Novos modelos devem competir nos segmentos de celulares intermediários "premium" e tops de linha.