LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

iPhone 11: falta de inovação e recursos deve afetar venda dos celulares, dizem analistas

14 de setembro de 2019 108

A Apple iniciou a pré-venda da família iPhone 11, 11 Pro e 11 Pro Max em sua terra natal. No entanto, muitos analistas acreditam que os novos celulares da empresa não "empolgaram" o público. Por isso, a expectativa do mercado é de pouco crescimento no número de unidades comercializadas.

Segundo o analista de mercado Yurica Odujmovich, os novos iPhones são "caros e ultrapassados", quando são comparados aos topo de linha do universo Android. Para ele, os aparelhos da Apple não trouxeram inovações consideráveis.

Assim, o público fiel da empresa pode acabar adiando a troca do seu iPhone atual para o ano de 2020. Confira alguns dados divulgados pelo analista que justificam a sua previsão:


Poucas mudanças em câmeras e tela

Apesar de ter três opções de tamanho de tela, os iPhone 11, 11 Pro e 11 Pro Max chegaram ao mercado com o mesmo entalhe que vimos nos seus antecessores. Para o analista, o universo Android tem muitas opções diferentes para agradar aos mais diversos nichos de mercado.

Além disso, quando levamos em consideração o preço, fica muito claro que alguns celulares Android são mais atrativos. Um exemplo é o Galaxy S10, que tem a sua tela com furo e custa entre US$ 749 e US$ 999, ou seja, a mesma faixa de preço dos novos iPhones (US$ 699 - US$ 999 e US$ 1.099, respectivamente).

Já para quem prefere uma opção que beira aos 100% de tela, o OnePlus 7 Pro traz essa característica e é até mais barato, custando entre US$ 699 e US$ 749. Durante o lançamento da família iPhone 11, a Apple destacou que os modelos Pro agora tem três câmeras traseiras, sendo a lente super grande-angular a maior novidade.

No entanto, a capacidade telefoto dos iPhones só traz zoom óptico de quatro vezes. Enquanto isso, o Huawei P30 Pro (US$ 746 - US$ 790) tem zoom óptico de cinco vezes e pode elevar a capacidade híbrida para 10x ou 50x na opção totalmente digital.

Por fim, a chegada do modo noturno para o iPhone pode ter elevado a qualidade das fotos em locais escuros, mas a família Google Pixel continua sendo a melhor opção para quem procura esse recurso. Além disso, o preço também é bem mais atrativo, com o Pixel 3 custando entre US$ 499 e US$ 699.

Faltam recursos

Após anos vendendo o carregador de 18W separadamente, a Apple finalmente colocou o acessório na caixa dos iPhone 11 Pro e Pro Max. Entretanto, outras empresas disponibilizam opções de carregamento muito mais atrativas.

Um exemplo é o Galaxy Note 10, que tem carregador de 20W padrão e pode usar até 45W com o acessório vendido separadamente. Ao comprar um iPhone, o consumidor também não tem carregamento sem fio reverso e ficará sem os seguintes recursos:

  • Porta P2 para fones de ouvido
  • Memória expansível com MicroSD
  • Tela de 60 Hz ou 90 Hz
  • Carregamento sem fio reverso
Cadê a inovação?

Por fim, ao que tudo indica, a Apple não é mais a mesma. A empresa deixou de ditar o mercado para apenas seguir a tendência iniciada por fabricantes Android. Por isso, Lynnette Luna, analista da GlobalData, acredita que a nova estratégia de preços pode não funcionar:

A questão para a nova série do iPhone é se os consumidores encontrarão motivos suficientes para atualizar para novos telefones. Acredito que muitos devem esperar até 2020, quando a Apple lançar o modelo com 5G. O principal ponto de venda da série iPhone 11 é a melhor funcionalidade da câmera.

Por isso, a analista acredita que o iPhone 11 - modelo mais barato - deve ser a variante mais vendida neste ano. A tendência é que os aparelhos de 2019 sigam o mesmo caminho dos dispositivos lançados em 2018.

(atualizado em 14 de outubro de 2019, às 20:00)

108

Comentários

iPhone 11: falta de inovação e recursos deve afetar venda dos celulares, dizem analistas
Android

Melhor celular ou smartphone: TOP 10 para você comprar | Outubro 2019

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor desempenho | Guia do TudoCelular

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor autonomia | Guia do TudoCelular