LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Apple acusa Epic Games de criar ataques coordenados contra plataformas visando lucro

16 de setembro de 2020 5

A briga entre Apple e Epic Games segue a todo vapor, principalmente pelo fato do processo da desenvolvedora contra a gigante de Cupertino estar chegando na segunda fase, onde a Apple está focada em realizar sua defesa e justificar algumas ações de acordo com o ponto de vista dela.

Recentemente, durante um depoimento, a empresa disse ao tribunal que a Epic realizou um ataque coordenado para coagir plataformas e realizar ações que multipliquem o próprio lucro. Esta acusação foi feita por Mike Schmid, chefe de desenvolvimento de negócios de jogos da Apple para a App Store e ratificada por Florian Mueller da Foss Patents, desenvolvedor de aplicativos e jogos.

A Apple anexou várias declarações (incluindo duas que são basicamente relatórios de especialistas econômicos) ao documento de oposição. Antes de discutir o resumo da Apple como um todo, e as outras declarações, gostaria de destacar o que não é nada menos que uma acusação bombástica de intimidação que acabei de encontrar em uma declaração juramentada de Mike Schmid, chefe de desenvolvimento de negócios de jogos da Apple para a Loja de aplicativos

Mike ainda afirma que o jogo Fortnite só ganhou a popularidade que possui porque a Epic ficou impulsionando ao máximo para garantir que ia ter autoridade suficiente para pressionar as plataformas a mudarem as regras das taxas de hospedagem, seja mobile ou até mesmo em consoles, para evitar perdas no lucro altíssimo.

Isso foi explicitamente contra as regras do PlayStation e a Epic empurrou o PlayStation para uma situação difícil com sua própria base de usuários, onde foi forçada a fazer uma mudança significativa nos termos da Epic, não nos seus próprios.

Além de tentar tirar vantagens dos serviços de conteúdo gamer, a Epic Gamers também é acusada de realizar a campanha #FreeFortnite de maneira a forçar a Apple para que as regras da App Store sejam mudadas, e não visando dar a melhor resolução do problema par aos jogadores.

Outro ponto observado por Mike diz respeito a quantidade de tentativas que a Epic fez para tentar manipular a Apple, 18 no total, que não deu o braço a torcer e até hoje tenta encontrar um denominador comum para voltar a ter o game Fortnite na plataforma.

E aí, caro leitor, você acredita que a Apple razão? Diga a sua opinião nos comentários!


5

Comentários

Apple acusa Epic Games de criar ataques coordenados contra plataformas visando lucro
Tech

Coronavírus: Brasil chega a 138.977 mortes em 4.624.885 casos confirmados | Relatório diário

Android

Melhor celular ou smartphone: TOP 10 para você comprar | Setembro 2020

LG

Moto G8 Plus vs LG K51S: mais câmeras fazem fotos melhores? | Comparativo

Android

Novo Tracker 2021: app e WiFi a bordo fazem diferença? | Análise / Review