LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Apple iPhone 14 Pro Max: veja como funciona a Dynamic Island na prática | Vídeo hands-on

16 de setembro de 2022 47

O iPhone 14 Pro e o 14 Pro Max foram lançados pela Apple com uma novidade no visual. Agora, o notch clássico retangular deu lugar para a chamada Dynamic Island – ou Ilha Dinâmica, na tradução livre.

O novo entalhe mistura hardware e software para trazer uma experiência mais interativa para o usuário. Mas como ele funciona na versão maior da família? Depois do nosso Detetive TC para explicar uma parte disso, chegou a hora de a gente ver os detalhes na prática aqui no TudoCelular, em parceria com o HDBlog.

Como é a primeira impressão?

Logo de cara, a gente precisa considerar a mudança visual que fica bastante evidente. Depois de tantos anos acostumado com o layout convencional e gigante, ver um notch em pílula em um iPhone causa um impacto inevitável.

O elemento neste formato torna a aparência mais agradável e moderna, apesar de ainda ser maior do que os furos conhecidos nos celulares Android. E não poderia ser diferente. Lembremos que a Apple não adota uma biometria por impressões digitais, o que obriga seus iPhones a terem mais sensores de reconhecimento facial 3D, para garantir a máxima segurança e precisão.

Basta um pouco de uso para apreciar a fluidez e a interatividade que a Dynamic Island tem com todo o sistema. Mas calma, que a integração ainda não é total. Por enquanto, apenas o sistema e os aplicativos da Apple, além da maioria dos players multimídia, conseguem explorar o recurso.

Os demais apps de terceiros precisarão esperar até que a gigante de Cupertino lance o kit de desenvolvimento, para que integrem suas ferramentas com a Ilha Dinâmica dos iPhones. Algo que poderemos ver com a futura chegada do iOS 16.1.

Em outras palavras, a estética agrada, mas o valor agregado ainda não é explorado ao máximo. Este será um processo que poderá levar um tempo, até vermos qual o potencial total do recurso.

Tamanho e posição

A Dynamic Island fica posicionada bem no centro da tela, para manter a localização sem grandes alterações do que já era o entalhe convencional. Modificar para o lado deixaria a estética mais estranha para o usuário.

Mas é claro, quando você reproduzir algum conteúdo multimídia em tela cheia, o tamanho do notch não ajuda em nada. Você terá aquela distração grande e intrusiva durante o vídeo ou nas fotos.

Outro ponto importante é que fundos muito escuros na parte de cima da tela não são recomendados. Isso porque a animação fica perdida dentro do fundo igualmente preto, o que torna o efeito do entalhe menos impactante.

Temos mais um detalhe aqui. Conseguimos observar a parte do software que une os dois buracos da Ilha Dinâmica. É isso mesmo. São duas partes unidas por um complemento em preto, para parecer um bloco único. Mas fique em paz, que essa quebra não vai ficar visível na maioria das condições.

Como posso usar?

Como bem falamos, ainda não dá para ter noção de todo o potencial possível da Dynamic Island. Porém, já podemos saber boa parte dos tipos de uso que conseguimos explorar deste novo recurso.

Primeiro de tudo, é possível ter dois aplicativos com ações para gerenciar nela, com a facilidade de ver o ícone do que estiver aberto lá, mesmo sem precisar expandir o bloco inteiro.


Um dos exemplos de utilização da Ilha Dinâmica é quando uma música estiver sendo executada no Spotify. Dá para abrir a visualização para ver o nome da música e de quem estiver cantando, além de alguns controles para pausar, retroceder ou avançar a faixa.

O YouTube também consegue ser mandado para o entalhe do iPhone. Assim, a mídia continuará sendo reproduzida. Só que você não terá como ver o vídeo, e sim apenas vai aparecer a parte de áudio dele. Como se fosse o YouTube Music, que também é compatível com a Dynamic Island.

Você ainda pode rodar o Mapas e integrar uma rota de GPS no notch. Em outras palavras, dá para receber a indicação se precisa virar à direita ou à esquerda, assim como ver o nome da rua em que deve entrar e qual é a distância até a ação.

