LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Mi Band 4 em agosto, Mi 9T, Mi A3 e mais: Xiaomi traça estratégia no Brasil | TudoCelular Entrevista

31 de julho de 2019 54

  • Atualização (31/07) - PM
Mi 9T, Mi A3 e Redmi 7A no Brasil

Informações recém divulgadas pelo site Canal Tech entregam as datas de chegada para dois modelos intermediários da Xiaomi, os já homologados Mi 9T e Mi A3.

A previsão da empresa é lançar o Mi 9T até o dia 10 de agosto (próxima semana), enquanto Mi A3 e Redmi 7A devem ficar apenas para a primeira semana de setembro.

  • Artigo original (30/07)

A Xiaomi voltou oficialmente ao Brasil no dia 1º de junho, apostando em seus Mi Fãs para conseguir sucesso na operação nacional. Quase dois meses depois do desembarque, a DL, responsável pelo retorno da gigante chinesa, colhe os frutos da estratégia adotada.

Em entrevista exclusiva ao TudoCelular, o head da operação Xiaomi no Brasil, Luciano Barbosa Neto, comenta os primeiros dias da Xiaomi no Brasil e as novidades que a empresa trará para o mercado no segundo semestre, que vão de pulseiras inteligentes e lâmpadas conectadas, passando obviamente, pela chegada de novos smartphones.

Considerando a estratégia dos primeiros meses como um acerto da marca, a empresa projeta crescimento longo e contínuo nos próximos anos. O primeiro momento é de experimentação para que o brasileiro conheça a marca, para projetar números a partir de 2020.

Novidades no Brasil

E os primeiros da fila estavam expostos no estande da empresa. A marca está próxima de anunciar três novos smartphones no mercado nacional: Redmi 7A, Mi A3 e Mi 9T (já analisado por aqui), que estão em processo de homologação na Anatel, como já noticiamos, e devem chegar ainda nesse trimestre, ainda sem data definida.

A etiqueta ao lado de cada um deles conta com um anúncio que diz "em breve". Quem deve chegar primeiro no mercado nacional é a Mi Band 4, recentemente lançada no mercado global. Barbosa confirmou que o wearable será oficializado no Brasil no final de agosto.

Casas Conectadas

Na feira, a empresa aposta fortemente em Internet das Coisas, com uma ampla gama de produtos conectados - são 170 expostos no estande da marca - que, de acordo com o head da operação brasileira, oferecem funções "verdadeiramente úteis" ao usuário.

A quantidade de produtos representa uma pequena fatia do que a gigante chinesa tem lançado globalmente: são 177 milhões de dispositivos inteligentes conectados, número que não leva em conta pulseiras e smartphones, que atendem 20 milhões de usuários ativos por mês. Barbosa confirmou que o projeto de Internet das Coisas é uma 'área de foco' da empresa nesse ano.

O desafio está em manter o preço "padrão Xiaomi" no Brasil, levando o complexo conceito de IoT e seus produtos a uma camada cada vez maior da população. A empresa pretende aumentar a gama de produtos do tipo no Brasil.

A Xiaomi conta atualmente com 177 milhões de dispositivos inteligentes conectados [...] e mais de 20 milhões de usuários ativos por mês em ecossistema, então é uma área extremamente ampla e que ainda está amadurecendo, e que a Xiaomi tem produtos que têm mais de cinco anos de pesquisa. No Brasil tem desde escova de dentes, iluminação inteligente, automação residencial, câmeras... É uma área extremamente forte, uma área de foco aqui no Brasil
Luciano Barbosa, head da operação Xiaomi no Brasil

Impacto inicial

Sem mencionar números, até por conta do curto período da operação nacional, Barbosa revela que os primeiros dois meses se revelaram "apaixonantes". Viu os brasileiros "empolgados" e projeta, para esse ano, que a marca se torne ainda mais conhecida do público para, nos próximos anos, ter uma preocupação maior com resultados.

"Com a chegada no varejo, o brasileiro pode conhecer, tocar o produto e sentir o diferencial, e isso foi muito positivo. Em marketplaces também foi positivo, online foi positivo e na loja física foi apaixonante, os brasileiros ficaram muito empolgados. Essa estratégia ainda é inicial, são poucos meses, mas está funcionando muito bem e a aceitação está muito grande"
Luciano Barbosa, head da operação Xiaomi no Brasil

Mais Notícias
Mais Notícias
Mais Notícias
(atualizado em 22 de agosto de 2019, às 19:20)

54

Comentários

Mi Band 4 em agosto, Mi 9T, Mi A3 e mais: Xiaomi traça estratégia no Brasil | TudoCelular Entrevista
Android

Melhor celular ou smartphone: TOP 10 para você comprar | Agosto 2019

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor desempenho | Guia do TudoCelular

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor autonomia | Guia do TudoCelular