LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
Registre-se
Page 60 of 62 PrimeiraPrimeira ... 10505859606162 ÚltimaÚltima
Resultados de 1,771 a 1,800 de 1836
  1. #1771
    Junior Member
    Membro desde
    Jan 2017
    Posts
    1,280
    Quote Originally Posted by To_indo_amor View Post
    Quem morreu não se cura mais...
    Oxe kkkkkk

  2. #1772
    Membro Senior To_indo_amor's Avatar
    Membro desde
    Feb 2020
    Localização
    Minas Gerais - SJP
    Posts
    391
    Na próxima semana o Brasil vai chegar em 100 mil mortes...

  3. #1773
    Membro Senior To_indo_amor's Avatar
    Membro desde
    Feb 2020
    Localização
    Minas Gerais - SJP
    Posts
    391
    Quote Originally Posted by Noname View Post
    Oxe kkkkkk
    :/

  4. #1774
    Membro Senior
    Membro desde
    Nov 2018
    Posts
    418
    Pesquisa realizada agora no Portal da Transparência/Registros civis.
    Registros de óbitos em 2019: janeiro - 106592; fevereiro- 90303; março- 95347; abril- 103306; maio- 110469; junho- 103092; total dos primeiros 6 meses, 609109 óbitos.
    Registros de óbitos 2020: janeiro- 108380; fevereiro- 91255; março- 104241; abril- 112049; maio-128422; junho- 126796; total dos primeiros 6 meses, 671143.
    Diferença de óbitos do primeiro semestre de 2019 para 2020: 62034.
    Os números de julho desse ano ainda não fecharam.
    Em primeiro de julho, o número de óbitos por Covid era de 60632. Ou seja: há uma concordância entre a diferença (para mais) do número de óbitos de 2019 para 2020 com o número de óbitos atribuído ao Covid. Considero que isso mostra que tanto aqueles que acreditam que o número esteja sendo exagerado quanto aqueles que acreditam estar sendo subnotificado estão enganados. A análise sugere que a estatística oficial está aproximadamente correta.

  5. #1775
    Membro Senior Clark_Kent's Avatar
    Membro desde
    Sep 2019
    Posts
    274

    Novo coronavírus (Covid-19), números atualizados (30/07, 20:00):

    %uD83C%uDFDERIO DE JANEIRO (Município)* 18:00
    - 1.708 (+55) casos ativos;
    - 70.989 (+297) casos confirmados;
    - 8.270 (+50) mortes;
    - 61.011 (+192) recuperados;
    - Taxa de letalidade: 11,6%.
    Fonte: Secretária Municipal de Saúde do Rio

    %uD83C%uDFDERIO DE JANEIRO (Estado)* 16:31
    - 10.327 (+376) casos ativos;
    - 163.642 (+1.995) casos confirmados;
    - 13.348 (+150) mortes;
    - 139.967 (+1.469) recuperados;
    - Taxa de letalidade: 8,1%.
    Fonte: Secretária Estadual de Saúde, RJ

    %uD83C%uDFD9SÃO PAULO (Estado)* 14:20
    - 157.009 (+9.702) casos ativos;
    - 529.006 (+14.809) casos confirmados;
    - 22.710 (+321) mortes;
    - 349.287 (+4.786) recuperados;
    - Taxa de letalidade: 4,3%
    Fonte: Secretária Estadual de Saúde de São Paulo

    %uD83C%uDDE7%uD83C%uDDF7BRASIL* 19:00
    - 694.744 (-19.032) casos ativos;
    - 2.610.102 (+357.837) casos confirmados;
    - 91.263 (+1.129) mortes;
    - 1.824.095 (+36.676) recuperados;
    - Taxa de letalidade: 3,5%
    Fonte: Ministério da Saúde

    %uD83C%uDF0EMUNDO
    - 17.441.096 casos confirmados;
    - 675.331 mortes;
    - 10.918.071 recuperados;
    - Taxa de letalidade: 3,8%
    Fonte: Worldometer