E se não quiser esquecer de algo que precisa fazer, ainda é possível configurar um timer e inserir em um dos espaços. Ele aparecerá como uma espécie de relógio circular que, quando expandido, mostrará o tempo restante até dar a hora esperada.


Podemos ainda acrescentar a visualização de uma chamada em andamento, ou até mesmo a carteira virtual da “Maçã”. O entalhe animado também é capaz de abrigar a conectividade dos AirPods, além dos status de carregamento.

Para mandar as ferramentas compatíveis para a Dynamic Island, não tem segredo. Basta minimizar um aplicativo, que automaticamente continua funcionando no entalhe, no lugar de ir totalmente para o segundo plano.

Tela e hardware

Afinal, nem só de Dynamic Island vive a tela do iPhone 14 Pro Max, não é mesmo? A Apple colocou um display OLED de 6,7 polegadas no seu modelo mais avançado, que tem como objetivo elevar o padrão de qualidade do seu aparelho top de linha.

Falando especificamente sobre o brilho, há um pico de 2.000 nits, para ter boa visibilidade mesmo em dias ensolarados. Sem contar os recursos de software e do ajuste automático de luz. Em outras palavras, a qualidade não fica atrás de qualquer concorrente.


Ainda temos aqui a manutenção dos 120 Hz de taxa de atualização, com tecnologia que permite um dinamismo da frequência, conforme a exigência do aplicativo aberto. Isso serve principalmente para ajudar a economizar bateria.

Você também consegue personalizar a tela de bloqueio e selecionar desde a imagem de fundo, até o estilo do relógio. É possível escolher um widget para ficar com atalho na parte superior, do lado do entalhe.

Apenas dá para integrar a Ilha Dinâmica ao painel do smartphone, graças à capacidade da nova plataforma móvel A16 Bionic, que permite essa interação de forma bastante fluida e com pouco consumo energético.

Inclusive, o hardware é um diferencial apenas dos modelos da série Pro. Isso significa que não será possível implantar qualquer novidade do tipo nas duas versões mais básicas da família, em uma eventual atualização futura, já que contam com o chip da geração passada, o A15 Bionic.

77.6 x 160.7 x 7.9 mm
6.7 polegadas - 2796x1290 px
71.5 x 147.5 x 7.85 mm
6.1 polegadas - 2556x1179 px
78.1 x 160.8 x 7.8 mm
6.7 polegadas - 2778x1284 px
71.5 x 146.7 x 7.8 mm
6.1 polegadas - 2532x1170 px
Ir para página de comparação

Fora a presença do notch ainda na versão retangular clássica no iPhone 14 e no 14 Plus, o que não ficaria visualmente tão agradável se fosse implantar alguma solução interativa, como a Dynamic Island.

Já entre o iPhone 14 Pro e o Pro Max, as diferenças são principalmente nas dimensões e no tamanho da tela. Lembrando que a variante menor tem um display de 6,1 polegadas, porém não fica atrás em qualquer recurso que a Ilha Dinâmica oferece. Ou seja, você terá neles todas as funcionalidades interativas do novo entalhe da Apple.

Considerações finais

Neste primeiro momento, o que podemos avaliar é que a Dynamic Island consiste em uma novidade interessante e muito promissora. Ela tem a capacidade de trazer mais dinamismo na experiência e novos tipos de interação com os aplicativos, além de modernizar a imagem dos iPhones.

Só que o melhor dela ainda está por vir. É nítido que tem um potencial enorme a ser explorado pelos desenvolvedores no futuro, e só quando isso acontecer, saberemos como será a evolução da Ilha Dinâmica na experiência do usuário.

A Apple poderia abrir mão do entalhe tradicional apenas para seguir os exemplos de concorrentes no mundo Android. Mas não. Preferiu inovar com uma solução interativa, inclusive que poderá inspirar algo semelhante nos concorrentes para o futuro. Vamos aguardar novidades em relação a isso.

