LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

AV1: Google libera nova versão do codec com melhorias na codificação de vídeos em CPU

27 de setembro de 2022 0

O Google anunciou na segunda-feira (27) o lançamento de uma nova versão do AV1, o formato de codificação de vídeos criado pela AOMedia, um consórcio formado por gigantes tecnológicas que incluem a Amazon, Intel, Microsoft e Netflix. Com a atualização, a ferramenta passa a se tornar ainda mais eficiente em diversas plataformas.

De acordo com suas notas de lançamento, o AV1 3.5 mantém compatibilidade com a versão anterior. A atualização traz novas APIs para que desenvolvedores extraiam o melhor que a tecnologia pode oferecer em suas aplicações. O changelog cita melhorias de velocidade ao codificar com CPU e otimizações no uso de memória.

(Imagem: Reprodução)

Testes mostraram que a nova versão do recurso pode usar codificação paralela de quadros para obter uma melhoria de desempenho de 30% a 34% em vídeos com resolução Full HD (1080p) em uma CPU de 16 threads ou mais, enquanto Quad HD e 4K possuem uma redução de 18% a 20% no tempo de codificação em uma CPU de 32 threads.

Software de edição de vídeo e ferramentas de gravação e streaming, como o OBS Studio, serão especialmente beneficiados com a codificação paralela. A nova versão habilita esse recurso por padrão, portanto, quanto mais threads estiverem disponíveis na CPU, mais ágil e eficiente será o processo, dispensando a necessidade de uma GPU com suporte nativo ao AV1.

Para aqueles que não possuem os processadores com especificações mais avantajadas, as otimizações no uso de memória podem garantir que o tempo de renderização seja reduzido significativamente.

O AV1 está presente em diversas plataformas de streaming — como Netflix e YouTube — e aplicativos utilizados globalmente, como navegadores. O codec também reflete na forma em que as fabricantes de hardware constroem seus produtos. A NVIDIA e Intel, por exemplo, lançam placas de vídeo com suporte nativo à decodificação desse conteúdo.


0

Comentários

AV1: Google libera nova versão do codec com melhorias na codificação de vídeos em CPU
Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Asus

ASUS lança novo celular gamer ROG Phone 5s e 5s Pro no Brasil; confira os preços

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas