoais, é possível tomar controle total sobre o dispositivo em uso, e depois disso já era... Sua máquina (seja notebook, PC, smartphone) é do hacker para fazer qualquer coisa, sem o usuário saber ou ver que teve o dispositivo "raptado".

        Fonte: https://www.armis.com/blueborne/#/devices

          • Não leu o artigo, né? "...apesar de que a Microsoft e Google afirmam já ter corrigido tais vulnerabilidades nas versões mais recentes do sistema %u2013 no caso do Android a 4.4.4 ou superior e do Windows todas as versões compatíveis com esse padrão de conexão."

              • Paulo, quem está certo? A empresa que fez a descoberta ou um site qualquer que replicou a matéria?

                A empresa só notificou o Google mês passado, e o Google informou que passou os dados para as fabricantes e liberou a atualização em setembro de 2017. Lá tem até o dia do patch.

                Acho que em um assunto sério como esse, procurar as informações corretas (direto no site da empresa responsável pela descoberta) é o melhor a se fazer, pra não continuar repassando informações errôneas.

              Samsung Galaxy J7 Pro ou Motorola Moto G5S Plus? Comparativo te ajuda a escolher

              Ranking TudoCelular: gráficos com todos os testes de desempenho e autonomia

              10 melhores smartphones top de linha para fotos e vídeos | Guia do TudoCelular

              10 melhores smartphones de entrada para fotos e vídeos | Guia do TudoCelular