LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Procure o selo! Intel vai certificar notebooks projetados para melhor experiência móvel possível

08 de agosto de 2019 0

A Intel está lançando um novo selo para notebooks que promete facilitar a vida de quem busca um dispositivo de alto desempenho e totalmente voltado para a produtividade em um aparelho extremamente portátil.

O Projetado para Performance Móvel, em tradução livre, é uma etiqueta que as fabricantes poderão usar nos seus notebooks caso eles atendam uma série de rigorosas especificações que a companhia determina. Assim como vemos adesivos dos processadores em alguns modelos e isso certamente chama a atenção do público em geral, essa nova ferramenta de marketing deverá fazer os olhos de quem busca um produto premium brilharem.

Todo notebook que fizer jus ao selo deverá oferecer recursos de ação instantânea, o que a empresa define como a capacidade de implementação do Modern Connected Stand-by. Basicamente o dispositivo deverá ser capaz de entrar em modo de sono lúcido, despertando assim que a tampa for aberta, um botão for pressionado, ou uma digital for reconhecida.


Em termos de performance e tempo de resposta, os sistemas deverão oferecer um processador Core i5 ou Core i7 com Intel Dynamic Tuning, além de 8 GB de RAM no mínimo, em dual channel. Também será exigido um SSD de 265 GB NVMe com tecnologia Intel Optane H10.

Também é obrigatório para uso do selo a adoção do reconhecimento de voz para campos distantes, e suporte aos protocolos OpenVINO e WinML. A empresa garante maior facilidade de suporte dessas tecnologias com a décima geração de processadores Core i, que melhorará seu desempenho para inteligência artificial em 2.5x.

Para a bateria é necessário compatibilidade com recarga rápida através de uma porta USB-C, montagem de componentes internos com itens de baixo consumo energético; conectividade exigida é pelo menos uma conexão Thunderbolt 3, além de suporte ao Wi-Fi 6.

Finalizando, os produtos terão que ter uma tela touchscreen com capacidade de funcionamento híbrido. Ou seja, se fechando ao contrário para uso como um tablet. Há ainda critérios de design exigindo uma construção focada na finura do dispositivo, e a menor quantidade possível de bordas.

Como é de se imaginar, isso tudo fará com que sejam poucos os notebooks no mercado que farão jus ao selo. Porém, ao encontrar um desses premiados, o consumidor poderá ter a certeza de contar com um dispositivo com um alto rigor de construção, duração e desempenho.

O preço desses notebooks deverá ser bastante chocante também. Mas bem, a alta qualidade cobra o seu preço, não é mesmo? Ao menos a companhia não exigiu o uso de placas de vídeo dedicadas (até porque ela não atua nesse mercado, e as fabricantes deverão embutir soluções da Nvidia e AMD para excelência de GPU em seus dispositivos premium).

E você, o que achou da nova certificação da Intel? Conte para a gente nos comentários!


0

Comentários

Procure o selo! Intel vai certificar notebooks projetados para melhor experiência móvel possível
Economia e mercado

Huawei Kirin 9010L: chipset inédito é encontrado em smartphone intermediário da chinesa

Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Windows

Versão 122 beta do Microsoft Edge com melhorias e atualização de recursos