LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Jovem de 22 anos morre em Taubaté após jogar com o smartphone na tomada

15 de junho de 2018 41

Poucos dias após o triste caso envolvendo a morte de um jovem no Ceará por causa de uma descarga elétrica em seu smartphone, outro caso similar acaba de acontecer.

Dessa vez, a vítima foi Lucas Jean Marsola, de 22 anos, residente da cidade de Taubaté (SP). De acordo com o Corpo de Bombeiros, Lucas teve paradas cardíacas, chegou a ser levado para o Pronto-Socorro, mas não resistiu.

Ele foi atendido pelo Samu por volta das 16h dessa quinta-feira (14), pouco após sofrer um grande choque elétrico e desmaiar, resultado de jogar com o smartphone conectado à tomada.

Lucas Jean Marsola de 22 anos veio a óbito após descarga elétrica enquanto jogava com o celular na tomada

O Corpo de Bombeiros orienta a todos que evitem o uso de seus smartphones enquanto os aparelhos estão ligados à energia, não só pelo risco de choque elétrico como também de superaquecimento do dispositivo.

O TudoCelular também desaconselha o uso dos portáteis enquanto estão carregando em tomadas elétricas – é até preferível, caso realmente seja necessário a utilização do dispositivo enquanto carregando, utilizar baterias externas para tal, mas ainda assim, tomar cuidado e sempre monitorar a temperatura.

Alguns minutos extras de uso não justificam colocar sua vida em risco; aproveite o que a tecnologia nos oferece sempre com responsabilidade e cautela. Compartilhe esse artigo com seus amigos e família para mostrar o quão perigoso é esse cenário de uso.


41

Comentários

Jovem de 22 anos morre em Taubaté após jogar com o smartphone na tomada
  • Acabei de passar pela matéria da Russa morta por causa de mexer no iphone enquanto tomava banho e vejo que as pessoas estão se tornando inconsequentes por causa de um aparelho celular, obviamente mexer com celular carregando perto da água mesmo que o aparelho seja a prova d'água não é recomendado de forma alguma, mas aí você deixar de mexer nele carregando em qualquer outro lugar da casa que não tenha água nas proximidades já é um absurdo, eu sempre fiz isso de mexer no celular enquanto carrega e nunca tive problema algum, obviamente que não é algo recomendável, eu sei dos riscos que corro mas mesmo assim não consigo ficar sem mexer com ele carregando ainda por cima do lado da cama, (outra não recomendação), a gente que é fissurado por tecnologia é assim mesmo, já tive vários celulares comuns ou smartphones de todas as marcas possiveis e com todos sempre mexia neles carregando salvo duas exceções - um Sony Xperia Z3 Compact e um iPhone 4s, porque ambos eu tinha pegado apenas para consertar e vender, mas aí não consegui nem consertar e nem vender, os dois com problemas de placa mãe.

    Agora o celular que matou o rapaz está com cara de ser o esquentadíssimo LG G3 D855, eu já usei esse celular carregando e sei o quanto ele esquenta, até vi um outro comentário da possibilidade de ser um Samsung J7 mas tem que ser lembrado que vários modelos da LG também tem fones brancos iguais aos da foto.

      • Morreu feliz!!! Respeitem

          • Alguém sabe qual era o aparelho?

              • Isso é algo que infelizmente no Brasil, é proibido a divulgação da marca de qualquer aparelho ou dispositivos que tenham sido os principais responsáveis por Acidentes.. É a lei de proteção de mercado que essas empresas poderosas e multinacionais, impõe para estalar suas fábricas em território brasileiro.. Agora na Europa e EUA, isso não existe.. Porque é obrigação divulgar a marca modelo e até ano de fabricação um determinado aparelho tanto de eletrodomésticos, como dispositivos que tenham se envolvido em qualquer que seja o tipo de acidente.. Aqueles problemas de pegar fogo que houve com aquele dispositivo da Samsung que o mundo inteiro ficou sabendo, se fosse no Brasil não seria divulgados.. É a mais pura severgonhice isso porque só acontece em países subdesenvolvidos..

                • Galaxy j7 que ele usa pelo que vejo e o fone é da samsung

                    • Eu duvido que usuário de Nokia Lumia corra esse risco,culpa iPhone xupa android

                        • Parei de fazer isso quando comprei um mediatek

                            • Deve ser primo do cabeça chata do Ceará.

                              • o que faz matar é que o carregador quando queima libera a corrente total que passa pela tomada

                                  • Se fosse um iPhone isso não teria aconetecido.

