LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Primeiro embrião artificial feito apenas com células-tronco é criado em laboratório

08 de março de 2017 4

Cientistas criaram pela primeira vez um embrião feito inteiramente a partir de células-tronco, isto é, sem uso de óvulo ou espermatozoide. Para formar o embrião de rato, eles usaram dois tipos de células-tronco: embrionárias e do trofoblasto (a camada externa do blastocisto).

Detalhada este mês na revista Science, a pesquisa é um passo importante para a criação de embriões sintéticos que se assemelham aos naturais. A solução poderia ajudar os estudos sobre o desenvolvimento inicial e na melhoraria dos procedimentos de tratamento da fertilidade.

Diferente do clone da ovelha Dolly, que foi criada sem o esperma de carneiro, mas que ainda precisou de um óvulo, o embrião de camundongo precisou apenas das células-tronco.

Magdalena Zernicka-Goetz, bióloga da Universidade de Cambridge, falou sobre o trabalho em um vídeo. Há muito tempo ela busca o desenvolvimento de embriões artificiais, mas as tentativas anteriores falharam porque os cientistas tentaram usar somente células embrionárias. Parece que agora alguns resultados mostraram o caminho, que envolve as células do trofoblasto.

Células do trofoblasto dão origem à placenta e as embrionárias, óbvio, dão origem ao embrião. Elas foram misturadas e colocadas numa cultura de um gel semissólido que permitiu a estrutura crescer em três dimensões. Conforme as células foram se multiplicando, foram agrupadas em duas seções. Então, as células começaram a se diferenciar e uma porção das células embrionárias formou a mesoderme, folheto embrionário que dá origem aos ossos, músculos e coração.

Embrião artificial após 48h (direita) e 96h (esquerda). Em vermelho, o tecido embrionário e, em azul, o tecido trofoblástico (extra-embrionário). Fonte: Sarah Harrison e Gaelle Recher, Universidade de Cambridge.

Ainda falta muito para que essa experiência possa criar um camundongo a partir do embrião, de modo que esse não é o objetivo, a princípio. Mesmo que outros tipos de células necessárias para a formação do "bebê" camundongo sejam usados, pode ainda levar algum tempo para levar ao desenvolvimento completo.

Mas além de aprofundar os conhecimentos sobre os estágios iniciais do desenvolvimento de mamíferos, a pesquisa descobriu como esses dois tipos de células trabalham juntas para criar os embriões. Talvez esses resultados possam abrir caminhos para trabalhos com células humanas. Assim, embriões humanos - que não são nada fáceis de conseguir em um laboratório - artificiais poderão ajudar em futuras pesquisas sobre fertilidade.


4

Comentários

Primeiro embrião artificial feito apenas com células-tronco é criado em laboratório
Economia e mercado

Coronavírus: como diferenciar doenças como resfriados, rinite e mais da COVID-19

Android

Top 10! Melhor aplicativo ou canal de saúde para se exercitar em casa | Guia do TudoCelular

Android

Coronavírus: saiba como se comunicar com familiares e amigos durante a quarentena

Curiosidade

Saiba higienizar o celular para reduzir chances de contaminação por coronavírus