LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

LG Velvet mostra que software bem otimizado faz toda a diferença | Teste de bateria em tempo real

24 de setembro de 2020 57

A LG anunciou o Velvet no Brasil na última semana, sendo o modelo o primeiro da "nova fase" da sul-coreana que promete sacudir o tão estagnado mercado de smartphones.

Com proposta de atrair os consumidores pelo seu design único, a versão brasileira do Velvet troca o chip intermediário Snapdragon 765G usado em países onde o 5G está mais difundido pelo Snapdragon 845, usado em flagships de 2018 como Galaxy S9 e o próprio LG G7 ThinQ, garantindo ótimo desempenho como compensação para a falta da rede de quinta geração.

Chegou a hora de começarmos a ver se os R$ 4.300 pedidos pela LG no Velvet são uma boa ideia em relação a rivais lançados em faixa de preço similar, como o Galaxy S10 Lite da Samsung e o iPhone 11 da Apple, que foram lançados no Brasil por R$ 4 mil e R$ 5 mil, respectivamente.

Mais Notícias

Como sempre, antes de nossa análise completa precisamos fazer o teste de bateria em tempo real, onde veremos na prática como os 4.300mAh incluídos pela LG no Velvet se saem. Neste teste executamos vários apps, jogos e serviços populares em ciclos cronometrados até que a bateria se esgote por completo, dando um tempo em standby entre os ciclos para que possamos registrar o consumo dos processos em segundo plano.

Resultados

Após mais de um dia de testes com o Velvet, chegamos aos seguintes resultados:

  • Foram necessárias 20 horas e 36 minutos para o dispositivo desligar.
  • A tela permaneceu ligada por 10 horas e 13 minutos.
  • Realizamos 14 ciclos completos de testes, incluindo:
    • 84 minutos de navegação no Chrome;
    • 420 minutos de WhatsApp, Spotify, PowerAmp, MX Player e YouTube (84 minutos cada);
    • 84 minutos de jogos (Pokémon Go, Subway Surfers, Candy Crush, Injustice, Modern Combat 5 e Asphalt 8);
    • 84 minutos de Facebook, Gmail e Google Maps (28 minutos cada);
    • 56 minutos de chamadas de voz via 3G/4G;
  • O app que mais consumiu foi o Modern Combat 5;
  • O app que menos consumiu foi o GMail;
  • O consumo em standby ficou em 1% por hora;
  • O carregador padrão de 16,2W precisou de 1 hora e 38 minutos para preencher a bateria do Velvet de 0 a 100%.
Conclusão

O Velvet surpreendeu positivamente em autonomia. Mesmo contando com 4.300mAh, algo considerado mediano para um modelo com hardware potente de dois anos atrás e tela grande Full HD+, o aparelho demonstrou que boa otimização de software ainda é um dos pontos fortes da LG.

Ele foi capaz de superar rivais como Galaxy A71 e Motorola Edge, ambos com 4.500mAh, porém ficou atrás do Galaxy S10 Lite, que tem mesma capacidade e chip da série Snapdragon 800 mais recente que o modelo da LG. O Velvet também superou o iPhone 11, que já pode ser encontrado pelo mesmo preço cobrado em seu lançamento.

Já o tempo de recarga não foi exatamente um primor, especialmente para um modelo lançado por mais de R$ 4 mil, sendo necessário mais de 1 hora e meia na tomada para a bateria ir de 0 a 100%. Rivais como Galaxy S10 Lite e Galaxy A71, que contam com carregador de 25W na caixa, precisaram de alguns minutos a menos mesmo possuindo bateria maior.

Transmissão encerrada!

24/9/2020 - 11.54

Nosso teste de bateria em tempo real com o Velvet fica por aqui, em breve atualizaremos a página com um resumo dos resultados alcançados e nossa conclusão sobre a autonomia do aparelho.

24/9/2020 - 11.53

O Modern Combat 5 foi o app que mais consumiu, ficando o GMail ao final da lista.

24/9/2020 - 11.53

Foram 20 horas e 36 minutos de teste até que o aparelho desligasse, com 10 horas e 13 minutos de tela ativa no período.

24/9/2020 - 11.52
24/9/2020 - 11.50

Vamos ligar novamente o aparelho para registrar o consumo total.

24/9/2020 - 11.50

O Velvet acabou de desligar.

24/9/2020 - 11.19

O ciclo 15 começa com os mesmos 5%.

24/9/2020 - 10.56

Daremos mais uma pausa antes de iniciar o ciclo 15 para ver até onde ele vai.

24/9/2020 - 10.54

Chegamos à reta final do teste com o Velvet, tendo apenas 5% de carga restante.

24/9/2020 - 09.53
O ciclo 14 começa com 12% de carga.
24/9/2020 - 09.25
Vamos para mais uma pausa antes do ciclo 14.
24/9/2020 - 09.25 O ciclo 13 nos deixou com 13% de carga no Velvet.
24/9/2020 - 08.29

Vamos para o ciclo 13 com ainda 21% de carga.

