LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

ASUS VivoBook 15 X512JP acerta ao equilibrar desempenho e portabilidade | Análise / Review

30 de outubro de 2020 12

No começo deste mês de outubro, a ASUS trouxe o VivoBook 15 X512JP ao mercado brasileiro, com o foco em atender a todas as necessidades do jovem, seja para estudos, trabalho ou alguns jogos e edições.

Mas será que ele consegue, na prática, uma performance satisfatória em todos esses casos? O TudoCelular recebeu por empréstimo uma unidade do produto pela ASUS e realizou os testes para detalhar tudo sobre o notebook a você. Confira:

Visual e construção

O novo VivoBook 15 é um laptop com tela de 15,6 polegadas e dimensões que faz parecer menor – 35,7 x 23 x 1,9 cm. Ele possui um visual compacto, tem moldura ultrafina de 5,7 mm e pesa 1,75 kg, para ajudar na mobilidade quando você precisa transportá-lo.

A variante testada é na cor Transparent Silver, que dá uma aparência mais premium, mas há opção de Slate Grey para quem quer algo mais discreto. Ambas possuem acabamento em um plástico que, apresar do material, passar confiança de durabilidade ao usuário.

Imagem: Rafael Barbosa / TudoCelular.com

ErgoLift, teclado e touchpad

Um dos grandes recursos voltados ao design do produto, mas que afeta em múltiplas situações, é o ErgoLift. O recurso da ASUS permite uma inclinação de dois graus do teclado com o notebook aberto. O funcionamento consiste por meio de dois pinos emborrachados abaixo da tela, os quais são usados pelo notebook como uma base, o que permite o leve levantamento da parte do teclado.

Isso, além de dar uma digitação mais confortável, ainda possibilita uma área maior para saída de ar – mas sobre resfriamento, vamos falar um pouco mais abaixo – e os alto-falantes.

Imagem: Rafael Barbosa / TudoCelular.com

O teclado é constituído de uma peça única e tem deslocamento das teclas de 1,4 mm, com durabilidade nítida. Ele está no padrão brasileiro, ou seja, você não precisará sofrer para digitar “ç” ou qualquer acento. Mas há um ponto negativo aqui: a sinalização dos botões é em um cinza que, sobre o prata, a depender da quantidade de luz, pode ficar mais claro ou mais escuro – o que, na teoria, permitira visualizar melhor as teclas.

No entanto, há uma quantidade intermediária de luz que, no lugar de facilitar a visualização, acaba por tornar as teclas apagadas. Por mais que sua “memória tátil” ainda facilite digitar sem ver as teclas, talvez algumas delas você precise enxergar até lembrar a ordem, como é o caso da linha superior multimídia.

Já o touchpad entrega uma boa área de navegação e, apesar de não ser um modelo com teclado numérico ou uma segunda tela embutida, ele suporta multitoque, para você realizar os atalhos de ações do Windows com dois ou três dedos, por exemplo.

Imagens: Rafael Barbosa / TudoCelular.com

Unboxing

Dentro da caixa, o produto vem apenas com os acessórios básicos. Ou seja, você irá encontrar, além do notebook, os seus manuais e guias de uso e o adaptador de tomada, para carregar a bateria.

A ausência de tantos acessórios também facilita a não ter uma embalagem tão grande e pesada – ainda mais pelo fato de o laptop ser leve.

Imagens: Rafael Barbosa / TudoCelular.com
Tela e multimídia

A tela de 15,6 polegadas do VivoBook 15 X512JP tem resolução Full HD (1920 x 1080) possui tecnologia antirreflexo e consegue atingir um aproveitamento frontal de 88%. O painel aqui é TN, ou seja, não espere o ângulo de visão que só um IPS consegue entregar. Mas caso você use apenas com o display na sua frente, não deverá sentir tanto a diferença.

A definição de cores é satisfatória e o brilho tem 11 níveis de configuração. Caso prefira uma luz muito forte, você terá neste modelo. Já se prefere um brilho mais baixo, talvez sinta falta de uma opção intermediária entre a primeira e a segunda opção.

