LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Fim do Evernote? Veja como migrar as suas anotações para outras aplicações no Windows e no MacOS

06 de setembro de 2018 34

Fundado em 2004 como um software para Windows, o Evernote começou a ganhar destaque frente ao grande público quando ficou disponível para smartphones, sendo um dos poucos, na época, que permitia que usuários pudessem escrever, organizar e acessar suas notas em todos os dispositivos de forma sincronizada.


Hoje, mais de 10 anos após a sua fundação, a empresa passa por algumas dificuldades e além da saída de funcionários que ocupavam cadeiras como as de CFO (Diretor Financeiro), CTO (Diretor de Tecnologia), CPO (Diretor de Produtos) e HR (Recursos Humanos), analistas citam que O Evernote está em um espiral da morte graças ao seu baixo crescimento de usuários pagos/ativos ao longo dos últimos seis anos, o que pode dificultar ainda mais o aliciamento de investimentos.

Com o risco iminente da empresa fechar as portas e o app deixar de existir, deixando consequentemente seus usuários a ver navios, o aconselhável é fazer um backup das suas notas e até mesmo procurar um outro app para fazer a migração dessas. Veja logo abaixo como proceder.

Backup

Independentemente de você estar em um computador com Windows ou MacOS, o procedimento para efetuar o backup é praticamente o mesmo. Para fazê-lo, é necessário o download do app para desktop, uma vez que a plataforma web, assim como os apps mobile, não permitem exportar notas massivamente.

Você pode encontrar o aplicativo do Evernote na Mac App Store, no caso do MacOS, e na Microsoft Store, no caso do Windows.

Apesar de haver um caminho para exportar todas as suas notas em “Arquivo > Exportar”, o que resultará em um arquivo de extensão .enex com todas as suas anotações. A depender da quantidade de registros existentes, esse pode ser um processo muito demorado – e não só pela exportação de fato.

Isso, pois o arquivo resultante não inclui toda a organização das suas notas, o que implica, em uma eventual importação para outro programa, que seus registros não estarão mais divididos em cadernos, aumentando exponencialmente o tempo necessário para que você possa se organizar.

Exportação de um caderno - Imagem: Reprodução

Dessa maneira, o aconselhável é que o backup seja feito por caderno. Para isso, vá até a seção “Cadernos”, clique com o botão direito do mouse em um caderno e escolha a opção “Exportar notas”. Com a janela aberta, acerte as suas configurações de exportação através do botão “Opções”, selecione “Exportar como um arquivo no formato ENEX (.enex)” e clique na opção “Exportar”. Pronto, você exportou todas as notas de um caderno.

Com todos os seus cadernos exportados, é chegada a hora de fazer a importação para outro app do mesmo tipo. Veja nas seções abaixo como importar o arquivo .enex em alguns programas de MacOs e Windows.

Para usuários de MacOS

Para os usuários do sistema operacional da Apple, foram selecionados três programas diferentes para fazer a demonstração do processo de importação. Caso você escolha um programa diferente dos listados abaixo, provavelmente o procedimento, se suportado, será semelhante ao mostrado aqui.

Apple Notes

Imagem: Reprodução / Apple Insider

Para fazer a importação pelo pelo app de notas desenvolvido pela própria Maçã é muito fácil. Basta selecionar no menu superior a opção “Arquivo > Importar para o Notas” e escolher o arquivo .enex do caderno desejado. As notas importadas irão para uma seção chamada “Notas Importadas”.

Agora, para manter a sua organização em dia, é preciso que você selecione e arraste as notas importadas para a categoria de sua escolha. Uma vez que as notas estão alocadas na nova categoria, você pode excluir a pasta “Notas Importadas” criada automaticamente.

Faça isso para todos os cadernos exportados do Evernote e lembre-se sempre de checar se as notas estão sendo importadas da forma correta.

