LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

PL2, PL5 e PL7: caixas de som LG Xboom Go são as novas rainhas da balada? | Análise / Review

17 de outubro de 2020 9

A LG anunciou há uma semana a chegada de sua nova linha de som Xboom Go, que inclui três modelos, as PL2, PL5 e PL7. A gigante sul-coreana enviou os três modelos para testes, e nessa análise tripla, destrincharemos cada uma delas e, sobretudo, as diferenças entre cada uma.

Será que os lançamentos da LG são o suficiente para bater de frente com caixas de som de concorrentes que chegaram recentemente? É o que você confere nessa análise tripla.

Construção

A construção segue os mesmos moldes nos três modelos, com algumas e importantes diferenças. Todas as caixas têm formato cilíndrico e construção em plástico cinza-chumbo, uma discreta e pequena base que para manter as caixas na superfície e que não é visível sobre a mesa. Os diafragmas laterais ficam posicionados não em ângulo reto, mas formando uma espécie de trapézio e contam com uma faixa circular que é retroiluminada nos dois modelos maiores. Na parte frontal estão os furos para as saídas de som e na traseira uma grande inscrição Xboom e o logo da LG. Na parte de cima estão os controles dos dispositivos, com os botões de energia, Bluetooth, volume mais e menos, Play/Pause e Sound Boost.

Os três modelos têm aspecto semelhante, mas se diferenciam obviamente no tamanho e no peso. Contudo, há diferenças sobretudo entre a PL2 e as demais. Mais compacta do trio, a PL2 foi “sacrificada” em dois aspectos: os radiadores de som laterais não contam com iluminação e são fixos. Um deles esconde ainda as entradas para cabo auxiliar, conexão USB Tipo C, indicador de bateria e botão dual speaker. A base nem sempre é o suficiente para mantê-la em pé, e pode acontecer de, num uso menos atento, ela começar a rolar pela superfície.

Já a PL5 e a PL7 se assemelham no design, com diferenças óbvias em tamanho, peso e capacidade. Mas a construção das três é semelhante e mostra que ambas pertencem à mesma família. No caso das PL5 e PL7, a traseira ainda abriga uma série de botões que ficam escondidos: são eles os modos multi e dual, botão de luz para acender os LEDs, reset, USB-C e auxiliar. A PL7 conta ainda com uma entrada USB-A, que pode servir para carregar um smartphone, por exemplo.

Conexão, aplicativo e pareamento

Os três modelos são Bluetooth e possuem saída auxiliar para cabos P2. Então, na prática, basta apenas ligar os dispositivos, tocar no botão dedicado e pareá-las com o celular para a magia acontecer, certo? Sim, mas se você quiser ter acesso a todos os recursos disponíveis, pode acessar um aplicativo, o LG Xboom, disponível para Android e iOS.

O uso do aplicativo Xboom é opcional e tem lá suas vantagens, como ter um módulo de reprodução de faixas que estão no aparelho,o controle da iluminação das duas caixinhas e também uma conexão mais fácil entre dos modelos PL2 ou o modo multi com as PL5 e PL7, mas sua única opção de equalização é ativar o sound boost.

Se o aplicativo não for algo fundamental na sua experiência de uso, basta apenas parear o celular ou qualquer outro dispositivo Bluetooth e a caixinha e aproveitar.

LG XBOOM

Desenvolvedor: LG Electronics, Inc.

Grátis

Tamanho: Varia de acordo com o sistema

Modos multi e dual

Chega a hora de uma pequena decepção com a PL2. Ela não conta com modo multi, somente o dual, e isso significa que ela se comunica apenas com outra PL2. E é aqui que vemos que a proposta da PL2 é diferente das demais, apesar de serem da mesma família. Ela é compacta, mas é a mais limitada das três.

Já os modelos PL5 e PL7 conversam entre si e, embora seja possível fazer o pareamento com os botões, o processo não é tão intuitivo, e nossa recomendação é fazer a comunicação entre elas a partir do aplicativo LG Xboom, e um pouco de paciência se você for usuário de iPhone.

Testamos os dois modelos maiores funcionando juntos, e a experiência é realmente excelente de áudio, e ainda melhor quando utilizadas com o sound boost ligado. Talvez não seja o suficiente para uma festa com centenas de pessoas, quando for permitido, mas fará um belo trabalho em uma pool party com amigos. Por falar em piscina, os três modelos contam com proteção IPX5, o que significa que elas podem se molhar, mas não devem ser usadas dentro da água.

Vale destacar que a linha conta com microfone embutido e, ao apertar e segurar o botão Play/Pause, ela ativa o Google Assistente ou aquele que desejar (Alexa ou Bixby, no caso de celulares Samsung)

Qualidade de som

As três caixas de som da LG contam com assinatura Meridian, empresa britânica pioneira e líder mundial em áudio de alta resolução, e isso faz a diferença, muito graças à tecnologia DSP (sigla para processamento de sinal digital, que permite controle absoluto sobre o sinal de áudio). Os vocais são nítidos e o som não tem falhas aparentes em nenhum dos modelos, mesmo a mais básicas. Mas há, sim, diferenças entre elas.

Começando pela PL2, o áudio é encorpado, mais voltado aos médios, mas isso é resolvido com o sound boost que, diferente de modelos de outras marcas (como a Wonderboom 2, testada aqui), entrega mais graves ao ser acionado. O som é envolvente e forte para seu tamanho, lembrando que é a mais compacta das três. Não há distorções em volume máximo e, para um divertimento em família ou como saída de som de um computador, seus 5W de potência são o suficiente. Como os radiadores laterais não funcionam aqui, são apenas parte do design, é fácil abafar o som com uma mão.

Já a PL5, embora não tão grande quanto sua irmã maior, entrega um áudio ousado e, em termos de volume, a experiência é similar à da PL7. Ela também privilegia os médios, mas sua maior extensão e diafragmas dá sensação de maior imersão, o que é mais do que suficiente, por exemplo, para uma reunião com amigos – respeitando obviamente o isolamento social – ou uma festa de família com parentes. Aqui o sound boost sacrifica os graves em troca de um som mais equilibrado e alto, o contrário de sua irmã mais menor. Em volume máximo não há nenhuma distorção, e o som é agradável de ouvir sozinho mesmo no volume mínimo. Sua potência é de 20W

O modelo maior, a PL7, é para aqueles que desejam a experiência mais extrema de som. Em volume, ela não é tão diferente da PL5, mas seu tamanho permite um som ainda mais encorpado e envolvente. O sound boost entrega mais volume, mas os graves permanecem quase intactos. Seu som é tão potente que pode ser utilizada como auxiliar para televisão – como foi o caso em boa parte dos testes feitos aqui -, e substitui modelos básicos e até intermediários de soundbar. Tem potência de 30W.

Para proprietários de TVs da LG, ela ainda oferece tecnologia Bluetooth Surround, bem como no modelo PL5. O volume máximo é tão alto que, em apartamentos, é difícil reproduzir qualquer música sem incomodar vizinhos. 70% do volume já é mais do que o suficiente para atividades cotidianas.

Bateria

Aqui vale um capítulo à parte. Os três modelos são grandes em termos de capacidade de bateria. A LG promete 10 horas de som na PL2, 18 horas na PL5 e até 24 horas na PL7. Testamos os dois primeiros modelos como saída de som auxiliar do computador em um dia inteiro de uso doméstico, editando vídeos ouvindo áudios diversos e música durante todo o expediente, e não conseguimos drenar a bateria de nenhuma delas.

No caso da PL7, utilizamos durante um dia inteiro do fim de semana como auxiliar da TV, assistindo lives e séries em serviços de streaming e, mesmo com ela a 30% inicialmente, ela deu conta de aguentar quase dez horas ligada sem precisar ir para a tomada. Por sorte, os três modelos têm saídas USB-C, e podem utilizar os mesmos cabos de celulares. Ela permite ainda carregar o celular por ter uma saída USB-A.

Vale a pena?

A linha Xboom Go tem três modelos que, embora se pareçam, têm propostas diferentes. A menor é a mais acessível, mas limitada, embora entregue um ótimo som, o que é sua proposta original. Suas limitações, contudo, são acessórios, e para o uso cotidiano, ela entrega ótimo som. Já sua irmã maior, a PL5, parece a mais equilibrada das três, porque fornece ótimo som, excelente autonomia de bateria e som com volume semelhante ao do modelo superior, embora não tão encorpado. Já a PL7 é a mais avançada, com autonomia de bateria impressionante e o som mais envolvente da linha.

A qualidade de som com assinatura Meridian impressionou nos três modelos, e mesmo a menor das três é uma boa concorrente na faixa de preço mais acessível, enquanto a maior, mais pesada funciona como uma excelente auxiliar até para televisores, mas seu preço pode ser um fator que desestimule. Por isso, nossa recomendação aqui é a PL5, que tem os principais atributos da PL7 e é leve e portátil.

O mercado de caixas de som portátil está muito equilibrado, e marcas como Ultimate Ears, JBL, Harman e Sony apresentam modelos competitivos, mas a LG conseguiu entregar uma linha de respeito com a família Xboom Go.

Prós e contras
Som com assinatura MeridianProteção IPX5Autonomia de bateria dos três modelosModo sound boost Qualidade sonora em volume máximoModo Multi
PL2 tem diafragmas laterais fakeLuzes são apenas decorativas, e não existem na PL2PL2 não conta com modo multi
Ofertas

9

Comentários

PL2, PL5 e PL7: caixas de som LG Xboom Go são as novas rainhas da balada? | Análise / Review
Android

Black Friday 2020 TudoCelular: as melhores promoções em celular

Android

Encontre ofertas e compare preços com o TudoCelular | Guia Black Friday 2020

Android

O melhor celular para comprar na Black Friday 2020

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas