LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Vale comprar celular novo pagando com o usado em programa de troca? | Detetive TC

06 de junho de 2020 47

Você deseja trocar de celular por um mais novo, mas pretende ter um desconto no valor pago? O seu aparelho usado pode ser um dos caminhos para não precisar pagar o preço cheio do novo produto.

Mas será que são todas as empresas as quais aceitam o seu smartphone antigo como moeda de troca? O Detetive TudoCelular investigou a resposta com as principais fabricantes que atuam no Brasil e conta para você nesta edição – em texto e vídeo.

Apple

No mercado internacional, a Apple oferece o Trade In, um programa de troca que dá desconto no iPhone mediante à entrega de um celular usado. A iniciativa foi anunciada nos Estados Unidos, na apresentação do iPhone 11, mas não chegou ao Brasil nem a outros países da América Latina.

A assessoria da “Maçã” no país ressaltou a este espaço que não oferece esse tipo de programa por aqui. A recomendação da marca aos consumidores é procurar pela opção por meio de parceiros da empresa, como operadoras e lojas de varejo.

Huawei

Você deve se lembrar de quando a Huawei trouxe os smartphones P30 Pro e P30 Lite ao Brasil, no começo de 2019. Na época, a marca chinesa realizou um programa chamado Super Troca em seus quiosques, com bônus fixo e um valor variável de desconto a depender do celular usado.

Mas parece que a empresa desistiu de oferecer a facilidade ao consumidor. Em contato com a assessoria da Huawei Brasil, a companhia informou que não trabalha com esse tipo de serviço aos seus consumidores.

Xiaomi

Em maio de 2019, quando a Xiaomi estava prestes a retornar ao Brasil, o Detetive TudoCelular informou em primeira mão que uma das parceiras da DL nas vendas – as lojas Pernambucanas – ofereceriam o programa de troca. A base seria a tabela da Trocafone.

Porém, a companhia e sua distribuidora nacional não seguiram os mesmos procedimentos. De acordo com a assessoria da representação da empresa no país, a marca ainda não conta com esse serviço. Ela não chegou a revelar se pretende implantar a possibilidade no futuro.

Nokia

De volta ao mercado nacional neste ano, a Nokia ainda não implantou qualquer programa de troca do celular usado por um novo. A assessoria da HMD Global informou a esta coluna que não oferece o serviço no momento.

Ela ainda ressaltou que o primeiro modelo disponível no país, o Nokia 2.3, está disponível tanto por compra direta quanto por lojas parceiras, como Americanas, Submarino, Shoptime e Pernambucanas.

“No momento, a HMD não oferece o serviço de troca de smartphones e nosso primeiro dispositivo da marca no país - o Nokia 2.3 - está disponível para compra direta e também nos sites Americanas, Submarino, Shoptime e Pernambucanas.”


HMD Global

Esta última é a mesma que forneceu a troca para os portáteis da Xiaomi em sua vinda. Ou seja, vale ao cliente consultar diretamente com as varejistas se elas fornecem por conta própria a iniciativa.

Samsung

A Samsung é uma das principais marcas que fornecem a alternativa de trocar seu dispositivo usado por desconto em um novo. A companhia utiliza uma tabela prévia da Trocafone. Em resposta ao TudoCelular, a empresa destacou que a sua parceira se baseia nos preços de mercado.

Neste caso, os smartphones aceitos devem ser nacionais e homologados pela Anatel. A companhia aceita até onze marcas de usados. São elas: a própria Samsung, Apple, ASUS, Huawei, Lenovo, LG, Motorola, Positivo, Quantum, Sony e Xiaomi.

“Mediante negociação e avaliação do smartphone, pautada numa tabela prévia do parceiro Trocafone, que se baseia nos preços de mercado. Smartphones [aceitos são] nacionais, homologados pela Anatel. As marcas participantes são: Apple, Asus, Huawei, Lenovo, LG, Motorola, Positivo, Quantum, Samsung, Sony e Xiaomi.”


Samsung

Imagem: Reprodução

É sempre bom ficar atento, porque em alguns momentos, a coreana realiza algumas ofertas para incentivar a troca dos celulares. Os descontos nesses períodos promocionais variam conforme o modelo e a avaliação do produto.

