LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Celular básico com WhatsApp e YouTube, dobrável da TCL e mais na Eletrolar Show 2019

30 de julho de 2019 29

Xiaomi, Positivo, Multilaser, Semp TCL e outras marcas brasileiras aproveitaram a Eletrolar Show 2019, maior feira de eletrônicos do Brasil, para mostrar algumas novidades em seus catálogos de smartphones, com direito a um modelo flexível.

O TudoCelular foi conferir e traz um rápido hands-on com esses modelos, voltados para o público que não quer desembolsar somas exageradas em seus amigos de bolso.

Xiaomi

Começamos pela Xiaomi, que já marcou presença no evento em seu primeiro ano de volta ao país. A empresa ainda aguarda homologação na Anatel para aumentar o número de modelos oficiais por aqui.

Quem for à Eletrolar, vai poder conhecer o Redmi 7A, modelo mais modesto que o já disponível e analisado Redmi 7, além do Mi 9T, que também já testamos por aqui, e o novíssimo Mi A3, que faz parte do programa Android One e traz algumas mudanças para tentar corrigir erros do antecessor.

O Mi A3, que está a caminho da nossa bancada, sacrificou um pouco da espessura muito fina para oferecer bateria com carga maior, passando um pouco dos 4.000mAh. A tela está com resolução menor, também, mas pelo que vimos na feira, mal dá para notar. Além disso, o aparelho tem um acabamento cheio de efeitos na parte traseira.

Como a Xiaomi aguarda a homologação da Anatel, não tem previsão para a chegada desses dispositivos ainda. Mas deve ser ainda neste terceiro trimestre de 2019. A Mi Band 4, por exemplo, está prevista para o final de agosto.

Positivo

A Positivo este ano trouxe uma mudança importante na estratégia da companhia para o setor de telefonia móvel. Começando em 2019, o catálogo de smartphones recebeu uma repaginada, com uma mudança nos nomes dos modelos, agora todos chamados Twist 2 - no ano que vem, a ideia é mudar para Twist 3, e assim vai a partir de agora.

A linha toda já está nas lojas desde o primeiro semestre do ano, com o Twist 2 Fit, Twist 2 Go e Twist 2 Pro. Todos com Android Oreo Go, e o último ainda tem 32 GB de espaço interno - algo incomum em celulares com essa versão do sistema operacional do Google.

Mas talvez o mais interessante seja o Positivo P70S, evolução do P70 sobre o qual já falamos no ano passado. É quase um feature phone com WhatsApp, e agora inclui também YouTube e Assistente do Google, que funciona com comandos de voz.

O "smart feature phone", como chama a empresa, roda o sistema operacional KaiOS, desenvolvido para celulares com teclado físico. A tela não é sensível ao toque. O P70S chega às lojas com preço sugerido de R$ 279.

Multilaser

A Multilaser também apresentou algumas novidades em seu portfólio na Eletrolar 2019. E, assim como a Positivo, a companhia repaginou sua linha de smartphones, simplificando os nomes dos aparelhos. Agora a marca tem as linhas Multilaser E, F e G - e em breve vai ampliar com mais uma letra do alfabeto.

Todos são sucessores de modelos que estavam nas lojas até recentemente. O Multilaser E Lite é o mais básico, com só 512 MB de RAM, processador quad-core, tela de quatro polegadas e Android Oreo Go. A bateria tem só 1.500mAh. A versão normal, apenas Multilaser E, tem tela maior, com 5 polegadas, e 2.200mAh de bateria.

O Multilaser F só aumenta um pouco a tela para 5,5 polegadas, mantém a resolução FWVGA e dobra a quantidade de memória RAM, além da bateria de 2.500mAh. O resto é igual.

Já o Multilaser G tem três modelos. O mais básico tem tela de 5,5 polegadas HD, bateria de 2.700mAh e já traz processador com oito núcleos, mas também tem o Android Go, na versão Pie, com apenas 1 GB de memória RAM, assim como o F.

O G Max dobra o armazenamento para 32 GB, a tela aumenta para 6 polegadas, a bateria também cresce para 3.000mAh. E Android Go, também na versão Pie.

Por fim, o destaque. O G Pro, único por enquanto que tem o Android Pie completo, por assim dizer. São 2 GB de RAM, bateria de 4.000mAh, câmera traseira dupla e tela com o notch em gota, abrigando a câmera frontal e deixando o aparelho mais compacto, apesar da tela de 6,1 polegadas.

Todos os modelos chegam às lojas em breve, com preço sugerido entre R$ 339, pelo E Lite, até R$ 799, para o Multilaser G Pro.


E, assim como a Positivo, a Multilaser também trouxe um "smart feature phone", o Zapp. Além de WhatsApp e Google Assistente, o modelo da companhia tem o Facebook instalado. Também roda o KaiOS como sistema operacional - sucessor do Firefox OS.

O Zapp tem tela de 2,4" QVGA (320x240), processador de quatro núcleos, 256 MB de memória RAM e 512 MB de armazenamento, além de câmera traseira de 0,3MP. A bateria tem 1.200mAh de capacidade.

TCL

A TCL, que substituiu a marca Alcatel no Brasil para dispositivos quase intermediários, também apresentou dois novos modelos na feira.

O L10 já está nas lojas com tela de 5,5 polegadas HD, câmera traseira dupla, processador de oito núcleos e foco em quem é exigente com memória: são 3 GB de RAM e 32 GB de armazenamento. O preço sugerido é de R$ 799.

Já o C9 Plus é um pouco mais avançado. A tela tem 6,5 polegadas e notch em gota, 4 GB de memória RAm e 64 GB de armazenamento. A câmera traseira já é tripla, e esse modelo também roda o Android 9 Pie.

O valor sugerido por esse modelo mais avançado é de R$ 999, mas ele só deve chegar às lojas em janeiro do ano que vem.

Um outro modelo que só deve chegar no final do ano ou em 2020 é o flexível. Na verdade, a TCL trabalha em três modelos, e levou um deles para mostrar na feira. Além dessa versão que se abre como um livro, a empresa trabalha com um que se torna uma espécie de pulseira para o usuário.

Red Mobile

Por fim, mais uma novata na Eletrolar: a Red Mobile também amplia seu catálogo com novos modelos. E agora, além de feature phones, a companhia vai se aventurar no mercado de celulares inteligentes.

A marca brasileira apresentou o Quick 5.0, disponível nas cores vermelho e prata. O aparelho tem tela de 5 polegadas com resolução FWVGA, bateria de 2.000mAh, processador quad-core, memória de 1 GB de RAM e 8 GB de armazenamento e Android 8.1 Oreo Edição Go. O preço sugerido fica na faixa de 450 reais.

Outro modelo que deve chegar às lojas mais para a frente é o Volt 5.5, que ainda não tem tantas informações, mas já tem câmera dupla, leitor de impressão digital, tela de 5,5 polegadas e mais memória. O preço já sobe um pouco, devendo ficar mais perto dos 600 reais.

Conclusão

A Eletrolar Show 2019 vai até o dia 1 de agosto, no Transamérica Expo Center, em São Paulo. Quem for até lá poderá conferir algumas das principais novidades em eletrônicos que vão chegar às lojas brasileiras nos próximos meses.

Além de celulares, tem muita coisa de Internet das Coisas, talvez o assunto com mais destaque este ano na feira. Agora é a sua vez de contar nos comentários o que achou dos aparelhos mostrados por lá.

(atualizado em 19 de agosto de 2019, às 17:42)

29

Comentários

Celular básico com WhatsApp e YouTube, dobrável da TCL e mais na Eletrolar Show 2019
Android

Melhor celular ou smartphone: TOP 10 para você comprar | Agosto 2019

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor desempenho | Guia do TudoCelular

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor autonomia | Guia do TudoCelular