LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Após Nest Mini, Google quer expandir portfólio de hardwares no Brasil | TudoCelular Entrevista

11 de novembro de 2019 8

Nesta segunda-feira (11), o Google lançou a sua caixa de som inteligente, Nest Mini, no Brasil. Voltado a casas conectadas, o produto poderá abrir caminho para novos hardwares da marca do Brasil.

Durante o evento de anúncio do smart speaker, logo após a apresentação, o TudoCelular conversou com o chefe de Parcerias de Devices do Google, Vinicius Dib, para saber mais sobre os planos da empresa ao mercado brasileiro. Confira abaixo:

Imagem: Rafael Barbosa/TudoCelular.com
Expectativas para o Nest Mini

A chegada do Nest Mini ao Brasil coloca mais uma opção no mercado de casa conectada, que recentemente ganhou produtos da concorrente Amazon. Em meio à crescente do segmento, as expectativas do Google são as melhores para a chegada do Nest Mini, segundo o executivo.

“A gente acredita que o Google Nest Mini vai ser um produto muito interessante para este final de ano. Um belo presente de Natal. Ele vai trabalhar como uma central inteligente da sua casa, para poder te auxiliar. A grande função dele é ajudar você no dia a dia. Deixar sua vida mais fácil nesta correria que a gente tem aqui.”


Vinicius Dib

Head de Parcerias de Devices do Google

Vinicius ressalta que a caixa de som inteligente não se limita a apenas respostas a comandos de voz imediatos, mas expande as possibilidades para programações cotidianas ou ainda integração com outros produtos conectados.

Na prática, é possível solicitar a reproduções de conteúdo de vídeo na TV, caso esta ficar integrada ao Google Home e ao Assistente.

“Não só nos comandos de voz, se você estiver com a mão ocupava, mas também com rotinas pré-estabelecidas e produtos conectados, para você poder jogar a série de TV que você mais gosta para a sua televisão através de voz.”

Brasil está maduro para o setor

Por que este momento para lançar o Nest Mini no Brasil? De acordo com o executivo, o país ficou maduro para o segmento de casa conectada neste ano.

“Este foi um ano que o Brasil começou a ficar mais maduro para este mercado de casa conectada. A gente, no início do ano, lançou com a JBL – nosso parceiro. Fizemos um evento de casa conectada. Vimos que a procura não só do Google, mas de parceiros e varejistas, vem aumentando. Acreditamos que lançamento do Nest Mini agora, um mês depois do lançamento global, ia ser a data perfeita para a gente estar com o produto no Brasil.”

A empresa aposta que o setor tem potencial para crescimento no mercado nacional e entende que os dispositivos inteligentes ganharão mais espaço também em lojas, para os consumidores se atraírem a incluir os produtos nas suas residências.

“Eu acho que é uma categoria que vai crescer muito. Já temos mais de um player trabalhando nesse segmento de casa conectada. Temos outros parceiros de negócios trazendo produtos para complementar o ecossistema. Este é um produto que, quanto mais você usa, mais inteligente ele fica. Está sempre aprendendo. Você vai começar a ver nos varejistas espaços dedicados para casa conectada. Cada vez mais, o consumidor vai ver e tornar esses aparelhos parte do dia a dia.”

Ampliar os dispositivos no Brasil

Apesar de não dar indicação de quais produtos de hardware virão no futuro ao país, o chefe de Parcerias de Devices do Google ressaltou o interesse em lançar mais dispositivos no mercado nacional.

Contudo, ao reforçar que a companhia deseja expandir o seu ecossistema no Brasil – tanto de marca própria quanto de parceiros –, o executivo não chegou a confirmar quais modelos viriam no futuro.

“Hoje eu não tenho confirmação de novos produtos de outras categorias no Brasil. Não tenho esse dado. O que eu posso falar é que a gente quer cada vez mais crescer no ecossistema de devices do Google no Brasil.”

Fabricação nacional?

Vinicius Dib explicou que, apesar de não ser fabricado no Brasil, o Nest Mini chega com plugue de tomada brasileiro e caixa totalmente em português. No entanto, não há planos para a produção local do equipamento.

“Não temos planos ainda para fabricação local. Por enquanto, todos os nossos produtos são importados.”

Mensagem aos leitores do TudoCelular

Para completar, o executivo do Google deixou uma mensagem aos leitores do TudoCelular, que querem conhecer este tipo de produto recém-chegado ao país.

“Convido todo mundo a procurar pelo Nest Mini, não só em todos os varejistas online do Brasil, mas também nas lojas físicas. E conhecer um pouco mais do produto que vai poder te ajudar em casa.”

O que você achou da chegada do Nest Mini ao Brasil? Quais são as suas expectativas para o futuro do Google no mercado nacional de hardwares? Participe conosco!


8

Comentários

Após Nest Mini, Google quer expandir portfólio de hardwares no Brasil | TudoCelular Entrevista
Android

Melhor celular ou smartphone: TOP 10 para você comprar | Janeiro 2020

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor desempenho | Guia do TudoCelular

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor autonomia | Guia do TudoCelular