LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Covid-19: Ministério da Saúde monitora subvariantes e reforça vacinação para 2024

07 de dezembro de 2023 3

O Ministério da Saúde está monitorando o cenário relacionado a novas variantes da covid-19 no Brasil. Nesse sentido, a pasta reforçou a importância da vacinação como principal meio de proteção contra a doença e divulgou uma nota abordando o assunto:

Neste momento, é importante que todos os brasileiros atualizem o esquema vacinal com todas as doses recomendadas para cada faixa etária, incluindo o reforço bivalente. Todas as vacinas disponíveis no SUS [Sistema Único de Saúde] atualmente são eficazes contra variantes que circulam no país, prevenindo sintomas graves e mortes.


Caso não saiba, surgiram duas novas subvariantes da doença nos últimos tempos. Uma delas é a JN1, que foi inicialmente detectada no Ceará e atualmente corresponde a 3,2% dos registros em todo o mundo. A outra é a JG 3, que além de ter sido identificada, já está em monitoramento em Rio de Janeiro, Goiás e São Paulo.

As duas subvariantes também já foram identificadas em 47 países e o Ministério da saúde garantiu ter as vacinas mais atualizadas disponíveis, além de afirmar que está alinhado com as medidas recomendadas pela OMS para enfrentar a covid-19:

O Ministério da Saúde segue alinhado com todas as evidências científicas, com as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) mais atualizadas para o enfrentamento da covid-19, incluindo o planejamento para vacinação em 2024, que já está em andamento.


Planos para 2024 e vacinação de crianças

A pasta afirmou anteriormente que tem estoque suficiente para os grupos de vacinação pediátrica e população de alto risco no próximo ano. Do mesmo modo, o ministério terá um esquema vacinal completo para crianças de 6 meses e menores de 5 anos com direito a três doses. Quem fizer parte deste público e recebeu as três doses em 2023, não precisará repetir no próximo ano

Vale ressaltar que quem tiver idade superior a 5 anos e fizer parte dos grupos prioritários, irá receber uma dose de reforço em 2024. Fazem parte desse público:

  • Idosos;
  • Imunocomprometidos;
  • Gestantes e puérperas;
  • Trabalhadores da saúde;
  • Pessoas com comorbidades;
  • Indígenas;
  • Ribeirinhos e quilombolas;
  • Pessoas vivendo em instituições de longa permanência e seus trabalhadores;
  • Pessoas com deficiência permanente;
  • Pessoas privadas de liberdade maiores de 18 anos;
  • Adolescentes e jovens cumprindo medidas socioeducativas;
  • Funcionários do sistema de privação de liberdade.

Quanto ao estado do Ceará, o estado recebeu um reforço de 900 tratamentos antivirais para casos leves de covid-19 para idosos com 65 anos ou mais, bem como imunossuprimidos com 18 anos ou mais. Além disso, mais 820 tratamentos tiveram o envio autorizado. O Ministério da Saúde disse que vem mantendo contato com as autoridades para prestar apoio:

Uma equipe de resposta rápida e da área técnica de vigilância epidemiológica da covid-19 da pasta está de prontidão para seguir para o local, assim que for solicitada. Desde o fim da emergência, decretado pela OMS em maio deste ano, se mantém a recomendação para que os grupos de maior risco de agravamento pela doença continuem a seguir as medidas de prevenção e controle, como o uso de máscaras em locais fechados, mal ventilados ou com aglomerações; além do isolamento de pacientes infectados com o vírus. A recomendação também vale para pessoas com sintomas gripais.

Confira também: o relatório semanal relacionado à covid-19 e a possibilidade de crianças e grupos prioritários receberem vacinação anual contra a doença.


3

Comentários

Covid-19: Ministério da Saúde monitora subvariantes e reforça vacinação para 2024
  • Em pensar que o Butantan dizia que com uma dose o elemento estaria livre da forma mais grave da doença e consequentemente da morte.

    E ai de quem questionasse essa informação.%uD83E%uDD21

      • Isso está matando muitas pessoas, muitas não poderiam receber essa substancia! Causando diversos efeitos colaterais e potencializando doenças que a pessoa poderia demorar muito tempo aparecer!!!... O que estão fazendo com essa droga é um crime contra a humanidade!!! Nos EUA já estão tendo diversas investigações e descobrindo muitas coisas!!!

          • 2024 e ainda tem gente que vai se vacinar com essas belas vacininhas...

              Economia e mercado

              Huawei Kirin 9010L: chipset inédito é encontrado em smartphone intermediário da chinesa

              Android

              Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

              Android

              Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

              Windows

              Versão 122 beta do Microsoft Edge com melhorias e atualização de recursos