LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Para especialistas, 5G permitirá que bancos contenham o crescimento de fintechs

12 de junho de 2019 3

Na abertura da Ciab Febraban 2019, evento que acontece anualmente em São Paulo e mostra as principais tendências tecnológicas para o segmento bancário, especialistas defenderam que o 5G tornará a relação entre operadoras de telefonia e bancos mais próxima.

Em um dos painéis de debate na feira, especialistas e representantes da indústria de telecomunicações, como Rodrigo Uchoa, diretor de negócios para transformação digital na Cisco, afirmaram que o 5G oferece uma série de possibilidades para o setor, como a oportunidade de escalar sob demanda o uso da rede, assim como nos serviços da nuvem.

Uchoa lembra que ainda existem desafios, como em regulação, infraestrutura e modelo de negócios no 5G. Apesar das possibilidades de as operadoras abrirem suas plataformas para terceiros, o especialista acredita que é preciso repensar a infraestrutura.

O 5G é uma oportunidade para que as operadoras se tornem mais ágeis e flexíveis. Elas poderão ser inovadoras ao ponto que não teremos mais a diferença entre as operadoras de telecomunicações e as empresas que prestam serviço na nuvem”
Rodrigo Uchoa, diretor de negócios para transformação digital na Cisco.

Como exemplo desse aumento de estrutura, Uchoa lembra que será necessário aumentar em dez vezes o tamanho de cell sites. Por isso, é um processo longo que demanda discussão. Em São Paulo, por exemplo, são 6,8 mil sites, com meta para alcançar 70 mil.

Os desafios em relação a regulação também foram compartilhados por Luiz Fernando Bourdot, diretor de inovação tecnológica da Claro. Além de lembrar que não existe um modelo definido para o leilão de 3,5 GHz do 5G, o executivo lembrou de entraves, como o fato de atualmente os chips SIMCard para Internet das Coisas possuírem número telefônico, o que pode inviabilizar negócios que deveriam apenas ter tráfego de dados, sem voz.

Burdot vê, por outro lado, potenciais imediatos para a quinta geração da internet móvel no setor, graças às altas velocidades (de até 1,5 Gbps de downlink), baixa latência e atendimento a uma rede ampla com dez vezes mais dispositivos que o 4G. Segundo o executivo, esse conjunto possibilitará o maior uso de assistentes digitais, corretagem rápida, IoT massivo, dispositivos vestíveis para pagamentos, novos meios de pagamentos e processamento de transações em tempo real.

Painel na Ciab Febraban debateu 5G no setor bancário (Foto: Mobiletime)

Na infraestrutura de rede 5G, existe a possibilidade de se dividir a rede (network slicing, do original em inglês). Esse fatiamento pode ser feito para se adequar aos serviços dos bancos. Uma vez fatiada, essa rede terá uma camada de orquestração que pode trabalhar de forma dinâmica para se adequar à necessidade dos clientes”.
Luiz Fernando Bourdot, diretor de inovação tecnológica da Claro

Já Marcia Ogawa vê o 5G como movimento conjunto de bancos e operadoras. Para a sócia-diretora da divisão de tecnologia, mídia e telecomunicações da Deloitte no Brasil, os dois setores podem atuar para criar negócios - especialmente baseados em compartilhamento de dados -capazes de competir com os avanços de OTTs e fintechs.

As operadoras podem entrar com a infraestrutura. E os bancos entram com o conhecimento sobre seu cliente. Além disso, existem zonas cinzentas que podem ter colaboração dos dois lados”, disse a executiva. “Esse é o momento para que os bancos comecem a pensar em construir suas aplicações para o 5G”.
Marcia Ogawa, sócia-diretora da divisão de tecnologia, mídia e telecomunicações da Deloitte no Brasil

Durante a MWC19, explicamos alguns dos benefícios do 5G e suas diferenças para o 4G. Você pode conferir o resumo no vídeo abaixo.


3

Comentários

Para especialistas, 5G permitirá que bancos contenham o crescimento de fintechs
  • Se for tudo isso mesmo as fintechs vão é deslanchar de vez, rs....Lendo a matéria só vejo que elas porem melhorar ainda mais seu atendimento.... As fintechs não querem ser maiores que os bancos tradicionais, elas querem nadar pelas beiradas, e nessas beiradas se tem muito dinheiro e muitas possibilidades, ....

      • 5g pra que se o 4.5g é melhor e tem o sinal de longo alguém %uD83D%uDC4D%uD83C%uDFFB

        Android

        Melhores smartphones: TOP 5 do TudoCelular para você | Junho 2019

        Especiais

        Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas

        Android

        TOP 10 smartphones de elite com melhor desempenho | Guia do TudoCelular

        Android

        TOP 10 smartphones de elite com melhor autonomia | Guia do TudoCelular