Notícia sensacionalista, no Japão sempre é assim. Lá eles valorizam mais os produtos nacionais, não são que nem brasileiros que se auto sabotam