LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Huawei pode continuar negociando com empresas dos EUA por mais três meses

19 de agosto de 2019 4

Atualização (19/08/19) - JB

O Departamento de Comércio dos Estados Unidos confirmou que a Huawei ganhou mais 90 dias para negociar livremente com empresas do país. De acordo com o secretário Wilbur Ross, a medida deve garantir que a chinesa "continue servindo os clientes existentes".

Com isso, essa "trégua" nas sanções fazem com que a Huawei mantenha o uso do Android, processadores Snapdragon e outros produtos que envolvam patentes registradas nos EUA. No entanto, outras 46 empresas ligadas a fabricante acabaram sendo incluídas na "lista negra" do país.

Além disso, o presidente Donald Trump continua afirmando que a Huawei é uma ameaça para a segurança nacional dos EUA. Outro problema que também pode afetar a chinesa no curto prazo é a conclusão de uma investigação que aponta o contrabando de celulares da empresa por meio do México.


Texto original (19/08/19)

Apesar do acirramento da disputa comercial com a China, o governo dos Estados Unidos deve prorrogar em mais 90 dias a licença para que a Huawei continue negociando com empresas do país.

De acordo com o Departamento de Comércio, a medida deve acontecer para que a chinesa realize a compra de produtos de clientes existentes. Assim, a empresa pode manter o uso do Android e dos chips Snapdragon em seus smartphones.

No entanto, o secretário de comércio, Wilbur Ross, acredita que novas empresas estadunidenses devem entrar com pedidos de licenças especiais para continuar negociando com a chinesa. Segundo o executivo, apenas no mês passado foram recebidos mais de 50 pedidos.

Governo Trump deve renovar licença de atuação da Huawei por mais 90 dias.

A renovação por mais 90 dias também deve permitir que a Huawei mantenha redes de telecomunicações já instaladas nos EUA e atualize softwares essenciais. Por enquanto, a chinesa não comentou o assunto.

De toda forma a extensão da licença por mais três meses pode ser considerada mais uma vitória para a empresa. Além disso, apesar das negociações estarem paralisadas, o governo Trump tem usado a Huawei como moeda de troca.

Por isso, ao liberar as negociações com a chinesa - mesmo com licenças especiais -, os EUA acabam fazendo um gesto para Pequim. No entanto, ainda não sabemos quando a guerra comercial terá fim. Com isso, tudo indica que a Huawei deve seguir trabalhando na sua independência tecnológica.

Você acredita que a Huawei continuará enfrentando problemas com os EUA? Conte para nós a sua expectativa aqui nos comentários.


4

Comentários

Huawei pode continuar negociando com empresas dos EUA por mais três meses
Economia e mercado

Huawei Kirin 9010L: chipset inédito é encontrado em smartphone intermediário da chinesa

Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Windows

Versão 122 beta do Microsoft Edge com melhorias e atualização de recursos