                                    • Carregador pirata, em dias de relâmpagos, pés descalço no chão, sei lá.
                                      Em casa tinha um carregador que a capa do fio estava soltando e estava dando um pouco de choque. Carregadores originais que não tenha algum defeito, não deixam passar a rede alta para a baixa. A baixa é produzida por indução. Então, não há como dar choque do tipo.
                                      O celular, se for o moto G, pelo meu ver é todo de plastico a carcaça.
                                      Mas, ao encaixar o cabo para carregar tem parte metálica ou algum local que "descascou" e ficou aparente uma parte metálica. Mesmo assim depende de muitos fatores.
                                      Outra coisa, mesmo ele tendo tomado um choque fraco, pode ser que já tinha um problema cardiaco que ainda não conhecia.

                                        • Bem parecido com de moto G(?)

                                            • Fones dá Motorola. Rs

                                              • Gostaria de entender, não sou eletricista, essas tomadas de smartphone passa tanta corrente elétrica que chega a matar uma pessoa?

                                                  • varia de pessoa pra pessoa pois cada um tem sua resistência elétrica, mas um carregador pirata pode deixar uma tensão maior passar pro celular e um choque de 100mA já causa paralisia nos músculos e como um carregador geralmente manda 1 a 2A aí já viu né, outra coisa que influencia no carregador pirata é a conversão de corrente alternada pra contínua o carregador pirata pode não fazer isso bem e é choque na certa...

                                                      • Sim, é muito possível.
                                                        Eu já tomei choque bem intensos algumas vezes e não tive problema algum.
                                                        Mas, tomar choque intensos não quer dizer que circulou pleo meu corpo uma corrente alta. Depende de cada um. Tem quem consiga resistir segurar em um fio com alta corrente sem sofrer nada devido a peculiaridade que seu organismo apresenta.

                                                        A rede elétrica, no caso mais usual no lares, é de 127 volts e corrente elétrica muito alta. Se o disjuntor for de 60 Amperes, essas será a carga máxima a passar, pois um consumo maior que esse pode desarmar o disjuntor.

                                                        Enfim, o corpo humano suporta sem risco algum 30 miliamperes que é algo muito, muito pequeno. Acontece que quando se toma um choque do tipo que aconteceu não se sabe quanto de corrente passou no corpo. Se passar 50 miliamperes pode causar muito desconforto entre outras coisas, se passar 80 miliamperes pode ocorrer desmaios e até matar e deixar sequelas caso viva. Se passar 1 amperes (1000 miliamperes) pode até ferver o sangue (tipo dizer que é bem grave) e matar.

                                                        Enfim, cada caso é um caso. E com certeza o cara deveria estar descalço, ou até já ter algum problema no coração que pode agravar mais ainda mesmo com uma corrente mais baixa que 1 ampere.

                                                          • bom, tendo em vista que uma tomada comporta até 20A no estado 127/240v, quando eu tomei um choque numa serralheria que eu trabalhava 100 anos atrás, com as duas mãos no máquinario ligado direto no relógio 240v, era pra ter feito meus olhos voar segundo tua dedução sobre corpo humano suportar ou não amperagem x. Sabe porque eu não morri e hj estou aqui amigo? não sou super homem não, simplesmente eu estava de botas de borracha, o que me isolou de ter contato com o chão... eu não virei terra por isso! Com certeza essas pessoas que são eletrocutados (bem diferente de um mero choque), com certeza viraram terra de alguma forma nesse escape de corrente elétrica.. ou estavam descalço e com os pés no chão, ou estavam encostado na parede e tal. Agora isso é fato, se os tais tinham alguma disfunção cardíaca, um simples choque é o suficiente para fazer o coração entrar em taquicardia e eventualmente paradas cardíacas contínuas.

                                                        • Uma das semelhanças nesses casos é que nos dois os aparelhos são Motorola. Eu tive um moto x1 e posso dizer que o bendito parecia que ia torrar minhas mãos de tão quente que ele ficava, e isso fora da tomada, dava até medo. Que bom que me livrei daquela porcaria.

                                                          • O fone de ouvidos denuncia de qual marca é o celular.

                                                            • Jogo direto assim.

                                                                • Vishee eu faço isso!

                                                                    Tech

                                                                    Coronavírus: Brasil chega a 58.314 mortes em 1.368.195 casos confirmados | Relatório diário

                                                                    Apple

                                                                    Agora tem widgets? iOS 14 e todas as suas novidades | Hands-on em vídeo

                                                                    Android

                                                                    Melhor celular ou smartphone: TOP 10 para você comprar | Junho 2020

                                                                    Tech

                                                                    De Peste Antonina à Covid-19: pandemias que abalaram o mundo | Detetive TudoCelular