Lançando esses produtos genéricos não vai chegar em lugar algum. Cadê o "espírito Nokia"?