De acordo com as alterações do órgão, o tempo entre a primeira e a segunda aplicação em homens deve ser maior que o utilizado até então.