Por enquanto, é o que temos a mostrar para você. Os detalhes do iPhone 14 Pro e 14 Pro Max, não somente no sistema, como também na qualidade das câmeras, no desempenho multitarefas, na autonomia de bateria e muito mais, saberemos apenas na nossa análise completa.

E aí, você gostou da Dynamic Island? Pretende comprar um iPhone 14 Pro ou Pro Max por causa dela? Comente à vontade aí no espaço abaixo!

O Apple iPhone 14 Pro Max está disponível na FastShop por R$ 8.999 e na Extra por R$ 9.974. O custo-benefício é médio mas esse é o melhor modelo nessa faixa de preço. Para ver as outras 77 ofertas clique aqui.
(atualizado em 04 de dezembro de 2022, às 03:30)

47

Comentários

Apple iPhone 14 Pro Max: veja como funciona a Dynamic Island na prática | Vídeo hands-on
  • Que coisa mais ridícula... %uD83E%uDD23%uD83E%uDD23%uD83E%uDD23

      • Apple trouxe para sua tela o monolito negro do filme 2001: Uma Odisséia no Espaço. No filme, ele ficava parado, inerte. Mas no iPhone ele é animadinho, tenta hipnotizar com umas animaçõeszinhas. Ou é igual o genro, ele vai na sua casa e atrapalha 100% do tempo mas tenta disfarçar contando piadinhas e fazendo dancinhas.

        • eu espero que as outras fabricantes não tentem copiar esse rasgo gigante e nem criar essas animações. Continuem com os furos mínimos de câmeras e criem widgets configuráveis para o usuário decidir onde vai ficar a notificação na tela, o tamanho dele, etc. Achei esse rasgo horrível, atrapalha 100% do tempo quando você está vendo vídeos, fotos ou usando para qualquer outra coisa. E ficou uma área de tela inútil em cima desse rasgo, não serve para nada e só destaca ainda mais o rasgo.

          • conseguiram tornar um enorme rasgo na tela em algo ainda mais intrusivo. Não discuto a qualidade do aparelho, nota 10. Mas se é para falar de detalhes, então me explica porque tem essa área desperdiçada em cima desse rasgo gigante.Se tivessem mantido o notch na parte de cima, seria menos intrusivo e teria a mesma funcionalidade, sem atrapalhar com um rasgo gigante quase no topo da tela e com uma área de tela inútil em cima desse rasgo.

            • Prefiro o ZenFone 7. Poucas bordas e sem notch

                • O gado da Apple é tão maluco e bitolado que conseguem vibrar com algo extremamente tosco como isso, minha nossa, que coisinha mais xinfrim pra mascarar algo. Videos e jogos em tela cheia ficam uma bela m* com isso.

                    • Eu achei a sacada bem legal. Gostando ou não, a Apple sabe fazer as coisas. Como sabemos que nada se cria, tudo se copia (Apple copiando e muito várias coisas do Android), vamos ver como será a copia desse Dynamic Island no Android.

                        • Eu já tinha 15 mil reais para comprar o iPhone 14 Pro Max de 1TB por causa da Câmera de 40MP. Mas acabei resolvendo comprar uma Canon EOS R, pois o sensor fullframe se sai MUUUUUOTO melhor em qualidade de imagem do que o microscópico sensor de um celular.

                            • Honey, cuidado com o que anda consumindo.
                              Smartphone continua tendo boas câmeras, mas não é uma câmera.
                              Obviamente, que uma câmera profissional e muit melhor e mais desenvolvido. Smartphone usa muito processamento para compensar a falta de hardware, que é presente em uma câmera.
                              São propostas e utilidades distintas.
                              Smartphone sempre será um quebra galho frente às câmeras profissionais. E falo em relação a todos, e não só iPhone.

                              • são propostas diferentes... para um profissional ou aquele que busca a excelência em qualidade nas fotos câmera profissional, fotos e vídeos extremos action câmera, rede social portabilidade versatilidade celular...

                                todos vem carregados de prós e contras, aí cabe a cada um ponderar a sua necessidade

                              • Essa Dynamic Island é uma versão da One UI da Samsung, porém muito mais melhorada. Achei interessante!