Imagem: Rafael Barbosa / TudoCelular.com

Chegamos aqui em um ponto que o ErgoLift faz diferença: o som. Com os dois graus de levantamento da base, você conseguirá sentir ganhos dos alto-falantes. Eles entregam um bom equilíbrio entre graves e agudos, com boa qualidade de áudio.

No entanto, a configuração padrão não acerta no volume. Mesmo no máximo, você ainda terá um som baixo. Mas há uma forma de configurar o dispositivo de áudio no Windows 10 para ter uma altura maior. Basta ir no seguinte caminho: Painel de Controle > Som > Reprodução > Speaker > clique com o botão direito do mouse > Propriedades > Avançado.

Na tela, haverá a opção Melhorias de Sinal. Basta desmarcar Habilitar melhorias de áudio para ter um volume maior. Mas tenha ciência de que a qualidade de áudio também sofrerá perdas com a opção.

Imagens: Rafael Barbosa / TudoCelular.com
Hardware e desempenho

As principais especificações deste notebook são compostas por um processador Intel Core i7-1065G7 (10ª geração), placa de vídeo dedicada NVIDIA GeForce MX330 com 2 GB, 16 GB de memória RAM (8 GB onboard + 8 GB offboard) e 512 GB de armazenamento SSD PCIe NVME M.2.

Como esperado de uma máquina com essas configurações, você conseguirá ligar e desligar em menos de 10 segundos e abrir todos os programas básicos sem dificuldades nem travamentos, além de mantê-los abertos sem se preocupar com a memória RAM.

Já softwares de edição, como Premiere e Photoshop, conseguem realizar tarefas menos exigentes com boa fluidez, como trabalhos com vídeos em Full HD e imagens em alta resolução. Gravações em 4K já serão mais sentidas na hora de editar.

Uma das desvantagens do VivoBook 15 X512JP é não facilitar o upgrade. Aqui não há slots extras para aumentar o armazenamento nem tampas especiais para acessar de forma simplificada as memórias. Se você quiser ampliar as opções do laptop, certamente precisará de uma assistência especializada ou deverá se arriscar em abri-lo – mas ciente de que a ação fará perder a garantia.

Jogos

Nos nossos testes, experimentamos quatro jogos neste laptop, para saber se a GeForce MX330 consegue dar conta do recado. São eles: DOOM Eternal, Street Fighter V, NBA 2K20 e Fall Guys. Todos na resolução máxima do monitor – Full HD – e com as configurações de desempenho padrão.

Apenas o primeiro exigiu mais da máquina e, mesmo assim, conseguiu ser reproduzido na maior parte do tempo na faixa de 30 fps. Os outros três mantiveram uma média entre 40 e 50 fps durante as partidas, com 60 fps em cutscenes e menus.

Na temperatura, é possível conferir que, quando mais exigido, o VivoBook 15 pode passar dos 70°C na CPU e na GPU. Porém, principalmente devido ao funcionamento do já mencionado ErgoLift, o notebook é capaz de baixar cerca de 15°C em apenas um minuto.

No geral, este modelo não apresenta problemas de superaquecimento e se mantém em algo em torno de 42°C nas condições normais – como no momento de produção deste texto.

Imagens: Rafael Barbosa / TudoCelular.com

Benchmarks

O ASUS VivoBook 15 X512JP foi testado também em três benchmarks na análise do TudoCelular: PCMark 10, 3DMark e Geekbench 5. Como não é um laptop gamer, ele apenas mostrou números acima da média dos modelos mais básicos.

Mas a presença de uma placa de vídeo dedicada fez a diferença para registrar números acima, por exemplo, do também analisado por este site Dell XPS 13 9300 – que possui mesma quantidade de memória RAM e CPU –, em especial no 3DMark – no qual a GPU faz mais diferença.

Conectividade

Em conectividade, apesar de não citá-lo na página oficial do seu site, a ASUS inseriu um chip Intel Wireless Bluetooth na versão 5.1 – o qual permite conexões rápidas e precisas se você quiser conectar um headset sem fio, por exemplo.

Nas demais portas, há uma USB 3.1, duas USB 2.0, uma USB-C 3.1, além de saída HDMI, leitor de cartão microSD e conector de 3,5 mm para microfone e fones de ouvido. Para completar, ele também tem Wi-Fi 5, o qual permite conectar em redes de 5 GHz e atingir velocidades rápidas sem fio.

