LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Caro! Recém-lançado, Apex Legends já tem chuva de críticas por preços em itens pagos

16 de fevereiro de 2019 34

Apex Legends é um battle royale lançado há apenas duas semanas, mas que já está repercutindo bastante: propriedade da EA Games, o título já acumula 25 milhões de jogadores, e olha que (ainda) não está disponível para tablets e smartphones.

Porém, alguns jogadores já estão incomodados com uma das engrenagens do título: lançado gratuitamente, o modelo de arrecadação de Apex é basicamente pequenas compras cosméticas, ou seja, as famosas microtransações. Acontece que a desenvolvedora está metendo a mão, chegando a cobrar US$ 18 (R$ 66) por um único conjunto de arma com skin. E mais: é necessário comprar US$ 20 em créditos para um pagamento desses, já que o menor valor antes desse para a moeda do jogo é de US$ 10.

Sejamos honestos, com esse valor é possível comprar um bom jogo renomado na Steam, ou até alguns indies interessantes. Como era de se esperar, a comunidade está usando a internet para reclamar sobre os valores considerados extorsivos.


No Reddit um usuário comentou que não pensaria duas vezes em gastar algo entre US$ 3 e US$ 5 por um item cosmético. Outro agradeceu com ironia pelos preços praticados, pois assim ele não ficaria em dúvida se deveria comprar algo ou não, abandonando completamente a ideia.

Fato é que títulos similares como Fortnite e Overwatch não cobram US$ 18 nem nos itens mais raros dos jogos. No battle royale da Epic Games é comum valores até US$ 8 por roupagens e outros acessórios.

Há também um desbalanceamento de como os usuários que não gastam podem entrar em desvantagem: as recompensas por progresso ou itens disponíveis via Legend Tokens - a moeda gratuita de Apex - limita muito a expansão e personalização de heróis. Restrição não existente para quem compra Apex Coins.


Uma preocupação que a EA Games precisa ter é que, mais que oferecer qualidade de gameplay, o jogo precisa ser divertido para os usuários permanecerem fiéis. Uma política agressiva para itens cosméticos poderá afastá-los, e tendo como modalidade de arrecadação as microtransações, isso poderá ser prejudicial a longo prazo.

Quem pode já estar se adiantando com medo das dores de cabeça que Apex Legends pode dar é a Epic Games, que disponibilizou o passe da temporada atual de Fortnite gratuitamente para aqueles que completarem missões específicas.

Vale lembrar, até Counter Strike: Global Offensive ganhou um modo "cada por um por si" recentemente, mostrando que para 2019 o gênero seguirá em alta.

Apex Legends está disponível gratuitamente para PlayStation 4, Xbox One, e Windows 10.

E você, já experimentou Apex Legends? O que achou do jogo? Conte para a gente nos comentários!


34

Comentários

Caro! Recém-lançado, Apex Legends já tem chuva de críticas por preços em itens pagos
Android

Melhores smartphones: TOP 10 do TudoCelular para você | Março 2019

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor desempenho | Guia do TudoCelular

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor autonomia | Guia do TudoCelular