A análise de quanto vale seu aparelho antigo é realizada na hora da aquisição. O procedimento pode ocorrer em lojas físicas, drive-thru e delivery. Mas – atenção – não vale para transações feitas pelo aplicativo Rappi – parceiro recente da marca em entregas.

“A Samsung trabalha com algumas ofertas e sazonalidades para incentivar a troca dos smartphones, e os descontos variam conforme modelo e avaliação do produto. A avaliação é feita no momento da compra, em lojas, drive thru e delivery, exceto nas transações feitas via Rappi.”


Simulação de troca

Em uma simulação de troca, se eu tiver um Galaxy S10e e quiser um Galaxy S20, quanto vou ter de desconto? O sistema da Trocafone indica que o aparelho antigo vale R$ 1.800, sem bônus de campanhas. O flagship mais recente custa R$ 5.500, ou seja, você pagará R$ 3.700 pelo celular novo.

Ao comparar com o menor valor encontrado no mercado hoje – algo em torno de R$ 4.000 e R$ 4.100 –, você verá que a diferença é entre R$ 300 e R$ 400 a menos com a troca. Em resumo, este é o valor que representará o abatimento do seu Galaxy S10e.

69.9 x 142.2 x 7.9 mm
5.8 polegadas - 2280x1080 px
69.1 x 151.7 x 7.9 mm
6.2 polegadas - 3200x1440 px
Ir para página de comparação
Motorola

A Motorola explicou a esta coluna que oferece um programa de trade in em seus quiosques próprios e nos principais shoppings do país. Segundo o diretor de vendas, Filadelfo Costa, a companhia entende que a iniciativa permite acompanhar a constante evolução da marca e viabilizar a compra de um dispositivo novo.

“Para poder acompanhar a constante evolução da marca e viabilizar a compra de um novo smartphone. a Motorola oferece um programa de trade in, disponível nos quiosques próprios da marca e nos principais shopping centers do País. Ou seja, a Motorola recompra o aparelho atual e oferece ao consumidor a possibilidade de adquirir um smartphone da última geração, utilizando o valor do aparelho antigo como desconto na compra de um novo.”


Filadelfo Costa

Diretor de Vendas da Motorola

Aqui, o processo funciona de forma direta: a empresa recompra o aparelho e dá a opção para que o consumidor use o valor como desconto na compra de um mais recente. Os preços são baseados em uma tabela atualizada mensalmente pelos estabelecimentos. A avaliação é feita por uma empresa terceirizada, também no formato presencial.

Imagem: Reprodução / Shopping Palladium

A fabricante aceita praticamente todos os celulares presentes no mercado nacional neste momento. As exceções ficam por conta de aparelhos sem certificação da Anatel ou importados, além de unidades sem funcionar ou modelos muito antigos.

“Os quiosques recebem todos os meses uma tabela atualizada, incluindo modelos e valores. A avaliação, realizada por uma empresa terceirizada, é feita presencialmente nos quiosques para verificação do estado de conservação e funcionalidade do aparelho. Após essa análise, o cliente recebe a informação do valor que será usado para troca. [São aceitos] praticamente todos os aparelhos disponíveis no mercado. As exceções são produtos sem homologação da Anatel ou importados, aparelhos que não funcionem ou modelos muito antigos.”

A Motorola ainda completa que o sistema de troca só está funcionando nos quiosques dos shoppings que estão abertos, neste período de pandemia do coronavírus.

ASUS

Em explicação dada a este espaço, a ASUS destacou que oferece o Programa Zentroca em duas modalidades. Uma é a presencial, nos pontos identificados como Lojas Faz + Fácil. A outra é a distância, por envio do aparelho usado pelos Correios para a Central Zentroca.

“Para obter o desconto para compra do aparelho novo ASUS, o consumidor submeterá o aparelho usado para avaliação técnica em uma das duas modalidades do Programa: Presencialmente nos pontos de troca, identificados como Lojas Faz + Fácil, conforme endereços informados na página oficial do Programa ou não presencialmente através do envio do aparelho pelos Correios para a Central Zentroca ASUS.”