Bear

Imagem: Reprodução / Apple Insider

Apesar de nesse programa o caminho para importação ser praticamente o mesmo (“Arquivo > Importar para o Notas”), o usuário se verá a frente de uma grande caixa de opções de importação. As duas mais importantes opções referem-se a manter a data original de criação das notas importadas, evitando que o Bear mude a data de todas elas para a atual, e a de evitar tags involuntárias.

Como o app não faz a divisão das notas por cadernos e sim por tags marcadas por um símbolo de sustenido – a famosa hashtag (#), se você não evitar as tags involuntárias pode acabar com notas de um mesmo caderno classificadas em diferentes seções. Por isso, na importação dos cadernos, aconselha-se evitar as tags e então fazer a separação por categorias manualmente.

DEVONthink

Imagem: Reprodução / Apple Insider

Enquanto que nas outras aplicações era necessário obrigatoriamente ter o arquivo .enex exportado do Evernote, no DEVONthink as coisas são um pouco mais fáceis. Basta selecionar no menu superior a opção “Arquivo > Importar > Importar do Evernote” que o programa abrirá uma janela com todos seus cadernos.

Com a janela aberta, é preciso apenas selecionar os cadernos que deseja fazer a importação – ou ainda selecionar todos esses pressionando Command-A, pressionar OK e aguardar até que o programa conclua a importação e arranje todas as suas notas em pastas de forma semelhante a estrutura vista no Evernote.

Para usuários de Windows

Para o Windows, entre as três aplicações que listamos como as mais populares como possíveis substitutas ao Evernote, apenas o OneNote, desenvolvido pela própria Microsoft, permite que a importação das anotações seja feita de forma nativa.

Tanto o Google Keep quanto o Simplenote não permitem oficialmente que essa migração aconteça, por isso, se você escolher por um desses dois, talvez seja necessário começar as suas anotações do zero.

OneNote

Imagem: Reprodução

Para fazer a importação dos seus cadernos do Evernote para o app da Microsoft, o processo é relativamente simples. Primeiramente, é necessário fazer o download do OneNote Importer, uma ferramenta de importação desenvolvida pela própria empresa. Clique aqui para acessar a sua página de download.

Apesar da ferramenta está disponível apenas em inglês, o caminho para fazer o processo é bastante intuitivo. Com a aplicação aberta, aceite os termos de uso marcando a caixa “I accept the terms of this agreement” e pressione o botão “Get started”.

Imagem: Reprodução

Agora, através do botão “Choose File”, selecione o arquivo .enex de um determinado caderno e pressione o botão “Next”.

Imagem: Reprodução

Com isso, a aplicação pede que você faça o login utilizando uma conta Microsoft. Para efetuar o login, basta ir até a opção “Sign in with a Microsoft Account”. Caso ainda não possua uma conta veiculada a empresa, basta acessar a opção “Sign up now” marcada em azul e realizar o cadastro.

Imagem: Reprodução

Com o login/cadastro efetuado, basta escolher se deseja usar as suas tags do Evernote para organizar o conteúdo no OneNote através da caixa de seleção “Use Evernote tags to organize content in OneNote”, clicar no botão “import” e aguardar até que as notas daquele caderno estejam disponíveis no OneNote.

Imagem: Reprodução

Faça isso para todos os cadernos exportados do Evernote e lembre-se sempre de checar se as notas estão sendo importadas da forma correta. Ao final da importação, o caderno deverá aparecer assim como na captura de tela abaixo.

Imagem: Reprodução

E você, pretende ficar com o Evernote ou vai arrumar suas coisas e partir para uma migração? Deixe o seu comentário abaixo.


34

Comentários

Fim do Evernote? Veja como migrar as suas anotações para outras aplicações no Windows e no MacOS
Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Android

Cyber Monday 2020 TudoCelular: as melhores promoções em celular

Android

Encontre ofertas e compare preços com o TudoCelular | Guia Black Friday 2020