                                  • Estupendo, magnífico, revolucionário, estiloso!!! Me falta adjetivos, para esta engenharia tec. Só podia vir de mentes brilhantes e atemporais!! Agora as xing com certeza, copiaram!?!? vide Samsung, motoirola, a mais copiadoras de todas a xing ling Xiaomi, a morta da Huawei e todas as xing lings chinesas; que são milhares. Apple sempre a frente do seu tempo.%uD83C%uDF4E%uD83D%uDE0D

                                    • Não é o ideal, mas olha a magia que um software bem feito é capaz de fazer. Isso não tem nem oque discutir.

                                      • Gostei inovação é isso ai.

                                          • Este tylenol é ainda mais feio que o buraco de bala perdida.
                                            Pior e mais feio que o notch.

                                              • Gostei dessa ilha dinâmica e não gostei.
                                                Ainda acho que desceu demais e se perdeu mais tela concretamente.
                                                Só não vi imagens e vídeos com conteúdo que não usa a tela inteira.
                                                Pq, convenhamos, tem que ser muito sem noção ao assistir algo com a tela cheia, já que a proporção não é a mesma do vídeo e este acaba sendo esticado com perda de conteúdo Vc perde conteúdo vertical e ainda horizontal no buraco. Não tem lógica assistir algo assim.

                                                  • é impressão minha ou está todo mundo achando o máximo, algo incrível o fato da Apple mascarar aquela pílula aumentando ainda mais a área preta na tela? algo tipo não conseguimos tirar sá porra então vamos deixar ainda maior e todo mundo vai achar o máximo, porque somos a Apple...

                                                      • Achei diferente, um conceito que ninguém pensou e bem legal no primeiro contato. Mas ainda não deixa de ser o que vc falou, um disfarce para uma parte inutilizada da tela.

                                                        Não gostei do tanto de tela perdida.
                                                        Notch e feio, claro, mas era um canto só da tela perdido. Agora desceu mais e o que está entre o buraco e a extremidade da tela superior, com exceção dessas animações, tá perdido. Aumentou a área inútil na prática. Isso que me pegou.

                                                      • Apple manda demais

                                                        • Obrigado pelo conceito Apple, mal posso ver as interfaces Android aplicando esse conceito em um notch muito menor e elegante

                                                            • realmente genial deixa a parte preta ainda maior estica puxa alarga decora faz rodar sair reloginho da esquerda da direita para cima para baixo, bora deixar a tela tudo preta, todo mundo vai achar o máximo... véi fanatismo cego e inconsequente é sintoma de falta de inteligência...

                                                                • foi realmente algo genial... já que não dá para tirar essa parte preta enorme da tela então deixamos ainda maior e todo mundo vai achar o máximo %uD83E%uDD23%uD83E%uDD23%uD83E%uDD23

                                                                  • Eu gostei dessa Dynamic Island..
                                                                    Bem legal a integração com as notificações.

                                                                      • Melhor um vídeo mostrando o Live Objects do novo IOS 16, aquilo sim parece mágica.

                                                                          • Muito cedo para análise, aparelho novo, sistema operacional novo e processador novo... Ainda teremos uns 06 meses até chegamos em uma versão estável...

                                                                            • Notch parou de me incomodar ao ver videos porque não estou mais vendo vídeo esticado.Mesmo no meu S20 FE que ele é só um furinho.

                                                                                • So que nesse iPhone, incomoda sim no vídeo 16:9. Mesmo n estando esticado, o buraco pega parte do vídeo, coisa que o notch não pega.
                                                                                  Finalmente consegui um review que mostrava isso. O povo parecia querer esconder esse detalhe que o mim e bem importante.

                                                                                  Apple apresenta o novo Mac Studio de alto desempenho e monitor Studio Display; veja os preços

                                                                                  Apple TV Plus vai transmitir jogos de beisebol ao vivo, inclusive no Brasil

                                                                                  Agora tem widgets? iOS 14 e todas as suas novidades | Hands-on em vídeo

                                                                                  iPhone XR vs iPhone SE: vale comprar o mais novo, mesmo mais simples? | Comparativo