LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Huawei adia lançamento de novo notebook por período indeterminado

12 de junho de 2019 2

A Huawei decidiu adiar o lançamento do seu mais novo notebook durante evento na CES Asia 2019 por tempo indeterminado. Previsto para ser anunciado esta semana, a empresa não fará mais a revelação por conta das limitações da guerra econômica entre os Estados Unidos e a China.

Como consequência da disputa entre os governos, as empresas de sede nos EUA agora não podem trabalhar com a Huawei por decreto do próprio Donald Trump, e isso significa que a fabricante chinesa não tem permissão para utilizar o sistema operacional Windows da Microsoft ou mesmo os processadores e chips da AMD e Intel além de vários outros componentes de seu notebook.


Esta é a principal mudança da empresa em relação a sua postura de anúncios desde que o governo Trump proibiu que empresas estadunidenses trabalhassem ou fornecessem equipamentos para a Huawei. A companhia já havia anunciado alguns smartphones como o Maimang 8 e recentemente informações vazadas detalharam que a companhia pretende anunciar a dupla da linha Nova 5 ainda este mês, com o P20 Lite (2019) já tendo especificações reveladas.

Enquanto a empresa já parece estar acelerando o desenvolvimento do ArkOS, substituto do Android OS para os seus smartphones e que parece estar atraindo a atenção de gigantes da indústria como a Oppo e a Xiaomi, fica praticamente impossível para a companhia seguir no setor de notebooks: sem Windows, as poucas alternativas que sobram são o Chrome OS, proibido por conta do Google, e Linux, também proibido por ser de distribuição estadunidense.

Talvez a empresa possa se salvar no quesito smartphones, mas é muito difícil saber qual pode ser o futuro da Huawei a partir de agora. Fique atento ao TudoCelular pois estamos acompanhando de perto todas as novidades e desdobramentos deste caso.


2

Comentários

Huawei adia lançamento de novo notebook por período indeterminado
  • "sem Windows, as poucas alternativas que sobram são o Chrome OS, proibido por conta do Google, e Linux, também proibido por ser de distribuição estadunidense."

    O Kernel Linux (que nunca é demais lembrar, é apenas o kernel, núcleo, do sistema operacional) está sob a licença GPL, ou seja, nenhum governo pode impedir nenhuma pessoa ou fabricante de usá-lo, poderiam proibir empresas como a SUSE, RedHat ou Canonical, que desenvolvem sistemas operacionais baseados em Linux, de comercializar com chinesas, mas ainda assim, não podem impedir a Huawei ou seja lá quem for de usar as partes Free & Open Source dos sistemas.

    Inclusive, existem distribuições Linux chinesas muito interessantes, como o Deepin (que seria a melhor alternativa para a Huawei) ou o Ubuntu Kilyn.

      • Li a respeito das soluções encontrados pela Huawei a respeito do processadores da AMD, um acordo comercial em que forneceria os processadores e placa gráfica, juntamente com o sistema operacional Windows. Porém, já está praticamente pronto o novo Matebook Pro. Até o chegar o CES Asia 2019, teremos algumas reviravoltas interessantes...

          Android

          Melhores smartphones: TOP 5 do TudoCelular para você | Junho 2019

          Especiais

          Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas

          Android

          TOP 10 smartphones de elite com melhor desempenho | Guia do TudoCelular

          Android

          TOP 10 smartphones de elite com melhor autonomia | Guia do TudoCelular