LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Google Nest Mini é a "porta de entrada" para uma casa conectada | Análise / Review

22 de novembro de 2019 3

Neste mês de novembro, o Google oficializou a sua mais recente caixa de som inteligente, Nest Mini, no mercado brasileiro. Com visual discreto e focado em proporcionar uma experiência de casa conectada, o aparelho permite gerenciar outros dispositivos conectados por meio do Google Assistente.

O TudoCelular testou uma unidade do modelo, para saber o que ele consegue ou não fazer e se realmente compensa tê-lo em sua residência. Confira a seguir:

Visual e acessórios

O seu design é feito para se adaptar a qualquer ambiente. Em ambas as opções de cores, o Nest Mini utiliza tonalidades discretas que o permitem muitas vezes passar despercebido. A unidade experimentada é a giz – a qual pode ser facilmente colocada em uma parede branca.

Independente da cor de seu corpo, o cabo de fonte é branco. A escolha parece ser a mais apropriada para quem deseja pendurá-lo em algum lugar. Isso porque uma das suas novidades é o suporte de parede, na parte inferior do aparelho. Ele consiste em um furo – semelhante ao encontrado em relógios de parede ou até ventiladores híbridos (mesa e parede) – para ser apoiado em um prego, sem maiores transtornos nem necessidade de um acessório específico.

Nas suas conexões físicas, o Nest Mini somente possui duas em seu corpo. Uma delas é o encaixe da fonte – o qual a princípio pode ser confundido com uma porta de fone de ouvido. Já a outra consiste no botão para ligar ou desligar o microfone. Ou seja, se você não quiser interagir por voz com o Google, é possível deixá-la apenas para transmitir o áudio de outro local.

Em relação à caixa, não há segredos. No seu interior, vem apenas o necessário: o próprio Nest Mini, o cabo de fonte e seu manual – em português brasileiro, assim como a caixa, mesmo que o aparelho não seja fabricado em solo nacional.


Assistente e qualidade do som

De entretenimento até funções importantes no cotidiano, o Nest Mini é um aparelho que permite uma variedade grande de uso. Com o Google Assistente, ele te permite o que você já tem com o celular, mas adaptado à plataforma sonora. Isso significa, por exemplo, que ao perguntar algo a ser pesquisado na internet, o dispositivo falará – em português brasileiro – o principal resultado encontrado na web – diferente de um smartphone, que só mostra os conteúdos na tela.

Outras utilidades consistem em se preparar para o dia, ao perguntar sobre a previsão do tempo ou a distância de onde você está até algum outro endereço. Vale ressaltar que, na configuração do aparelho, ele salva a sua localização. Isso significa que, por padrão, as respostas sempre serão relativas ao lugar está.

Rotinas

O usuário também pode configurar as chamadas “Rotinas” no aparelho. Um exemplo é o comando “Ok, Google. Bom dia!”. A saudação se torna um gatilho para ativar uma série de ações que o smart speaker fará, como dizer o clima do dia, quanto tempo levará para chegar até o trabalho, ou tocar uma música de sua preferência.

Você pode configurar as “Rotinas” para qualquer ação que for suportada pelo aparelho, inclusive com integração a outros dispositivos conectados. Na prática, dá para criar um gatilho personalizável para apagar a luz do quarto, ligar um robô aspirador ou iniciar a cafeteira, por exemplo.

Som não decepciona

Na qualidade de som, para o tamanho do dispositivo, o Nest Mini não decepciona. No entanto, é possível notar que ainda falta um reforço maior de graves – mesmo quando eles estão configurados no máximo.

Google Home

O aplicativo do Google Home é uma necessidade na hora de ter um Nest Mini. Pelo app, o usuário conseguirá realizar toda a configuração inicial do aparelho, como conectar à internet e gerenciar quais são as ferramentas padrões para tocar música e ouvir notícias. Além de configurar outros dispositivos conectados na mesma casa, para integrá-los nos comandos de voz.

