LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Android P: um pouquinho do iPhone X e muita inteligência artificial do Google

11 de maio de 2018 70

Google comemora o décimo aniversário do Android este ano e aproveitou o I/O, evento voltado a desenvolvedores, para anunciar um novo visual e recursos inéditos para seu sistema móvel, além de uma impressionante melhoria no Assistente virtual.

Ainda sem um nome, sendo chamado apenas de Android P (alguém mais aposta em Pineapple?), o segundo beta (DP2) foi liberado para que os desenvolvedores possam iniciar os testes com seus aplicativos no novo Android 9, que deve ser oficializado no terceiro trimestre de 2018.

O destaque da nova versão beta é, sem dúvidas, o novo sistema de navegação por gestos, que mata o antigo botão Home e se assemelha bastante ao que vemos no iPhone X da Apple, por exemplo. Nós utilizamos o Pixel 2 XL para testar o novo sistema do Google e trazer nossas primeiras impressões.

Gestos

Apesar de o Android puro agora nesta nova versão beta contar com gestos, o recurso não vem habilitado por padrão, você precisa ir até configurações, sistema, gestos, e ativar a opção Swipe up on Home button. E aí a mágica começa em uma nova era para a navegação no sistema móvel da Google.

O botão home dá lugar a um ponto de onde partem os gestos. Você só precisa deslizar a tela para cima para conferir todos os aplicativos já abertos e deslizar entre eles e até mesmo fazer a seleção de um texto em uma das janelas. É possível fechar uma das janelas apenas empurrando para cima ou clicar no ícone do app para dividir a tela em duas partes com dois aplicativos.

O botão voltar continua igual e com a mesma função, mas se você está se perguntando sobre o duplo toque para alternar entre aplicativos, pode ficar tranquilo, você agora só precisa deslizar e soltar o novo botão "home" para a direita. E para abrir a gaveta de apps você só precisa deslizar para cima uma segunda vez.

App Actions e Slices

Além de prever com até 60% de precisão os apps que usaremos, agora o Google dá um novo passo, com o Android P prevendo também ações, como realizar uma chamada, ouvir uma música de um artista ou iniciar uma atividade física.

E essas sugestões de ações para aplicativo também serão exibidas entre os resultados da pesquisa do Google. Por exemplo, se pesquisarmos um filme, o mecanismo de pesquisa poderá sugerir a compra de ingressos ou a exibição do trailer por meio dos aplicativos instalados no sistema.

Faz companhia ao Actions, o recurso batizado de Slices, uma nova API que permite aos desenvolvedores mostrarem snippets interativos da interface do usuário do aplicativo. No Android P, isso funcionará inicialmente na pesquisa.

Bateria e brilho adaptáveis

O Google vem trabalhando mais arduamente para melhorar a autonomia do Android desde o Marshmallow, com a apresetação do Doze, um sistema que aprende com os hábitos do usuário para evitar desperdício de energia com apps pouco usados. Agora essa tecnologia foi aprimorada e rebatizada de Bateria adaptável.

A promessa é de até 30% maior autonomia, principalmente com o uso de outro recurso inteligente, o brilho adaptável, que também aprende como o usuário gosta de usar o brilho da tela em determinados horários do dia e vai memorizando essas preferências após ser ativado nas configurações.

Outra novidade interessante é a nova forma para silenciar o smartphone, bastando pressionar o botão de energia + volume para cima ou simplesmente deixando o dispositivo com a tela virada para baixo (algo já visto na linha Galaxy da Samsung, por exemplo).

Google Assistente

Pois bem, qual o nível de IA que está alcançando o assistente do Android? O que você diria se o seu smartphone fosse capaz de realizar uma chamada, conversar naturalmente com a atendente e marcar um horário no salão de beleza, por exemplo? Pois foi exatamente o que o Google demonstrou, uma inteligencia artificial que se passa tranquilamente por um humano.

A linguagem simples e entonação natural criaram uma interação que daria medo em quem já assistiu Exterminador do Futuro. Será que a dominação dos robôs começa agora? Não dá para saber, porque a função ainda não foi lançada e nem tem data para chegar aos nossos aparelhos. Mas já se fala em uma forma de identificar esse tipo de chamada para que as pessoas fiquem cientes de que estão falando com uma máquina.

Project Treble

O Project Treble do Google é uma aposta da empresa para acabar, ou pelo menos reduzir, a gigantesca fragmentação do seu sistema móvel. De forma resumida, a tecnologia é capaz de separar o software em customizações de baixo nível efetuadas pelas fabricantes e os drivers essenciais para que ele funcione corretamente, agilizando e facilitando a atualização de aparelhos para as novas versões do Android.

E semelhante ao que aconteceu na apresetação do Oreo, para o Android P o Google também lançou um programa beta que desta vez alcança dispositivos além da linha Pixel. Usuários dos smartphones Sony Xperia XZ2, Xiaomi Mi Mix 2s, Nokia 7 Plus, Oppo R15 Pro, Vivo X21, Essential Phone e até o mesmo o OnePlus 6 (que ainda será lançado), poderão testar o novo sistema de maneira antecipada.

Conclusão

No final das contas o que vemos no Android P é uma cópia de recursos presentes no iOS e até na Samsung Experience, mas isso está longe de ser um ponto negativo. Após a morte do botão home físico nos principais smartphones Android do mercado, a evolução natural é também matar o botão digital e o já defasado estilo de navegação por toques, dando lugar para algo mais simples… não se preocupe, você também vai se acostumar após algum tempo.

E se por um lado a Apple pode se gabar por ver sua ideia implantada no iPhone X sendo copiada pela Gigante de Mountain View, a Siri pode ser considerada quase uma tecnologia da era das cavernas, diante do ainda mais inteligente Google Assistente. Mas cá entre nós, que todas as grandes marcas copiem o que há de melhor nas rivais, para tornar nossa vida muito mais fácil, independente do smartphone ou plataforma escolhida, você não concorda?

Você tem algum palpite para o nome final do Android P? Sentiu falta de algum recurso que já poderia estar presente na versão beta do novo sistema do Google? Compartilhe conosco no espaço para comentários.


70

Comentários

Android P: um pouquinho do iPhone X e muita inteligência artificial do Google
Android

Melhores smartphones para presentear sua mãe | Guia especial do TudoCelular

Android

Ranking TudoCelular: gráficos com todos os testes de desempenho e autonomia

Android

10 melhores smartphones top de linha para fotos e vídeos | Guia do TudoCelular

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor autonomia | Guia do TudoCelular