LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Google Chrome chega aos 10 anos na liderança do mercado de navegadores

03 de setembro de 2018 3

Há 10 anos, em uma época que a Microsoft dominava o mercado com o falecido Internet Explorer e o Mozilla Firefox começava a ganhar impulso, o Google resolveu se lançar em mais uma frente: navegadores web. Com a proposta de oferecer uma navegação leve e seguindo os últimos padrões lançados no mercado, o Google Chrome estreou.

Lançado em 2008 apenas para Windows, chegando ao macOS e ao Linux no ano seguinte, o navegador da gigante de buscas era uma união das melhores características do Safari, da Apple, e do Firefox, da Mozilla, e a sua ambição era tomar o espaço do então popular Internet Explorer.

Com uma interface mais limpa e focado em seguir os mais recentes padrões da web, como o HTML 5 – ao contrário da Microsoft que “amarrava” o desenvolvimento do seu navegador, o browser trazia o conceito de “sandbox” (“caixa de areia” em tradução livre) aplicado as abas, permitindo que cada uma delas rodasse individualmente, levando mais estabilidade para o navegador e evitando que ele travasse caso uma dessas parasse de responder.

Compartilhamento de mercado por navegador (agosto de 2018) - Imagem:w3counter

Agora, em 2018, o Google Chrome tem praticamente o mesmo percentual de adoção visto pelo Internet Explorer há dez anos e abocanha uma fatia do mercado de aproximadamente 60,3% de acordo com o W3Counter. No entanto, os seus primeiros 10 anos de vida não lhe trouxeram apenas a liderança e hoje pode-se dizer que o navegador do Google é muito mais do que um simples browser, ele é uma verdadeira plataforma.

Além de rodar sobre os principais sistemas operacionais para computadores e dispositivos móveis, o Chrome é basicamente o que sustenta o S.O do Google, o Chrome OS. Apesar da sua baixa adesão no início, em 2011, o sistema começou a receber mais destaque nos últimos anos, sendo embarcado nativamente em notebooks das mais diversas marcas, os chamados Chromebooks. Além disso, tem ganhado mais atenção por conta do público, uma vez que é compatível com vários apps do Android e poderá em breve receber suporte a aplicações do Linux.

Com uma proposta um pouco diferente de quando estreou – não entregando uma navegação tão leve assim do ponto de vista do consumo de recursos, o Google quer mostrar que aprendeu com os erros da Microsoft e mantém os seus esforços para levar as últimas novidades para os seus usuários. No entanto, será que isso será o suficiente para mantê-lo no topo pelos próximos 10 anos?


3

Comentários

Google Chrome chega aos 10 anos na liderança do mercado de navegadores
Android

Evite golpes: passo a passo para obter o auxílio de R$600 | Tutorial TudoCelular

Tech

Coronavírus: Brasil chega a 667 mortes em 13.717 casos confirmados | Relatório diário da Covid-19

Android

Melhor celular ou smartphone: TOP 10 para você comprar | Abril 2020

Economia e mercado

Coronavírus: como diferenciar doenças como resfriados, rinite e mais da COVID-19