Imagens: Rafael Barbosa / TudoCelular.com
Bateria

A ASUS promete uma bateria que mantenha o notebook em funcionamento durante um dia inteiro. O TudoCelular realizou dois tipos de teste para saber como é a autonomia do VivoBook 15, todos com níveis intermediários de brilho e de configuração de performance.

Uma delas foi alternar 30 minutos de serviços variados, que demandam maior uso energético, como YouTube, Spotify e serviços de streaming, além de redes sociais (Facebook e Instagram) e navegação na internet. O resultado foi pouco mais de 4h30 de duração total.

O segundo experimento foi realizar um expediente de trabalho no laptop. Ou seja, aqui, o uso ficou concentrado em navegação na internet, ferramentas do pacote Office – Word, Excel e Outlook – e conversação via Telegram. Neste caso, foi possível obter mais de 7 horas e meia de autonomia total.

Imagem: Rafael Barbosa / TudoCelular.com

Carregamento

Para encher a bateria, a ASUS diz oferecer carregamento rápido que permite chegar a 60% em 49 minutos. Há também uma tecnologia exclusiva para proteger de sobrecargas e prolongar a vida útil em até três vezes mais.

Os nossos testes mostraram que é possível chegar a 63% em 45 minutos – ao iniciar a carga com 6%, que é quando o sistema automaticamente hiberna. Já os 100% são alcançados após 2h15, 23 minutos depois de chegar nos 99%.


Imagens: Rafael Barbosa / TudoCelular.com
Considerações finais

O ASUS VivoBook 15 X512JP cumpre a sua proposta de ser um notebook pensado para jovens. Ele consegue equilibrar boas performances para trabalho, estudo, desempenho e portabilidade.

Ao pensar nas necessidades atuais desse público-alvo para a atualidade – na qual o uso de uma máquina para múltiplas funções se tornou uma necessidade –, este laptop cumpre todas as funções muito bem.

Apesar disso, há alguns defeitos que não atrapalham a experiência como um todo, a depender do uso, tais quais a visualização das indicações no teclado e o painel TN no lugar de um IPS LCD.

É bom ressaltar que, mesmo com bom desempenho em jogos básicos e tarefas menos exigentes, esta não é uma máquina de altíssima performance. O foco aqui é para um uso completo sem maiores dificuldades nem perder a capacidade de mobilidade.

Design premiumPortabilidadeDesempenho geral satisfatórioGPU dedicadaErgoLift
Tela TNVolume padrão baixoCor das teclas

Vale a pena?

O novo VivoBook 15 está disponível para venda no site oficial da ASUS por R$ 8.490, com opção de pagar R$ 7.649,10 à vista. Ele também pode ser encontrado em outras varejistas por valores menores que podem chegar na faixa de R$ 6 mil.

Caso prefira uma opção mais em conta, há o Acer Aspire 5, que também oferece Intel Core i7 de 10ª geração e mesmos tamanhos de tela e SSD, mas tem menos memória RAM e GPU de geração passada (MX250), por algo em torno de R$ 4 mil.

Já se o seu foco não for uma GPU dedicada, mas sim ter alguns “luxos” a mais como tela touchscreen e resolução 4K, um caminho é pagar mais caro pelo XPS 13 9300 da Dell.

A nossa avaliação é que o preço ideal para o VivoBook 15 X512JP, nas condições econômicas atuais, seja algo em torno de R$ 5 mil. Mas se você quiser pagar o custo cobrado por ele, por se encaixar no que você necessita no momento, não deverá se decepcionar.

Qual é a sua avaliação sobre o novo ASUS VivoBook 15 X512JP? Participe conosco!


12

Comentários

ASUS VivoBook 15 X512JP acerta ao equilibrar desempenho e portabilidade | Análise / Review
Android

Cyber Monday 2020 TudoCelular: as melhores promoções em celular

Android

Encontre ofertas e compare preços com o TudoCelular | Guia Black Friday 2020

Android

O melhor celular para comprar de presente no Natal 2020

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas