LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Preocupada? Samsung revê plano de negócios devido ao crescimento das marcas chinesas

03 de dezembro de 2018 12

Não é segredo que a gigante Samsung vem enfrentando desafios que, de fato, assustam no voraz cenário da tecnologia móvel ao longo dos últimos dois anos.

Considerando o crescimento significativo de muitas marcas chinesas, o time sul-coreano tem sido ameaçado por tal expansão das companhias rivais.

Embora a Samsung ainda seja a maior fornecedora de celulares do planeta, seu crescimento estagnou e a empresa-mãe da geração Galaxy está enfrentando um declínio em muitas partes do mundo.

Como boa estrategista que é, Samsung já tomou muitas medidas para conter a queda nas vendas, apesar de que os resultados até agora não são nada expressivos.

De acordo com o último relatório, parece que a Samsung decidiu rever o desempenho da Edelman, sua parceira de relações públicas da divisão móvel. A empresa também está convidando outras agências para o novo plano de negócios da marca no ano que vem. Samsung transferiu seus negócios da Fleishman-Hillar para a Edelman, que também lida com as comunicações corporativas da empresa há quase três anos.


O investimento foi avaliado em US$ 2 milhões, algo que pode indicar uma nova agência de relações públicas para a Samsung – mesmo que por ora nenhuma nota oficial da empresa veio à tona. Muitas razões são atribuídas ao declínio da Samsung, mas o principal culpado, de acordo com os relatórios, parece ser o crescimento das marcas chinesas.

Vale refletir se um nova divisão de relações públicas realmente terá um impacto direto nas vendas de celulares da Samsung globalmente.


12

Comentários

Preocupada? Samsung revê plano de negócios devido ao crescimento das marcas chinesas
  • A Samsung tem que ficar mesmo preocupada e mudar sua postura arrogante em algumas questões. Não nego a capacidade de desenvolvimento de tecnologia que a Samsung tem. Mas, não adianta nada ter um Ferrari e ficar parado por falta de peças e/ou assistência. Melhor ter um Corolla que sempre funciona. Eu tenho 2 aparelhos da Samsung quebrados que não consigo consertar - MESMO QUERENDO PAGAR PELO CONSERTO - porque a Samsung proíbe a assistência técnica de realizar o serviço. UM ABSURDO! Que venham os chineses!! A empresa está proibindo seus representantes de prestar serviços em equipamentos adquiridos fora da Europa. Só porque quer... Não há qualquer impedimento técnico por parte dos parceiro em realizar o trabalho. Eu não compro mais. Quero ter o direito de quebrar minha tela em qualquer lugar do mundo sem ter que comprar outro equipamento.

      • Alguns anos se passaram, a febre do smartphone estabilizou e a população mundial (na sua maioria) percebeu que não é necessário gastar valores exorbitantes (em qq moeda) para se ter um smartphone que faz bem 90% do que vc precisa e estão todos muitos parecidos. Pra que gastar mais com Samsung, se um Xiaomi, Nokia, Huawei e outros custam menos ? Nenhum império dura a vida toda. Abre os olhos Samsung.

        • A Samsung não precisa mais de marketing, melhor começar a investir em preço competitivo, faz 3 anos que desisti de marcas nacionais, que além de caras, propositalmente travam seus aparelhos com pouco tempo para obrigar a comprar outro.

            • a samsung é conhecida, não precisa de marketing agressivo, e muita gente pesquisa celular da samsung quando vai fazer uma compra. O complicado é o preço... no ML você encontra xiaomi com valor 30% menor do que aparelhos samsung, motorolas também ... Enquanto isso não mudar, as coisas, mesmo que lentamente, vão piorar pra samsung

                • Xiaomi dominando

                    • Ela tem baixar preço....

                        • Lucro é mais importante que volume de vendas.

                          Aposto que mesmo sendo no màximo uns 17% das vendas , os S e N geram mais receita que J, C e A ... ( nem sei se teve linha C este ano)

                            • O grande problema não é Marketing e muito menos aparelhos.. O grande problema é o PREÇO que ela vem praticando..

                                • Pois é, cobrar aparelhos da linha J (como o J8 por 1.899,00 no lançamento) e Galaxy A8 (por + 1.200,00) sabendo que a Xiaomi cobra tops abaixo de 2.000 reais e tem intermediários muito bons por menos de 1.000 reais é burrice mesmo.

                                  • O grande problema não é Marketing e muito menos aparelhos.. O grande problema é o PREÇO que ela vem praticando..

                                      • O grande problema não é Marketing e muito menos aparelhos.. O grande problema chama *PREÇO* que ela vem praticando..

                                          Tech

                                          Coronavírus: Brasil chega a 57.070 mortes em 1.313.667 casos confirmados | Relatório diário

                                          Apple

                                          Agora tem widgets? iOS 14 e todas as suas novidades | Hands-on em vídeo

                                          Android

                                          Melhor celular ou smartphone: TOP 10 para você comprar | Junho 2020

                                          Tech

                                          De Peste Antonina à Covid-19: pandemias que abalaram o mundo | Detetive TudoCelular