LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Free Fire: jogadores e influenciadores apontam qual é o celular ideal para jogar

17 de novembro de 2019 63

Uma série de fatores ajuda a definir qual o celular ideal para comprar, mas esses critérios de escolha podem variar conforme o uso de cada um. Hoje é possível comprar celulares para quem quer fotografar, para quem quer passar dois ou três dias longe da tomada ou ainda modelos gamer.

No caso de quem escolhe um modelo para jogar em alto rendimento, as exigências mudam. Free Fire, por exemplo, é um jogo utilizado preferencialmente no modo mobile e compatível com modelos de diferentes preços, de flagships a modelos de entrada. Mas para jogadores profissionais, a escolha é mais criteriosa.


E, embora a lógica aponte para modelos voltados para jogos, como as linhas Black Shark e ROG Phone, respectivamente da Xiaomi e Asus, pareçam óbvias, não é bem isso que acontece.

E qual é o celular que os jogadores usam em suas jogatinas? O TudoCelular acompanhou in loco a final do Free Fire World Séries, que aconteceu na Arena Carioca 1, no Rio de Janeiro, e perguntou diretamente para os jogadores.

A regra do jogo

A Garena determina que, em suas competições, o modelo para jogar seja o Galaxy Note 9, da Samsung. A produtora não fala sobre os critérios de escolha mas, como vantagens, jogadores e influenciadores apontam o tamanho e a sensibilidade da tela.

Todo jogador recebe um modelo para jogar, que fica na arena e é configurado na hora, até para evitar ações hackers e outras fraudes, a regra vale mesmo para jogadores de fora do país.

76.4 x 161.9 x 8.8 mm
6.4 polegadas - 2960x1440 px
Ir para página de comparação

Embora seja um modelo já datado - o Galaxy Note 10 e o Galaxy Note 10 Plus foram lançados recentemente, o conjunto com processador Qualcomm Snapdragon 845 e opções que vão até 8 GB de RAM ajudam o jogo rodar de forma fluida.

Outro fator curioso é que os celulares não são os modelos utilizados pelos jogadores no dia a dia. Nesse caso, cada um escolhe seus preferidos. Há aqueles que jogam com iPhones - queridinho dos streamers - ou outros modelos de Android, como é o caso das equipes internacionais.

Sobre celulares gamers, os jogadores ainda não acreditam que ele possa trazer vantagens claras no jogo:

Quando você joga em um celular com uma boa configuração, basicamente não te dá benefício ou vantagem no jogo, ele vai fazer a mesma coisa, a mesma função. Claro que por um ser mais rápido que o outro, você vai ter aquela sensação de que o telefone é melhor, mas o ideal é que ele não esquente, porque depois que ele fica quente, ele perde até a velocidade"
Cerol, pro-player e influenciador.

Campeões, corintianos preferem iPhones

Recém-formada, a equipe do Corinthians, que se sagrou campeã mundial, era formada por jogadores de outros times e streamers. E muitos deles não utilizavam o flagship da Samsung, e a mudança obrigou o time a passar mais horas treinando para se adaptar.

Se a gente jogava oito horas com o antigo celular, a gente passou até dobrar esse horário com o celular novo até se adaptar e encontrar a sensibilidade certa"
Luciano Fausto, técnico do time de Free Fire do Corinthians

E a adaptação não foi das mais fáceis. Segundo Fausto, técnico da equipe, o modelo da Samsung tem sensibilidade adaptável e que pode ser igual a de um computador, e isso faz com que haja maior tempo para que cada jogador encontre seu ponto. A equipe corintiana jogava, em sua maioria, com o iOS, que oferece mais opções para fazer livestream sem travamentos pelo número de pessoas.

Sobre a possibilidade de adoção de um novo modelo para a próxima temporada, Fausto adota a cautela: "espero que eles tenham uma boa escolha, porque o celular realmente muda muita coisa dentro do jogo. Se a gente não conseguir pegar uma coisa que for legal para o tipo da gente tem, de sensibilidade na tela, fica muito difícil", finaliza.

iPhone, emulador e Xiaomi: jogadores apontam seus modelos

Eu uso só o Galaxy Note Note 9 justamente porque é a regra da Pro League. Jogar num iPhone e depois mudar para o Note 9 é algo que prejudica a minha jogabilidade. [Para jogar] o principal é a sensibilidade e o tamanho dele, quanto mais sensível for o celular, melhor"
Kronos, pro-player e MVP do último ano.


Um celular bom é essencial para a jogabilidade, mas nada que impeça você de treinar. Se você quer ser bom, você tem que treinar, independente do que está usando, mas o Note 9 é essencial, porque no mundial e nos campeonatos todo mundo usa, ele tem a tela grande. [Se não der] pode ser um Xiaomi. Eu jogo com emulador, mas a diferença é que tem uma tela maior, mas o celular não 'buga'. Eu não entendo muito de celular, mas acho que um modelo com a tela maior dá mais visão de game, você consegue ver os inimigos mais longe, consegue arrastar mais o dedo e consegue ter uma pegada maior.
Weedzão, atleta e influenciador do Corinthians


Eu jogo no emulador, mas o celular que é o Top 1 e que todo mundo deveria usar, até pelo campeonato, é o Galaxy Note 9, um telefone que a Garena está usando como base, e você já ir treinando num celular específico acaba sendo o ideal para quando chega em uma Pro League já estar acostumado. O que muda para um iPhone é a sensibilidade, a configuração, o tamanho... O Note 9 é bem grande, o tamanho dele é muito bom, a sensibilidade é um pouco mais alta".
Cerol, pro-player e influenciador.

O repórter Dante Baptista viajou à convite da Garena

O Samsung Galaxy Note 9 está disponível na Submarino por R$ 3.998.
(atualizado em 22 de outubro de 2020, às 07:34)

63

Comentários

Free Fire: jogadores e influenciadores apontam qual é o celular ideal para jogar
Tech

Coronavírus: Brasil chega a 157.397 mortes em 5.409.854 casos confirmados | Relatório diário

Android

Melhor celular ou smartphone: TOP 10 para você comprar | Setembro 2020

Apple

Agora tem widgets? iOS 14 e todas as suas novidades | Hands-on em vídeo

Tech

De Peste Antonina à Covid-19: pandemias que abalaram o mundo | Detetive TudoCelular