24/9/2020 - 08.05

Estamos em mais uma pausa antes do ciclo 13.

24/9/2020 - 08.05

Seguindo a média apresentada até aqui, devemos ter carga suficiente para mais dois ou três ciclos, a depender de como o Velvet se porta nessa reta final.

24/9/2020 - 08.04

Fechamos o ciclo 12 com 21% de carga.

24/9/2020 - 07.02

Bom dia! Seguimos para o segundo dia de teste com o Velvet, começando agora o ciclo 12.

23/9/2020 - 22.50
O Velvet foi desligado com 28% de carga. Amanhã retomaremos o teste direto no ciclo 12, começando às 7 horas da manhã. Boa noite.
23/9/2020 - 22.19
Vamos para mais um tempo de standby.
23/9/2020 - 22.19
São quase 8 horas de tela em pouco mais de 15 horas de teste.
23/9/2020 - 22.19 Ficamos com 28% de carga após 11 ciclos completos com o Velvet.
23/9/2020 - 21.22
O ciclo 11 começa com 35% de carga.
23/9/2020 - 20.56
Daremos mais um intervalo antes do ciclo 11.
23/9/2020 - 20.56
Até aqui o app que mais consumiu foi o MX Player, seguido por YouTube, Chrome e WhatsApp.
23/9/2020 - 20.55 O ciclo 10 nos deixou com 35% de carga no Velvet.
23/9/2020 - 19.56
Começamos o décimo ciclo com 41% de carga.
23/9/2020 - 19.28
Hora de mais um intervalo antes do décimo ciclo.
23/9/2020 - 19.28 O nono ciclo nos deixou com 42% de carga.
23/9/2020 - 18.33
O ciclo 9 começa com 48% de carga.
23/9/2020 - 18.01
Daremos mais uma pausa rápida antes do ciclo 9.
23/9/2020 - 18.01 O oitavo ciclo nos deixou com 49% de carga.
23/9/2020 - 17.02
O oitavo ciclo começa com 55% de carga.
23/9/2020 - 16.35

Vamos para mais uma pausa antes do oitavo ciclo.

23/9/2020 - 16.35

Temos 56% de carga restantes no Velvet após 7 ciclos completos.

23/9/2020 - 15.36

Vamos para o sétimo ciclo com 63% de carga.

23/9/2020 - 15.10

Hora de mais um intervalo antes do sétimo ciclo.

23/9/2020 - 15.10

Temperatura vem se mantendo em uma boa faixa até aqui.

23/9/2020 - 15.10

Temos 64% de carga ao final do sexto ciclo.

23/9/2020 - 14.11

O sexto ciclo começa com os mesmos 70% de carga.

23/9/2020 - 13.43

Hora de mais um intervalo.

23/9/2020 - 13.43

São pouco mais de 3 horas e meia de tela ativa até aqui, com quase 7 horas de teste.

23/9/2020 - 13.43

Perdemos mais 7% de carga neste quinto ciclo.

23/9/2020 - 12.46

Temos ainda 77% de carga após mais esse tempo em standby. Vamos agora ao quinto ciclo.

23/9/2020 - 12.18

Vamos para mais uma pausa rápida.

23/9/2020 - 12.18

O Velvet marca 77% de carga ao final do quarto ciclo.

23/9/2020 - 11.20

O ciclo 4 começa com os mesmos 84% de carga.

23/9/2020 - 10.54

Vamos ver se o consumo se estabiliza a partir do próximo ciclo. Mas antes, mais uma pausa.

23/9/2020 - 10.53

Ficamos com 84% de carga ao final do terceiro ciclo.

23/9/2020 - 09.56

Seguimos para o terceiro ciclo com ainda 91% de carga.

23/9/2020 - 09.28

Vamos para mais uma pausa antes da terceira volta.

23/9/2020 - 09.28

Então, a quem perguntou, sim, o primeiro ciclo sofreu do "bug dos 100%".

O LG Velvet está disponível na Kabum por R$ 3.589 e na Casasbahia por R$ 3.799. O custo-benefício é médio mas esse é o melhor modelo nessa faixa de preço. Para ver as outras 9 ofertas clique aqui.
(atualizado em 28 de outubro de 2020, às 01:44)

57

Comentários

LG Velvet mostra que software bem otimizado faz toda a diferença | Teste de bateria em tempo real
Tech

Coronavírus: Brasil chega a 157.946 mortes em 5.439.641 casos confirmados | Relatório diário

Android

Melhor celular ou smartphone: TOP 10 para você comprar | Setembro 2020

Apple

Agora tem widgets? iOS 14 e todas as suas novidades | Hands-on em vídeo

Tech

De Peste Antonina à Covid-19: pandemias que abalaram o mundo | Detetive TudoCelular