É nele também que o proprietário do modelo terá a opção de ajustar o som. Tanto o volume – também configurável por voz, diretamente do Nest Mini – quanto um equalizador, para aumentar ou diminuir os graves e agudos. O app ainda contém a configuração das “Rotinas”.


Parcerias e integrações

Aos poucos, o Google Assistente tem chegado a outras plataformas, com compatibilidade mesmo quando a marca possui sua própria assistente de voz – desde que também suportem a ferramenta da gigante de Mountain View. São os casos de Smart TV Samsung e do Xbox One – após a atualização de novembro.

Mas não é possível gerenciar por completo as ações dos dispositivos sem suporte total ao Assistente com a ferramenta do Google. No caso do televisor, o Nest Mini conseguirá ligar e desligar o aparelho, mas sem navegar por menus e ações internas, como ajustar o volume da TV. Veja um exemplo no vídeo abaixo:

Para música, o Nest Mini pode usar os serviços YouTube Music e o Google Play Música, mas exige que o usuário tenha uma assinatura válida de ambos. Também é possível vincular a sua conta do Spotify. A falha fica para a ausência de outras alternativas, como o Deezer, por exemplo. Mesmo assim, a pessoa pode transmitir o som desses apps sem suporte nativo pelo smartphone – e sem acesso direto pela caixa de som inteligente.

Em vídeos e imagens, são duas as opções principais disponíveis: o nativo Google Fotos e a parceira Netflix. Por não ter uma tela para exibir as informações visuais, você pode dar o comando para exibir em algum de seus outros dispositivos conectados.

O Google também disponibiliza acordos com uma série de veículos de comunicação, como O Globo, Folha, Jovem Pan, CBN, Veja, Estadão, UOL e Gazeta Esportiva. Todos com conteúdo produzido em áudio (podcasts). Caso prefira ouvir uma rádio, o smart speaker busca as estações por meio do TuneIn.

Compensa?

Caso você deseje um dispositivo que permite servir como uma central de comandos para os seus demais aparelhos conectados, o Nest Mini é uma opção satisfatória. Tanto pelo design discreto quanto por suas funções, ele não decepciona na hora de fazer o seu trabalho.

O modelo também é indicado se você não tiver outros dispositivos inteligentes na sua casa – como lâmpada ou eletrodomésticos –, mas quer acessar recursos de forma independente do smartphone, como poder saber a previsão do tempo, ouvir música, escutar as últimas notícias e ficar por dentro do quanto leva de um lugar a outro apenas com comandos de voz.

Por isso, ele pode ser considerado uma “porta de entrada” para uma casa conectada. Ao ter um aparelho como o Nest Mini, o usuário consegue vários recursos sem precisar do celular, apenas com comandos de voz, além de poder adquirir aos poucos mais dispositivos inteligentes no futuro. Desta maneira, o smart speaker poderá popularizar o conceito no país.

O Google Assistente também proporciona uma grande quantidade de parcerias para integração do Nest Mini. Mesmo se você tiver uma Smart TV sem Android, mas com aplicativo para gerenciamento remoto – como é o caso do Smart Things da Samsung –, ao menos poderá ligar e desligar por meio do modelo do Google.

Apesar de ser encontrado pelo mesmo preço – R$ 349 – ofertado pelo concorrente direto da Amazon, Echo Dot, o Nest Mini pode ficar mais interessante ainda neste período próximo à Black Friday.

E aí, chegou a experimentar o Google Nest Mini em sua casa? Acredita que ele compensa em relação aos concorrentes? Relate para a gente como foi a sua experiência.


3

Comentários

Google Nest Mini é a "porta de entrada" para uma casa conectada | Análise / Review
Android

Melhor celular ou smartphone: TOP 10 para você comprar | Janeiro 2020

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor desempenho | Guia do TudoCelular

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor autonomia | Guia do TudoCelular