LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

A perder de vista! Apple faz parceria na China para oferecer iPhones em até 24 parcelas

25 de fevereiro de 2019 10

Desde a oficialização dos iPhones de 2018, a Apple esteve dando diversos sinais de que as coisas não andavam boas: o primeiro sinal foi um corte de preços no Japão, e depois um marketing muito mais agressivo que o de costume no seu programa de trocas, que oferece abatimentos na compra de um modelo novo caso você possua um aparelho iOS antigo.

Com o último relatório financeiro dela em 2018 veio a confirmação de que as vendas ficaram 15% abaixo do esperado. E bem, isso não foi resultado apenas da falta de interesse de parte do público, mas também de sanções que a Qualcomm conseguiu impor em mercados importantes, como Alemanha e China.

Nesses países a fabricante de chips conseguiu impedir a comercialização de diversos modelos do smartphone da Maçã, após vencer ações referentes a quebra de patentes. Com algumas adaptações, aos poucos ela vem podendo vender novamente os dispositivos, mas com as fabricantes chinesas oferendo preços tão agressivos e recursos robustos como nunca, ela precisou pensar em novas ideias.


Por isso, se aliou à financeira Huabei (sim, não estamos falando da Huawei) para oferecer aos potenciais consumidores um... crediário. Sim, agora muitos chineses estão aptos a terem crédito aprovado para parcelarem seus iDispositivos em até 24 parcelas sem juros.

Para isso basta ter o nome aprovado e efetuar compras que ultrapassem os 4 mil yuan, por volta de R$ 2,2 mil reais. Os iPhones de 2018, como o XR, começam com preços a partir de 6,5 mil yuan, então não é preciso comprar nenhum acessório ou produto a mais para entrar no enquadramento do crediário.

Vale observar que por lá todos os novos modelos do ano passado custam, em média, 30% menos que aqui. No Brasil, porém, pela Apple só é possível parcelar em até 12 vezes, e mesmo assim é necessário um cartão de crédito.

Um levantamento também confirmou o que já era a suspeita de muitos: nosso país tem o iPhone mais caro do mundo.

E você, se arriscaria a passar dois anos pagando parcelas de um smartphone da Maçã? Ou é do tipo que prefere comprar apenas quando já possui todo o dinheiro necessário? Conte para a gente nos comentários!

(atualizado em 20 de junho de 2019, às 09:12)

10

Comentários

A perder de vista! Apple faz parceria na China para oferecer iPhones em até 24 parcelas
Android

Melhores smartphones: TOP 5 do TudoCelular para você | Junho 2019

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor desempenho | Guia do TudoCelular

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor autonomia | Guia do TudoCelular