LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Nova política do Flickr: saiba como preservar suas fotos excedentes

14 de janeiro de 2019 4

O Flickr é uma plataforma de referência para quem trabalha com fotografia ou mesmo para usuários amadores que querem uma boa nuvem para salvar seus arquivos. Nas mãos do Yahoo por longos 13 anos, porém, a empresa foi vendida para a SmugMug em 2018, que anunciou mudanças que foram recebidas com críticas.

Elas, porém, eram esperadas: a companhia já possuía um serviço principal pago com o mesmo apelo, e decidiu adotar um modelo similar com o serviço recém-comprado. A partir de 5 de fevereiro, quem desejar manter mais de mil fotos online na plataforma precisará assinar um plano premium. Caso contrário terá seus arquivos deletados.

A boa notícia é que é possível fazer um backup expresso de todas as suas publicações por lá. Para isso basta seguir os passos a seguir:

  1. Logado, clique na sua imagem de perfil e acesse o link "configurações".
  2. Em seguida vá até a opção "solicitar meus dados do Flickr".
  3. Um link será enviado por e-mail, e um submenu mostrará a opção "baixar o arquivo zip".


O backup fica disponível para download por até três semanas a partir da data do pedido. Após, é necessário solicitar o histórico novamente, mas cuidado: após o próximo dia 5 não será mais possível fazer a cópia desse material caso sua conta exceda o novo limite. Todas as imagens serão perdidas após esse prazo.

De posse do seu material será possível transferi-lo para outros serviços mais em conta ou mesmo gratuitos. O Google Fotos, por exemplo, apesar de uma pequena compressão de arquivos, não possui limites. Apesar de claramente não ser uma plataforma social para imagens completa como é o Flickr.

Vale lembrar, recentemente o Fotos passou a contar com o backup expresso em algumas regiões, onde arquivos podem ser comprimidos para uma resolução de até 3 MP para uma sincronização com a nuvem da Google rápida e através dos dados móveis sem consumir muita franquia.

E você, usa o Flickr? Se sim, vai manter sua conta na plataforma a partir de fevereiro? Conte para a gente nos comentários!


4

Comentários

Nova política do Flickr: saiba como preservar suas fotos excedentes
  • Vale lembrar que o Flickr vai apagando as fotos mais antigas do excendente, exemplo, você tem 1050 fotos, aí o sistema vai apagar as 50 mais antigas

      • Com tantos lugares para armazenagem gratuita, só estúpidos para deixar em um lugar pago

          • Seria ótimo ler o texto, sabia?
            Na verdade o Flickr nunca foi pago... Nas mãos do Yahoo por longos 13 anos sempre foi gratuito, porém, a empresa foi vendida para a
            SmugMug em 2018, que anunciou mudanças que será um serviço gratuito para pago, ao armazenamento acima de 1 Tb.

              • Na verdade no período do yahoo teve também opção paga, eu paguei por 2 anos inclusive, a opção paga tirava certas limitações na época (se não me engano uma das limitações era tempo de upload, algo interessante principalmente para vídeos grandes).

              Android

              Melhores smartphones: TOP 10 do TudoCelular para você | Março 2019

              Especiais

              Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas

              Android

              TOP 10 smartphones de elite com melhor desempenho | Guia do TudoCelular

              Android

              TOP 10 smartphones de elite com melhor autonomia | Guia do TudoCelular