LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
Registre-se
Resultados de 1 a 7 de 7
  1. #1
    Membro Senior
    Membro desde
    Apr 2013
    Posts
    120,854

    China deve assinar acordo comercial com os EUA na próxima semana

    A China anunciou que deve assinar a primeira fase de um acordo comercial com os EUA na próxima semana.

    Clique aqui para ler a notícia completa.


  2. #2
    Junior Member
    Membro desde
    Oct 2019
    Posts
    139
    Isso parece novela, com idas e vindas e de e vez enquanto reviravoltas.

  3. #3
    Junior Member
    Membro desde
    Jan 2016
    Posts
    839
    Isso é um sexo explícito, poem e tira, poem e tira!

  4. #4
    Membro Senior LeonardoVallem's Avatar
    Membro desde
    May 2017
    Posts
    1,101
    agora com alto atrito entre os eua e o irã o donald trump tá apenas buscando o maior número de aliados possível, por isso o "acordo" com a china

  5. #5
    Junior Member Reloaded's Avatar
    Membro desde
    Feb 2019
    Posts
    145
    Quote Originally Posted by LeonardoVallem View Post
    agora com alto atrito entre os eua e o irã o donald trump tá apenas buscando o maior número de aliados possível, por isso o "acordo" com a china
    Cara que viagem a sua , falou uma parada que não tem nada a ver......!! Os EUA é a maior força bélica do mundo........em 2 dias os EUA destruíriam o Irã......, esse acordo com a China é comercial......, não tem nada a ver com os conflitos com o Irã.....!!! Vou citar um exemplo: a NBA americana fatura mais na china do que nos EUA , 1 bairro na china dá mais audiência para a NBA do que os americanos , a china tá quase chegando a 1,5 bilhão de habitantes , porque muitas focam em vender mais na china do que outros países , faça as contas são quase 1,5 Bilhões de pessoas que vão comprar algo...., então esse acordo é comercial , nada tem a ver com guerra....ou conflito....!!!

  6. #6
    Membro Senior LeonardoVallem's Avatar
    Membro desde
    May 2017
    Posts
    1,101
    Quote Originally Posted by Reloaded View Post
    Cara que viagem a sua , falou uma parada que não tem nada a ver......!! Os EUA é a maior força bélica do mundo........em 2 dias os EUA destruíriam o Irã......, esse acordo com a China é comercial......, não tem nada a ver com os conflitos com o Irã.....!!! Vou citar um exemplo: a NBA americana fatura mais na china do que nos EUA , 1 bairro na china dá mais audiência para a NBA do que os americanos , a china tá quase chegando a 1,5 bilhão de habitantes , porque muitas focam em vender mais na china do que outros países , faça as contas são quase 1,5 Bilhões de pessoas que vão comprar algo...., então esse acordo é comercial , nada tem a ver com guerra....ou conflito....!!!
    ta bom, quem você acha q é mais forte, seja simbolicamente ou belicamente, os EUA sozinhos ou todas as outras grandes potências juntas?

    não importa a situação, até a maior das potências está sempre em busca de aliados.

  7. #7
    Junior Member Renata_Porfirio's Avatar
    Membro desde
    Jul 2017
    Posts
    312
    Quote Originally Posted by Reloaded View Post
    Cara que viagem a sua , falou uma parada que não tem nada a ver......!! Os EUA é a maior força bélica do mundo........em 2 dias os EUA destruíriam o Irã......, esse acordo com a China é comercial......, não tem nada a ver com os conflitos com o Irã.....!!! Vou citar um exemplo: a NBA americana fatura mais na china do que nos EUA , 1 bairro na china dá mais audiência para a NBA do que os americanos , a china tá quase chegando a 1,5 bilhão de habitantes , porque muitas focam em vender mais na china do que outros países , faça as contas são quase 1,5 Bilhões de pessoas que vão comprar algo...., então esse acordo é comercial , nada tem a ver com guerra....ou conflito....!!!
    Os EUA tem sim a maior força de destruição do mundo, mas logo atrás bem empatado (empatado mesmo) vem a Russia e a China, ambos países que são simpatizantes do Irã e não são muito chegados aos EUA, logo, garantir o apoio ou pelo menos a inércia desses dois países é fundamental para os EUA iniciar uma guerra ou medida forte contra o Irã.