  6. #1776
    Junior Member Hugo8888's Avatar
    Membro desde
    Jul 2019
    Posts
    877
    Quote Originally Posted by Myrddrral View Post
    Pesquisa realizada agora no Portal da Transparência/Registros civis.
    Registros de óbitos em 2019: janeiro - 106592; fevereiro- 90303; março- 95347; abril- 103306; maio- 110469; junho- 103092; total dos primeiros 6 meses, 609109 óbitos.
    Registros de óbitos 2020: janeiro- 108380; fevereiro- 91255; março- 104241; abril- 112049; maio-128422; junho- 126796; total dos primeiros 6 meses, 671143.
    Diferença de óbitos do primeiro semestre de 2019 para 2020: 62034.
    Os números de julho desse ano ainda não fecharam.
    Em primeiro de julho, o número de óbitos por Covid era de 60632. Ou seja: há uma concordância entre a diferença (para mais) do número de óbitos de 2019 para 2020 com o número de óbitos atribuído ao Covid. Considero que isso mostra que tanto aqueles que acreditam que o número esteja sendo exagerado quanto aqueles que acreditam estar sendo subnotificado estão enganados. A análise sugere que a estatística oficial está aproximadamente correta.
    Quarentena também diminiu mts outros fatores como a quantidade de veículos na estrada, o que será que isso muda? adivinha.

  7. #1777
    Membro Senior
    Membro desde
    Nov 2018
    Posts
    418
    Quote Originally Posted by Hugo8888 View Post
    Quarentena também diminiu mts outros fatores como a quantidade de veículos na estrada, o que será que isso muda? adivinha.
    Aumentou outros. Vemos isso no hospital. Pelo fato dos serviços terem uma demanda exta, as pessoas estão morrendo de coisas que eram atendidas antes. Trauma, infartos, apendicite, sepse por várias causas. Muitos morrem em casa por medo de ir ao PS ou hospital.
    São números significativos.

  8. #1778
    Membro Senior
    Membro desde
    Nov 2018
    Posts
    418
    Quote Originally Posted by Myrddrral View Post
    Aumentou outros. Vemos isso no hospital. Pelo fato dos serviços terem uma demanda exta, as pessoas estão morrendo de coisas que eram atendidas antes. Trauma, infartos, apendicite, sepse por várias causas. Muitos morrem em casa por medo de ir ao PS ou hospital.
    São números significativos.
    Em 2019, morreram 5332 pessoas no trânsito (estatísticas oficiais). Grosso modo, 2666 por semestre. Estatisticamente pouco significativo em universo de mais de 60000 óbitos de diferença.

  9. #1779
    Junior Member Hugo8888's Avatar
    Membro desde
    Jul 2019
    Posts
    877
    Quote Originally Posted by Myrddrral View Post
    Aumentou outros. Vemos isso no hospital. Pelo fato dos serviços terem uma demanda exta, as pessoas estão morrendo de coisas que eram atendidas antes. Trauma, infartos, apendicite, sepse por várias causas. Muitos morrem em casa por medo de ir ao PS ou hospital.
    São números significativos.
    Comparado as maiores causas de mortes, não é.

  10. #1780
    Junior Member Hugo8888's Avatar
    Membro desde
    Jul 2019
    Posts
    877
    Quote Originally Posted by Myrddrral View Post
    Em 2019, morreram 5332 pessoas no trânsito (estatísticas oficiais). Grosso modo, 2666 por semestre. Estatisticamente pouco significativo em universo de mais de 60000 óbitos de diferença.
    Juntando todas as mortes evitadas em diferentes áreas se faz a diferença

  11. #1781
    Junior Member Hugo8888's Avatar
    Membro desde
    Jul 2019
    Posts
    877
    Quote Originally Posted by Myrddrral View Post
    Pesquisa realizada agora no Portal da Transparência/Registros civis.
    Registros de óbitos em 2019: janeiro - 106592; fevereiro- 90303; março- 95347; abril- 103306; maio- 110469; junho- 103092; total dos primeiros 6 meses, 609109 óbitos.
    Registros de óbitos 2020: janeiro- 108380; fevereiro- 91255; março- 104241; abril- 112049; maio-128422; junho- 126796; total dos primeiros 6 meses, 671143.
    Diferença de óbitos do primeiro semestre de 2019 para 2020: 62034.
    Os números de julho desse ano ainda não fecharam.
    Em primeiro de julho, o número de óbitos por Covid era de 60632. Ou seja: há uma concordância entre a diferença (para mais) do número de óbitos de 2019 para 2020 com o número de óbitos atribuído ao Covid. Considero que isso mostra que tanto aqueles que acreditam que o número esteja sendo exagerado quanto aqueles que acreditam estar sendo subnotificado estão enganados. A análise sugere que a estatística oficial está aproximadamente correta.
    Quer medir a possível quantidade de mortes por uma doença através de números gerais? A quantidade de mortes por causas respiratórias aumentou muito, em comparação ao ano passado, grande parte não foram testados, logo há subnotificação.

