LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

iPhone XS, XS Max e Apple Watch: empresa explica limitações dos aparelhos vendidos no Brasil

09 de novembro de 2018 5

Após o fim da primeira semana de pré-venda, a Apple já inciou o processo de entrega dos iPhone XR, XS e XS Max para os primeiros consumidores. Além disso, a data também marca o início das vendas em lojas físicas e varejistas brasileiras.

Agora, para tirar as principais dúvidas dos consumidores, a Apple explicou alguns pontos importantes. O primeiro deles é que os aparelhos vendidos em terras brasileiras possuem uma entrada para nano SIM tradicional e o suporte ao chip eletrônico para adição de uma segunda linha.

No entanto, a gigante de Cupertino afirma que, até o momento, a tecnologia do SIM eletrônico ainda não é compatível com as operadoras que atuam no mercado nacional. Desta forma, conforme já mostramos, a funcionalidade só poderá ser usada em viagens ao exterior.


Apesar de serem encontrados por valores mais baixos em varejistas, nos canais oficiais da Apple, os preços cobrados pelos novos iPhone XR, XS e XS Max são:

iPhone XR

  • 64 GB - R$ 5.199
  • 128 GB - R$ 5.499
  • 256 GB - R$ 5.999

iPhone XS

  • 64 GB - R$ 7.299
  • 128 GB - R$ 8.099
  • 256 - R$ 9.299

iPhone XS Max

  • 64 GB - R$ 7.999
  • 256 GB - R$ 8.799
  • 512 GB - R$ 9.999

Apple Watch sem eletrocardiograma

Outra informação importante revelada pela Apple ao TecMundo é que o recurso de eletrocardiograma ainda não está disponível para usuários brasileiros. Isso porque a funcionalidade não foi liberada nos Estados Unidos onde a empresa trabalha com a FDA - órgão governamental - para conseguir as certificações necessárias.

Desta forma, a gigante de Cupertino afirma que consumidores de outros países como o Brasil precisarão aguardar um pouco mais para usar a funcionalidade, que também precisará passar por aprovação de reguladores locais. Por isso, para evitar problemas, a Apple até tomou medidas extras para que usuários não consigam burlar as restrições de acesso ao recurso.

O novo Apple Watch já está disponível para venda com preços que começam em R$ 3.999 para o modelo com 40 mm que traz corpo de alumínio e apenas GPS. Já a versão mais cara do relógio é a de 44 mm que custa R$ 12.399 e tem corpo de aço inoxidável, conexão celular e pulseira exclusiva Hermès.

(atualizado em 16 de novembro de 2018, às 10:50)

5

Comentários

iPhone XS, XS Max e Apple Watch: empresa explica limitações dos aparelhos vendidos no Brasil
Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor desempenho | Guia do TudoCelular

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor autonomia | Guia do TudoCelular

Android

TOP 10 smartphones intermediários com melhor desempenho | Guia do TudoCelular

Android

TOP 10 smartphones intermediários com melhor autonomia | Guia do TudoCelular