ASUS

O primeiro formato consiste em levar o celular usado em um dos estabelecimentos listados na loja online oficial da empresa. O técnico no local irá avaliar o aparelho e dirá ao consumidor o valor possível de ser pago pelo dispositivo. Ele, então, será revertido em um cupom de desconto, para efetuar a compra da unidade nova. Isso se o cliente concordar com o preço e assinar o termo de participação.

Imagem: Site oficial / ASUS

No modo não-presencial, o formulário é preenchido na página da web dedicada ao Programa Zentroca. Ao aceitar as condições gerais do regulamento e enviar para a Central, o usuário receberá uma autorização de postagem dos Correios. Esta permissão pagará o frete para despachar o produto, que deverá ser acompanhado de uma cópia do termo de acordo assinado. A embalagem fica por conta do usuário.

Um técnico receberá o aparelho e fará a avaliação. O preço estimado será informado ao consumidor, que poderá aceitar e receber o cupom de desconto no valor acordado.

A ASUS aceita qualquer marca de celular, mas os seus próprios têm um peso maior. A análise é feita conforme a situação do portátil antigo, e o dispositivo usado pode valer até R$ 3 mil na troca por um novo.

“Os produtos da ASUS têm um peso maior, porém a avaliação é feita de acordo com o estado dos produtos.”

Imagem: Site oficial / ASUS

Simulação de troca

Fizemos uma simulação para entender melhor. Vamos supor que você queira trocar um Zenfone 5Z em perfeito estado por um Zenfone 6, que custa R$ 3.200. A empresa vai dar R$ 1.125 como desconto no modelo novo. O resultado é o valor de R$ 2.075.

Fica a questão: você conseguiria vender o Zenfone 5Z por mais do que R$ 1.125? Ao conferir as ofertas do Zenfone 6 no TudoCelular, você verá varejistas cobrando cerca de R$ 2.900, ou seja, R$ 300 a menos do que o valor sugerido – e por uma versão com o dobro do armazenamento.

75.65 x 153 x 7.85 mm
6.2 polegadas - 2240x1080 px
75.44 x 159.1 x 9.2 mm
6.4 polegadas - 2340x1080 px
Ir para página de comparação
LG

Das oito empresas contatadas por este espaço, a LG foi a única que não emitiu um posicionamento ao Detetive TudoCelular, até o momento de produção deste vídeo. Contudo, a marca se comprometeu a enviar – mesmo posteriormente – maiores esclarecimentos sobre utilizar ou não um programa de trocas.

Quando a coluna receber um retorno com a posição, este texto será atualizado com a resposta sobre o assunto.

Vale a pena?

Dadas as opções pelas fabricantes com operações no Brasil, fica a dúvida: compensa trocar seu usado por um celular novo? Esta é uma pergunta sem uma resposta definitiva. Isso porque vários fatores devem ser analisados para saber se o negócio vale a pena.

Não se trata de uma novidade que os custos encontrados em varejistas online costumam ser inferiores aos encontrados nas lojas oficiais das empresas – sejam presenciais ou não. O primeiro passo consiste em procurar o quanto é essa diferença de valores – e a ferramenta de preços encontrada no site do TudoCelular pode te ajudar neste momento.

Caso você faça a avaliação do seu smartphone antigo, e ele consiga baixar o valor total do novo para um custo menor que o encontrado em varejistas na internet, este pode ser um bom negócio.

Outra dica é ficar sempre ligado em possíveis campanhas sazonais das empresas, para oferecer um bônus a mais na troca do seu usado. Ações do tipo são feitas geralmente em algum lançamento de celular no Brasil.

E aí, acha válido realizar a troca de um celular usado por um novo? Você já fez alguma vez esse processo? Interaja conosco!


47

Comentários

Vale comprar celular novo pagando com o usado em programa de troca? | Detetive TC
Tech

Coronavírus: Brasil chega a 65.487 mortes em 1.623.284 casos confirmados | Relatório diário

Google

Nearby Share: "AirDrop do Google" começa a chegar aos usuários Android em versão beta

Apple

Agora tem widgets? iOS 14 e todas as suas novidades | Hands-on em vídeo

Android

Melhor celular ou smartphone: TOP 10 para você comprar | Junho 2020