  12. #1782
    Junior Member Hugo8888's Avatar
    Membro desde
    Jul 2019
    Posts
    877
    Quote Originally Posted by Hugo8888 View Post
    Quer medir a possível quantidade de mortes por uma doença através de números gerais? A quantidade de mortes por causas respiratórias aumentou muito, em comparação ao ano passado, grande parte não foram testados, logo há subnotificação.
    Só olhar no http://www.cofen.gov.br/

  13. #1783
    Junior Member
    Membro desde
    Jun 2020
    Posts
    44
    Vocês querem conhecer os produtos Jequiti?

  14. #1784
    Membro Senior
    Membro desde
    Nov 2018
    Posts
    418
    Quote Originally Posted by Hugo8888 View Post
    Juntando todas as mortes evitadas em diferentes áreas se faz a diferença
    Quais os números que conseguiu levantar? Afinal, se sua hipótese é a subnotificação, deve ter evidências concretas.

  15. #1785
    Junior Member
    Membro desde
    Jun 2020
    Posts
    2
    Quote Originally Posted by Myrddrral View Post
    Quais os números que conseguiu levantar? Afinal, se sua hipótese é a subnotificação, deve ter evidências concretas.
    Independente dos motivos a morte de seres humanos não deveria ser tratada apenas como estatística. Triste saber que pais e filhos de alguém hoje são apenas números desprovidos de sentimento.

  16. #1786
    Membro Senior
    Membro desde
    Nov 2018
    Posts
    418
    Quote Originally Posted by Myrddrral View Post
    Em 2019, morreram 5332 pessoas no trânsito (estatísticas oficiais). Grosso modo, 2666 por semestre. Estatisticamente pouco significativo em universo de mais de 60000 óbitos de diferença.
    Detalhe: a quarentena começou em abril. Tivemos vida normal (carnaval inclusive, com suas mortes associadas) até lá. São apenas 3meses.

  17. #1787
    Membro Senior
    Membro desde
    Nov 2018
    Posts
    418
    Quote Originally Posted by Bergsonhador View Post
    Independente dos motivos a morte de seres humanos não deveria ser tratada apenas como estatística. Triste saber que pais e filhos de alguém hoje são apenas números desprovidos de sentimento.
    Isso é fato. Contudo, minha colocação foi para analisar as alegações dos conspiracionistas, que ou acham que nada disso é verdade e os números estão sendo inflados, ou acham que o número de mortes é muito maior e está sendo escondido. Os dados concretos e objetivos contradizem ambas as hipóteses, que tem zero de evidência sólida. Virou uma grande disputa política de fanáticos de ambos os lados.

  18. #1788
    Membro Senior
    Membro desde
    Nov 2018
    Posts
    418
    Quote Originally Posted by Hugo8888 View Post
    Quer medir a possível quantidade de mortes por uma doença através de números gerais? A quantidade de mortes por causas respiratórias aumentou muito, em comparação ao ano passado, grande parte não foram testados, logo há subnotificação.
    Números gerais são objetivos e menos propensos à interpretações errôneas. Temos uma clara diferença de óbitos de um ano para o outro, sendo Covid a única diferença entre os anos.
    Essa metodologia também está sendo usada em outros países, justamente para avaliar possível sub ou super notificação.

  19. #1789
    Junior Member Hugo8888's Avatar
    Membro desde
    Jul 2019
    Posts
    877
    Quote Originally Posted by Bergsonhador View Post
    Independente dos motivos a morte de seres humanos não deveria ser tratada apenas como estatística. Triste saber que pais e filhos de alguém hoje são apenas números desprovidos de sentimento.
    Tbm é triste fingir que os que morreram sem ter certeza do que não existiram.

