LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

AMD Ryzen 5 5600X é fotografado de perto com detalhes de seus componentes internos

09 de novembro de 2020 2

A AMD lançou nesta semana sua muito aguardada linha de processadores Ryzen 5000. Baseados na nova arquitetura Zen 3, os chips foram apresentados no início de outubro e desde então foram acumulando recordes de desempenho em inúmeros benchmarks vazados. Seus primeiros reviews comprovaram a eficácia das CPUs, que superaram com folga toda a família Intel Comet Lake-S de 10ª geração

O mais querido entre os lançamentos, que chama atenção por seu elevado custo-benefício, é o Ryzen 5 5600X. Com 6 núcleos e 12 threads rodando entre 3,7GHz e 4,6GHz, o processador intermediário oferece desempenho em games que deixa o Intel Core i9 10900K para trás, enquanto mantém um bom desempenho em aplicações profissionais.

Fritzchens Fritz precisou desmontar o 5600X, que acabou não sobrevivendo pois sua interface térmica é soldada ao chip.

Presente em mãos de alguns sites especializados, o Ryzen 5 5600X acabou de ser alvo de um teardown do usuário do Twitter Fritzchens Fritz, conhecido por desmontar e fotografar com infravermelho componentes de hardware em geral para mostrá-los em detalhes. O chip infelizmente não sobreviveu, devido à sua interface térmica estar soldada ao chip, mas pudemos entender melhor as mudanças feitas pela AMD com a arquitetura Zen 3.

Um processador Ryzen é composto pelo Core Complex Die (CCD), ou o chip em si de maneira bastante simplificada, que por sua vez conta com o Core Complex (CCX), ou o conjunto de núcleos. A linha Ryzen 3000 continha dois CCXs, com 4 núcleos e 16MB de cache cada. Essa separação causava atrasos na comunicação entre os dois CCXs, o que acabava se traduzindo em perda de performance.

A AMD conseguiu aprimorar o desempenho com a arquitetura Zen 3 ao juntar 8 núcleos em um único complexo.

Com a arquitetura Zen 3, a AMD aumentou a contagem de núcleos de cada CCX para 8 e unificou o cache, permitindo assim que cada núcleo tivesse acesso total e rápido ao cache de 32MB. Essa e outras mudanças são as responsáveis pelo grande salto de performance que vimos nos testes.

As fotos de Fritz nos mostram a maneira como o CCX se organiza. Para facilitar o entendimento sobre onde cada componente está, o usuário do Twitter Locuza sobrepôs a imagem do CCX com os nomes de cada uma das partes que compõem o processador. Por meio disso, foi possível perceber todas as mudanças feitas pela AMD, como o reposicionamento de diferentes componentes e um aumento no tamanho do núcleo em relação aos processadores da geração passada.

Locuza detalhou o posicionamento de cada componente interno do Ryzen 5 5600X, notando assim as mudanças feitas pela AMD, como a presença de núcleos maiores em relação à linha Ryzen 3000.

O Ryzen 5 5600X chegou ao mercado no dia 5 de novembro custando US$299. O processador já está em pré-venda no Brasil por R$2.379, mas ainda não possui data para estrear por aqui.


2

Comentários

AMD Ryzen 5 5600X é fotografado de perto com detalhes de seus componentes internos
Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Asus

ASUS lança novo celular gamer ROG Phone 5s e 5s Pro no Brasil; confira os preços

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas