LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Pela igualdade! Intel cria campanha para aumentar a presença feminina na tecnologia

08 de março de 2019 3

Uma das gigantes mundiais no setor de tecnologia, com expectativa de receita de US$ 71,5 bilhões, a Intel trabalha cada vez mais para a maior inserção de mulher neste segmento da economia, considerado majoritariamente masculino.

Depois de ter divulgado um comunicado implementando a paridade salarial globalmente entre gêneros, a empresa anuncia uma ação específica para o mercado brasileiro. A empresa divulgou recentemente suas novidades tecnológicas durante a MWC19.

A empresa, em parceria com a PrograMaria, promove a iniciativa Mais Mulheres na Tecnologia, com uma série de ações especiais durante o mês de março. A intenção da parceria é aumentar a representatividade feminina na tecnologia, com impacto direto no número de mulheres nas áreas do STEM (Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática, em inglês), que são predominantemente masculinas.

Intel e PrograMaria querem aumentar esses número, levando adolescentes e jovens a conhecer mais opções em tecnologia. De acordo com uma pesquisa norteamericana da Girls Who Code, 74% das crianças e adolescentes do sexo feminino possuem interesse nessa área no período escolar, mas a taxa das que planejam seguir graduação em TI cai para apenas 0,4%.


No ensino superior, mulheres são apenas 35% do total de estudantes matriculados em Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática. E essa diferença se reflete também nas áreas de tecnologia da informação e comunicação, produção industrial e construção e ciências naturais. O segmento com menor número de matrículas femininas são matemática e estatística.

Essa diferença também se reflete no número de prêmios Nobel de física, química ou medicina desde Maria Curie, em 1903: enquanto 572 homens levaram a premiação, apenas 17 mulheres foram agraciadas com a honraria. Apenas 28% da quantidade mundial de pesquisadores são mulheres, e a evasão é maior entre elas, de acordo com a Unesco.


3

Comentários

Pela igualdade! Intel cria campanha para aumentar a presença feminina na tecnologia
  • Então, querem forçar as mulheres a trabalhar onde elas não tem tanta vontade assim. As que querem correm atrás e conseguem atuar em tecnologia. Ocorre que a maioria esmagadora das mulheres não tem interesse nisso e vão fazer o que? Obrigá-las as seguir as carreiras que não são de interesse delas? Cada mulher tem a liberdade de escolher a profissão que quiser sem que empresas forcem a barra e queiram enfiar goela abaixo suas próprias intenções e vontades.

      • Mulher tem que fazer o que gosta, se ela gosta de tecnologia ela vai fazer, se gosta de matemática ela vai fazer matemática e pronto. Parem de querer socar mulher em coisas que as vezes elas nem se interessam.

          • Ruim que fala precisa de mais mulher na política e tecnologia blabla mulher nem que saber disto que te vida normal política ele só não vão não que ser corrupta j a pra ganhar eo povo que escolher.

              Economia e mercado

              Huawei Kirin 9010L: chipset inédito é encontrado em smartphone intermediário da chinesa

              Android

              Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

              Android

              Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

              Windows

              Versão 122 beta do Microsoft Edge com melhorias e atualização de recursos