  20. #1790
    Junior Member Hugo8888's Avatar
    Membro desde
    Jul 2019
    Posts
    877
    Quote Originally Posted by Myrddrral View Post
    Isso é fato. Contudo, minha colocação foi para analisar as alegações dos conspiracionistas, que ou acham que nada disso é verdade e os números estão sendo inflados, ou acham que o número de mortes é muito maior e está sendo escondido. Os dados concretos e objetivos contradizem ambas as hipóteses, que tem zero de evidência sólida. Virou uma grande disputa política de fanáticos de ambos os lados.
    Não é que estão escondendo. Se não testam, não contabilizam. Agora, não é obrigatório que planos de saúde cubram o exame. É inegável, que a doença já estava antes de ser detectada com o teste.

  21. #1791
    Junior Member
    Membro desde
    Dec 2018
    Posts
    178
    Quote Originally Posted by Aldair_Neto View Post
    Quantas pessoas foram curadas? Pq não colocam esses dados?
    Tudo celular assustando as crianças.

  22. #1792
    Membro Senior Clark_Kent's Avatar
    Membro desde
    Sep 2019
    Posts
    274

    Novo coronavírus (Covid-19), números atualizados (31/07, 20:00):

    %uD83C%uDFDERIO DE JANEIRO (Município)* 18:00
    - 1.694 (+14) casos ativos;
    - 71.322 (+333) casos confirmados;
    - 8.310 (+40) mortes;
    - 61.318 (+307) recuperados;
    - Taxa de letalidade: 11,6%.
    Fonte: Secretária Municipal de Saúde do Rio

    %uD83C%uDFDERIO DE JANEIRO (Estado)* 15:46
    - 10.605 (+278) casos ativos;
    - 165.495 (+1.853) casos confirmados;
    - 13.477 (+129) mortes;
    - 141.413 (+1.446) recuperados;
    - Taxa de letalidade: 8,1%.
    Fonte: Secretária Estadual de Saúde, RJ

    %uD83C%uDFD9SÃO PAULO (Estado)* 14:30
    - 167.697 (+10.688) casos ativos;
    - 542.304 (+13.298) casos confirmados;
    - 22.997 (+287) mortes;
    - 351.610 (+2.323) recuperados;
    - Taxa de letalidade: 4,2%
    Fonte: Secretária Estadual de Saúde de São Paulo

    %uD83C%uDDE7%uD83C%uDDF7BRASIL* 18:30
    - 725.959 (-31.215) casos ativos;
    - 2.662.485 (+52.383) casos confirmados;
    - 92.475 (+1.212) mortes;
    - 1.844.051 (+19.956) recuperados;
    - Taxa de letalidade: 3,5%
    Fonte: Ministério da Saúde

    %uD83C%uDF0EMUNDO
    - 17.731.906 casos confirmados;
    - 681.971 mortes;
    - 11.147.140 recuperados;
    - Taxa de letalidade: 3,8%
    Fonte: Worldometer

  23. #1793
    Membro Senior
    Membro desde
    Nov 2018
    Posts
    418
    Quote Originally Posted by Hugo8888 View Post
    Não é que estão escondendo. Se não testam, não contabilizam. Agora, não é obrigatório que planos de saúde cubram o exame. É inegável, que a doença já estava antes de ser detectada com o teste.
    Em casos de internação em UTI ou pneumonia grave, não vi um único caso que não foi testado, seja no SUS ou em convênio. Isso porque as alas e UTIs Covid são separadas das outras. Pra vc ter uma ideia, para um paciente ser admitido na UTI não-Covid, ele ou ela tem de ter teste rápido negativo, e em caso de sintomas respiratórios tem de ter uma tomografia de tórax que não evidencie lesões em vidro fosco.
    Os testes que são negados são para os pacientes sem necessidade de internação, ou seja, os que não são graves... E, portanto, não são os que morrem.

