LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Tela OLED do iPhone X não oferece o mesmo brilho da Super AMOLED do Galaxy S8

13 de setembro de 2017 103

O iPhone X foi oficializado na última terça-feira (12), trazendo como grande novidade um painel OLED para a linha de smartphones da Apple. Os demais aparelhos lançados pela empresa no mesmo dia continuam investindo na tecnologia IPS LCD, tradicional há anos.

Contando com 5,8 polegadas e resolução de 2436 x 1125 pixels, o painel é capaz de entregar contraste infinito, o que garante pretos perfeitos ao invés de cinza escuro como era visto nas gerações anteriores do iPhone. No entanto, mesmo este painel sendo fornecido pela Samsung, ele não é capaz de alcançar o mesmo nível de brilho do painel Super AMOLED do Galaxy S8.


De acordo com dados passados pela própria Apple, a tela OLED do iPhone X é capaz de alcançar o brilho máximo de 625 nits. Só a nível de comparação, a tela do Galaxy S8 entrega 1.000 nits, enquanto a do Note 8 vai além chegando a incríveis 1.200 nits.

Na prática isso quer dizer que usar o iPhone X em ambiente externo ou em lugares com forte iluminação não será tão confortável como é visto nos recentes lançamentos da Samsung, já que o usuário terá que se esforçar para visualizar o conteúdo na tela do aparelho.

Em nossos testes vimos que a tela do Galaxy S8 supera a do iPhone 7 em nível de brilho. A parte mais curiosa é ver que a tela do iPhone X entrega um brilho inferior ao modelo da geração passada. Sem falar que é estranho ver a tela OLED produzida pela Samsung alcançar um brilho mais baixo no recém-lançamento da Apple.

Samsung a maior beneficiada com o iPhone X?

Como dito, Samsung é a responsável pelas telas OLED empregadas no iPhone X. A sul-coreana foi a única fabricante a cumprir todos as exigências da Apple, o que indica que ela será a única fornecedora nos próximos meses. Atualmente, Samsung domina o mercado de painéis OLED com 89% de distribuição.

De acordo com recente relatório, Samsung lucra entre US$ 120 e US$ 130 por cada painel OLED. Se tal valor estiver correto, a sul-coreana terá grande lucro com as vendas do novo iPhone, ainda mais quando Apple espera vender milhões de unidades do iPhone X.

Samsung deve continuar como a única fornecedora de telas OLED para Apple por um bom tempo, já que a Japan Display, responsável pela produção de telas LCD nos iPhones, só deve iniciar a produção em massa de telas OLED em 2019.


103

Comentários

Tela OLED do iPhone X não oferece o mesmo brilho da Super AMOLED do Galaxy S8

Ranking TudoCelular: gráficos com todos os testes de desempenho e autonomia

10 melhores smartphones top de linha para fotos e vídeos | Guia do TudoCelular

TOP 10 smartphones de elite com melhor desempenho | Guia do TudoCelular

Conheça o iPhone X | Vídeo do TudoCelular