LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Versão Global, internacional ou shop ROM? Saiba as diferenças entre elas | TudoCelular Entenda

09 de maio de 2020 4

A cada hora aparece uma taxa nova. É homologação, taxa de serviço dos correios, taxa de armazenamento, isso tirando os impostos altos que podemos pagar, mais multas. Ainda assim, a compra de smartphones importados segue sendo muito popular no Brasil.

Marcas como Xiaomi, Huawei e outras atraem a atenção dos consumidores, mesmo estando oficialmente no mercado nacional. Marcas que ainda não chegaram por aqui, como a OnePlus e Realme também são preferidas, mesmo com o dólar mais alto.

Mas, você acessa o site para escolher o seu modelo e uma dúvida aparece: qual versão do sistema ou do aparelho você deve comprar? Na hora da compra, você se depara com opções como versão global e versão internacional, ou ainda Shop ROM.

Comprar a versão errada pode trazer dor de cabeça, por isso vamos explicar rapidinho a diferença entre eles aqui no TudoCelular Entenda.

Oficial vs. modificada

A principal diferença entre as versões global e internacional está na sua origem, uma característica que vai definir algumas coisas importantes no smartphone. A primeira, versão global, é uma plataforma oficial da fabricante, criada para atender o maior número de países possíveis, fora do tradicional mercado chinês.

Já a segunda, versão internacional ou shop ROM, é uma edição modificada do sistema operacional, também desenvolvida para operar em um maior número de nações. Mas essa versão não é feita pela própria fabricante.

Por isso, o ideal, para quem não conhece muito de tecnologia ou não quer ficar mexendo em áreas mais profundas do smartphone, é comprar a versão Global de um modelo.

E cuidado, pois vendedores ruins falam que um smartphone é versão Global e, quando chega o celular em sua casa, não é. Para saber se um smartphone Xiaomi possui versão global, por exemplo, acesse o site en.miui.com e procure o modelo.

Atualizações não são para todos

Por ser uma versão oficial, a global permite que o usuário receba atualizações de segurança e de versões do Android normalmente ao longo dos meses, é como um aparelho oficial normal. Os updates chegam por OTA, ou seja, você baixa direto no smartphone, não precisa baixar de outro lugar e colocar em seu aparelho. A atualização chega diretamente da empresa que fabrica o dispositivo, de forma automática.

Já a ROM internacional não entrega suporte a atualizações. Então, caso você queira mudar a compilação do Android, a versão dele, vai precisar fazer isso manualmente, por meio de novas ROMs customizadas. Baixando da internet e instalando na unha. Isso precisa de um conhecimento maior de ROMs, boot, root e outros termos mais complexos.

Português brasileiro? Nem sempre

Um outro ponto importante são os idiomas. A versão global costuma trazer todas as línguas e possui o português brasileiro como opção.

Já a ROM de edições internacionais dependem de quais idiomas foram inseridos pelo desenvolvedor na plataforma, geralmente um lojista. Assim, não é difícil comprar um smartphone com a chamada shop ROM e ter somente o português europeu.

Outros problemas

Por fim, as distinções entre versão global e internacional podem ir além de questões de software. Isso pode interferir até em coisas como o suporte a frequências de 4G, que pode ser diferente em cada país e pode não suportar as bandas brasileiras. A quantidade de bandas disponíveis pode variar para mais ou menos, conforme os mercados para os quais a versão é focada.

Uma shop ROM também pode impedir que você consiga acessar alguns aplicativos, e alguns podem ser essenciais. Muitas pessoas que compram um celular com shop ROM relatam que não conseguem utilizar Netflix e nem apps de banco, por exemplo. E um aviso: algumas lojas chamam shop ROM de ROM global. Isso é diferente de versão global, e também pode significar que a ROM foi instalada pelo lojista.

Conexões podem dar problema, e uma das que mais mostra isso é o NFC. Comprando um smartphone que não é global, há boas chances de o NFC não funcionar, por ser específico para a China, e de não ser possível usar o Google Pay.

Por que isso acontece?

Nem todos os smartphones são criados e lançados para serem vendidos pelo mundo, ou no Brasil. Alguns aparelhos são exclusivos para o mercado chinês, e fabricantes como a Xiaomi, Huawei e outras decidem isso de acordo com demandas de mercado.

Um aparelho 5G, por exemplo, ainda não tem demanda no Brasil, por motivos de "não temos 5G aqui ainda", então não faz sentido para as marcas venderem modelos que tenham 5G aqui, que até viriam mais caros. Na China o 5G está se espalhando, e lá faz sentido. Dessa forma, a marca não gasta dinheiro adaptando o software e até o hardware para o mundo todo.

Alguns itens do software são muito específicos para a China. Por lá, por exemplo, eles usam muito o app WeChat. Não apenas para conversar, mas também para movimentar dinheiro, acessar informações e outros. Por isso, smartphones de lá vêm com esse app instalado, mas para você não seria legal se viesse WeChat já instalado ocupando espaço, não é mesmo?

Chineses usam o smartphone de um jeito muito diferente do nosso. E é por isso que temos modelos que têm nomes diferentes. O K20 Pro da Xiaomi, por exemplo, vem apenas com a ROM chinesa. A versão que essa fabricante preparou para o resto do mundo é a que conhecemos por Mi 9T Pro.

Se você quiser dar uma de esperto e comprar um K20 Pro, a única diferença é que vai receber ou um smartphone todo em chinês ou com um sistema que não vai ser atualizado pela Xiaomi depois. Não tem nenhum sentido.

Para vender mais modelos pelo mundo, lojas instalam as shop ROMs, versões internacionais, em aparelhos que não são programados para o resto do mundo, sem muito compromisso com o usuário. Com a compra feita, não é do interesse da loja que seu smartphone seja atualizado ou que venha em um idioma ou banda de rede que você precise.

E se depois o seu smartphone não for atualizado, você vai reclamar com a fabricante, não é? Por isso, confira sempre se é a versão global ou se existe a versão global do smartphone que você quer antes de comprar. A não ser que você goste de desbloquear o aparelho, fazer root, mexer com ROMs customizadas. Aí, divirta-se com as shop ROMs!

*Uma colaboração conjunta entre Rafael Barbosa e Stella Dauer.

Ficou claro? Agora responda para nós aí nos comentários qual versão de ROM você prefere para comprar o seu smartphone importado.


4

Comentários

Versão Global, internacional ou shop ROM? Saiba as diferenças entre elas | TudoCelular Entenda
Tech

Coronavírus: Brasil chega a 57.070 mortes em 1.313.667 casos confirmados | Relatório diário

Apple

Agora tem widgets? iOS 14 e todas as suas novidades | Hands-on em vídeo

Android

Melhor celular ou smartphone: TOP 10 para você comprar | Junho 2020

Tech

De Peste Antonina à Covid-19: pandemias que abalaram o mundo | Detetive TudoCelular