  24. #1794
    Membro Senior
    Membro desde
    Nov 2018
    Posts
    418
    Quote Originally Posted by Myrddrral View Post
    Em casos de internação em UTI ou pneumonia grave, não vi um único caso que não foi testado, seja no SUS ou em convênio. Isso porque as alas e UTIs Covid são separadas das outras. Pra vc ter uma ideia, para um paciente ser admitido na UTI não-Covid, ele ou ela tem de ter teste rápido negativo, e em caso de sintomas respiratórios tem de ter uma tomografia de tórax que não evidencie lesões em vidro fosco.
    Os testes que são negados são para os pacientes sem necessidade de internação, ou seja, os que não são graves... E, portanto, não são os que morrem.
    Nem os médicos, nem a CCIH, nem a administração hospitalar admite correr o risco de ter um Covid internado misturado com os outros pacientes por não ter sido testado. Simples assim.

  25. #1795
    Membro Senior
    Membro desde
    Nov 2018
    Posts
    418
    Quote Originally Posted by Myrddrral View Post
    Nem os médicos, nem a CCIH, nem a administração hospitalar admite correr o risco de ter um Covid internado misturado com os outros pacientes por não ter sido testado. Simples assim.
    Mesmo internações em ala simples são feitas fazendo triagem para possíveis casos Covid. O cuidado é extremo.

  26. #1796
    Junior Member Hugo8888's Avatar
    Membro desde
    Jul 2019
    Posts
    877
    Quote Originally Posted by Myrddrral View Post
    Mesmo internações em ala simples são feitas fazendo triagem para possíveis casos Covid. O cuidado é extremo.
    Que exemplo, vendo até pensa q todo o Brasil é assim.

  27. #1797
    Membro Senior
    Membro desde
    Nov 2018
    Posts
    418
    Quote Originally Posted by Hugo8888 View Post
    Que exemplo, vendo até pensa q todo o Brasil é assim.
    Vivo isso todo dia. Obviamente falo por onde trabalho e região (Campinas e cidades próximas). Sei que em São Paulo (estado) como um todo, é como é feito (temos contato com outras regiões).
    Em MT também há esse cuidado (tenho contatos lá também).
    Não é "exemplo". As equipes fazem isso inclusive por autopreservação.

  28. #1798
    Membro Senior
    Membro desde
    Nov 2018
    Posts
    418
    Quote Originally Posted by Myrddrral View Post
    Vivo isso todo dia. Obviamente falo por onde trabalho e região (Campinas e cidades próximas). Sei que em São Paulo (estado) como um todo, é como é feito (temos contato com outras regiões).
    Em MT também há esse cuidado (tenho contatos lá também).
    Não é "exemplo". As equipes fazem isso inclusive por autopreservação.
    Creio que sua dificuldade em avaliar de forma objetiva o que acontece pode advir do seu desconhecimento de como as coisas funcionam na área.
    Seria absolutamente ilógico que qualquer lugar subnotificasse, pois há uma razão fortíssima: verba.
    Quando um hospital notifica um caso de Covid (no SUS) confirmado, recebe pela internação um valor que é mais que o dobro do que recebe por uma internação não-Covid. Uma pneumonia paga menos da metade de uma pneumonia por Covid. Obviamente a administração do hospital não quer deixar escapar um único caso, pois isso traz um reforço financeiro significativo para a instituição.
    Quanto aos municípios, também recebem uma verba especial diretamente relacionada ao número de casos notificados.
    Ou seja: há uma enorme motivação para não deixar de notificar ninguém. Poderia se argumentar que é exatamente o contrário: há uma enorme motivação para super notificar, inflando os números.
    Daí as idéias conspiratórias dos que acham que isso ocorre.
    Contudo, ao vermos os números, não há evidências de números acima da realidade. Por que?
    Aí entram os mecanismos de controle. Um caso só é considerado confirmado a partir do momento que se tem um swab com PCR positivo, e isso não está sob controle nem do hospital, nem do município.
    Há todo um sistema de saúde pública montado para isso, e convênios e hospitais particulares tem de seguir.
    Ao insistir em "acreditar" que os casos estão sendo subnotificados, você está postulando algo que não tem nenhum dado que sustente (muito pelo contrário) e também não faz o menor sentido do ponto de vista de motivação das partes envolvidas.
    Procure informação. Isso pode ajudar a formular idéias que façam sentido.

  29. #1799
    Junior Member Hugo8888's Avatar
    Membro desde
    Jul 2019
    Posts
    877
    Quote Originally Posted by Myrddrral View Post
    Creio que sua dificuldade em avaliar de forma objetiva o que acontece pode advir do seu desconhecimento de como as coisas funcionam na área.
    Seria absolutamente ilógico que qualquer lugar subnotificasse, pois há uma razão fortíssima: verba.
    Quando um hospital notifica um caso de Covid (no SUS) confirmado, recebe pela internação um valor que é mais que o dobro do que recebe por uma internação não-Covid. Uma pneumonia paga menos da metade de uma pneumonia por Covid. Obviamente a administração do hospital não quer deixar escapar um único caso, pois isso traz um reforço financeiro significativo para a instituição.
    Quanto aos municípios, também recebem uma verba especial diretamente relacionada ao número de casos notificados.
    Ou seja: há uma enorme motivação para não deixar de notificar ninguém. Poderia se argumentar que é exatamente o contrário: há uma enorme motivação para super notificar, inflando os números.
    Daí as idéias conspiratórias dos que acham que isso ocorre.
    Contudo, ao vermos os números, não há evidências de números acima da realidade. Por que?
    Aí entram os mecanismos de controle. Um caso só é considerado confirmado a partir do momento que se tem um swab com PCR positivo, e isso não está sob controle nem do hospital, nem do município.
    Há todo um sistema de saúde pública montado para isso, e convênios e hospitais particulares tem de seguir.
    Ao insistir em "acreditar" que os casos estão sendo subnotificados, você está postulando algo que não tem nenhum dado que sustente (muito pelo contrário) e também não faz o menor sentido do ponto de vista de motivação das partes envolvidas.
    Procure informação. Isso pode ajudar a formular idéias que façam sentido.
    Você trabalha em um hospital, eis o interesse em negar a subnotificação. Da mesma forma que relacionou a indústria farmacêutica aos estudos.

    https://www.google.com/amp/s/www.redebrasilatual.com.br/saude-e-ciencia/2020/07/subnotificacao-mortes-covid-19-brasil/amp/

    Vai tirar mais alguma explicação da cartola para ofuscar o descaso?

    São dados específicos que relaciona o próprio vírus, vai negar o aumento no número de caso tbm? Vai dizer que foram outras mortes que aumentaram o número disso tbm?

  30. #1800
    Membro Senior
    Membro desde
    Nov 2018
    Posts
    418
    Quote Originally Posted by Hugo8888 View Post
    Você trabalha em um hospital, eis o interesse em negar a subnotificação. Da mesma forma que relacionou a indústria farmacêutica aos estudos.

    https://www.google.com/amp/s/www.redebrasilatual.com.br/saude-e-ciencia/2020/07/subnotificacao-mortes-covid-19-brasil/amp/

    Vai tirar mais alguma explicação da cartola para ofuscar o descaso?

    São dados específicos que relaciona o próprio vírus, vai negar o aumento no número de caso tbm? Vai dizer que foram outras mortes que aumentaram o número disso tbm?
    Li seu link. Mais uma vez: especulação que não é sustentada por uma análise maior dos óbitos. Para constar: pneumonia em idosos continua matando, só que mais esse ano pelo fato deles não procurarem atendimento até ser tarde. Temos múltiplos internados por pneumonia bacterianas comuns. As causas de morte que sempre ocorreram continuam. O número de casos por mortes não-Covid aumentou, como mencionei, e o artigo que vc enviou sustenta isso.
    Creio que não entendeu o que expus sobre a parte financeira. O hospital tem todo interesse em notificar o máximo possível, assim como o município, pois recebe verba por isso. Muita verba.
    Assim sendo, "interesse em subnotificar" é ilógico e sem sentido. Percebo que sua insistência nisso sugere uma posição ideológica, não objetiva. Me parece que sua atitude é chegar a uma conclusão, e tentar torturar os dados para que eles te dêem a resposta que quer. O lógico seria partir de um ponto aonde se considera as múltiplas posições defendidas, e se olha os dados para ver qual (ou quais) dela(s) são sustentadas por eles.
    Sua visão é de militante político. A minha é de quem está trabalhando com isso.